Pacato Plutão: Alimente Sua Cabeça
out20

Pacato Plutão: Alimente Sua Cabeça

Mais ativa do que nunca, a banda Pacato Plutão traz novidades. Com 11 músicas gravadas a banda lançou o videoclipe da primeira intitulada "Alimente Sua Cabeça" nesta semana no canal do YouTube. Para saber mais sobre esse lançamento, conversei com o guitarrista Leonardo Lima para saber tudo sobre os novos passos da banda. "Alimente sua Cabeça" teve seu clipe lançado esta semana no canal do YouTube da banda Pacato Plutão.Eu li que a música foi escrita há mais de 20 anos é isso mesmo? Sim. A letra foi escrita pelo amigo e grande escritor premiado hoje com varios livros lançados Tadeu de Melo Sarmento quando tinhamos uma outra banda de musica autoral em manaus a 20 anos atrás chamada "Charlie Perfume" que inclusive entrou no primeiro disco da banda que tinhamos nessa época. Como foi essa garimpada? Eu sempre achei essa letra muito forte e a uns 4 anos atrás resolvi fazer uma nova musica para a letra de "Alimente sua Cabeça" e hoje mas do que nunca a letra é muito atual em relação a tudo que estamos vivendo. De quem é a direção do clipe?  A produção e direção do clipe foi do Manaus Macaco um grande artista plástico com varios trabalhos nessa área de audio visual. Vocês também estão gravando o disco certo? Como tá esse processo? Sim, o disco foi gravado todo aqui em Florianópolis em formato ao vivo dentro do estúdio e será finalizado em Manaus pelo produtor e músico Bruno Prestes. Como ele vai se chamar? A princípio não temos um nome de imediato para usar como titulo do disco mas com certeza iremos escolher um já que o primeiro disco saiu apenas com o nome da banda. Quem fez parte da gravação? CynaraLima LeonardoLima Thomaz Campos (AJ) Anastácio Júnior A banda tá com quanto tempo em atividade num total? 5 anos E com essa formação? Um ano mais ou menos Do Norte ao sul, do calor para o frio.  Com está sendo a experiência de tocar em Florianópolis? Muito boa apesar de estarmos tocando muito pouco nesse momento, tivemos a oportunidade de conhecer e tocar com muitas outras bandas com trabalhos incriveis e isso nos ajudou a divulgar bastante nosso trabalho em SC. O que mudou de lá pra cá?  Muitas coisas principalmente a sonoridade e diversidade das músicas nesse novo álbum por conta justamente do local que estamos vivendo e todas as influências que chegam até nós. Quais são as próximas cartadas da banda?  Vamos finalizar o disco em Manaus e fazer clipes para todas as músicas do álbum e consequentemente divulgar o máximo possível. Sem mais delongas, segue abaixo o...

Leia Mais
Banda Bryse lança nova música
out19

Banda Bryse lança nova música

Depois de "Navegando", a segunda música de trabalho da banda Bryse se chama “Um violão e dois brincos de açaí” que conta com o feat do Rapper Pedro do vale. A mistura do rock e rap é pano de fundo pra essa canção que tem um olhar de um Hipster na procura de um novo amor numa sexta-feira no centro da cidade. A divulgação da música foi disponibilizada em formato de lyric vídeo, onde a galera pode aprender a letra musica e já sair cantando. A ideia principal do EP que tem no total de 5 músicas é trazer outros artistas da cena manauara e propor essa parceria. Até 2019 a banda vai lançar mais duas músicas inéditas. De acordo com o baixista da banda Deny Nogueira a banda conta com várias parcerias, " a música “Brisa” que contamos com a banda Nossas raízes e a música “Forte” que ainda estamos em fase de namoro com a banda Gramophone para engrossar o caldo desse Pirão Baré",...

Leia Mais
O Hip Hop é o Lugar!
abr03

O Hip Hop é o Lugar!

O Hip Hop tomará o Teatro Amazonas nesta terça - feira (03/04) com o espetáculo "O Hip Hop é o lugar" que contará com a participação dos 4 elementos da cultura Hip Hop e suas vertentes. A ocupação começará na parte externa do Teatro às 17 horas com Graffiti ao vivo na participação da Graffiteira Deborah Erê confeccionando um painel. Painel esse que irá compor o cenário do espetáculo, que iniciará às 20 h tendo como trilha a banda Manauaras em extinção , DeeJay Carapanã e Marcos Tubarão. O Break ficará por conta da NATIVOS CREW , além da presença da vertente Beat Box, Popping e as participações de Abner Viana e Robson Andrei Ambrósio nos metais. O publico (na entrada) deixará temas para os rimadores de improvisos entrarem na interação com o espetáculo no palco. A entrada será gratuita, mas por opção haverá doação de 1 kg de alimento à Casa Mamãe Margarida. O espetáculo foi contemplado com o edital de ocupação dos espaços abertos 2018 da Secretaria de Cultura do Estado do Amazonas (SEC - AM) e será uma realização Nativos Crew Produções/ Origenas...

Leia Mais
Tudo que você precisa saber sobre a Nerd Party
mar15

Tudo que você precisa saber sobre a Nerd Party

01. Nerd Party É festa! Prepare-se para um evento que vai mudar o seu conceito sobre diversão. Um dia inteiro com tudo que os nerds de plantão curtem e ainda mais um pouco. O objetivo e agregar valor às culturas da dança, artes visuais, cinema, games e música com influências orientais. 02. Data e horários  Dia 25 de março de 2018 de 10h às 20h. Resuminho: Exibição de filmes pela manha e palestras a tarde. Disputa entre cosplayers no fim da tarde. Apresentação de dança no estilo K-Pop durante todo o dia. 03. Local  Escola Estadual Senador Manoel Severiano Nunes, na avenida J, Alvorada 2, próximo à Delegacia de Roubos e Furtos. 04. Palestras Uma imersão no universo geek da atualidade. Conversa aberta sobre blogs, assuntos e dicas infalíveis para seu vlog bombar na web. 05. Exposições  Lojinhas, sebos e colecionadores estarão a postos para apresentar todas as novidades no assunto. Também vai rolar a exibição dos filmes da Liga da Justiça na sequencia. Música e muita coreografia de dança da musica popular japonesa . 06. Convidados e participantes  O passaporte para o evento é R$5, sendo que crianças de até dois não pagam. O convite para os cosplayers é aberto, mesmo que não queira competir. Star Wars maníacos não perdem por participar do game de conhecimento. Isso também vale para os fãs de Harry Potter. 07. Alimentação O evento permite a entrada de alimentos mas se você não quiser se preocupar, durante toda a programação haverá stands de venda com comidas e bebidas a preços populares. No menu vai desde sushi, salgados, doces e comidinha regional que todo mundo ama. Detalhe: Proibida a entrada e comercialização de bebidas...

Leia Mais
Mulheres vão às ruas no 8 de Março em Manaus
mar08

Mulheres vão às ruas no 8 de Março em Manaus

Pela igualdade de gênero e contra a violência, mulheres indígenas, brancas, pretas, cisgênero, lésbicas, transexuais e transgênero irão às ruas neste 8 de Março, Dia Internacional da Mulher, em defesa dos direitos trabalhistas, à saúde, à segurança e a luta contra as privatizações e retirada dos direitos da previdência, em Manaus. O ato Paralisação Internacional das Mulheres. Perda de Direitos? Eu não aceito! começa às 15 horas com a concentração na Praça da Saudade, no centro da cidade. A partir das 16h, as manifestantes caminham em marcha até o Largo São Sebastião, onde haverá a partir das 18h o show Ouvindo nossas vozes! com as apresentações de grupos de danças: Circular do Espaço Feminista Uri Hi, Maracatu Baque Mulher Manaus, Mara Pacheco, Cia de Dança Uatê e Kirar (Dança conosco); de música com Kamylla Vitória, Catarina; performance da atriz Maria Moraes; poesia com Mulheres In Rima feat Rebeca, Carol Calderaro e Roselayne Castro; além do show de Melany Marinho. O ato Paralisação Internacional das Mulheres. Perda de Direitos? Eu não aceito! é organizado por movimentos sociais, fóruns, ativistas, organizações sindicais e coletivos feministas do Amazonas. Foi de movimentos assim que as mulheres conquistaram no Brasil o direito ao voto em 1934. Com o período da Ditadura Militar, de 1964 a 1985, as mulheres começaram a se organizar em grupos de discussão sobre a questão da mulher. Em 1978, aconteceu o primeiro Congresso da Mulher Metalúrgica, em São Paulo. Elas intensificam a luta por creches, direitos trabalhistas, salários iguais ao dos homens, serviços de atendimento (educação, saúde e vítimas de violência) e pela divisão do trabalho doméstico. Em 1985, surge a primeira Delegacia da Mulher em São Paulo. Já no Amazonas, a delegacia foi inaugurada em 1987. Só em 2006 é que o governo federal sancionada a Lei Maria da Penha (Lei 11. 340) para combater à violência doméstica contra a mulher no Brasil. A norma estabeleceu que a violência doméstica –física, psicológica, sexual, patrimonial ou moral– é crime.  Clique aqui e confirme presença no evento! Em coletiva realizada nesta terça-feira (6) com as coordenadoras da manifestação na Galeria do Largo, em Manaus, Luzarina Varela da Silva, ex-metalúrgica e uma das fundadoras do Fórum Permanente das Mulheres de Manaus, contou como participou do primeiro ato em que as mulheres da capital amazonense foram às ruas para reivindicar os direitos e lutar contra a violência, em 1985. “Aqui no Amazonas temos alguns marcos históricos, na categoria dos metalúrgicos, da construção civil, conseguimos conquistar a estabilidade da gestante, que hoje para quem não sabe, não é nada, não é muita coisa, mas na época, na década de 70 e 80, principalmente as operárias do comércio e da indústria, elas entravam na fábrica e quando engravidavam,...

Leia Mais
Festival somAS Parada Musical de Mulheres
mar06

Festival somAS Parada Musical de Mulheres

"somAS _ PARADA MUSICAL DE MULHERES" é uma ação para o estímulo e desenvolvimento do trabalho de mulheres na música na cidade de Manaus/AM. A plataforma, idealizada e gestionada pelo grupo Coletivo Difusão, pretende desenvolver ao longo do ano de 2018, ações de formação e fomento artístico com foco nas profissionais que compõem o cenário da música. Em sua primeira ação a plataforma somAS, em lembrança ao Dia Internacional de Luta das Mulheres, propõe o Festival SomAS, com programação artística exclusivamente protagonizada por mulheres e atividades de formação na área da música/cultura também dedicada à essas profissionais. De 07 a 10 de março de 2018, mulheres artistas e profissionais criativas compartilharão conhecimentos e vivências na área da música, além de ocuparem espaços com shows e baladas produzidas e pautadas por essas trabalhadoras. O Festival abre sua programação no dia 07 de março, com o evento ‘Sonora Local’, onde a dupla de rap Lary Go & Strela (que convidam a novata Rose MC) e a cantora/guitarrista/compositora Renata Martins, apresentam suas músicas e trocam ideias com o público presente sobre seus trabalhos, no Local Hostel Manaus. No dia 08, Dia Internacional de Luta das Mulheres, o Festival engrossa as ações do 8M Manaus, que compreende Marcha de Mulheres e atividades artística. E no mesmo dia, integrada ao Festival SomAS, acontece também a festa Batuke, produzida pela DJ e produtora Luana Aleixo, com line up, só de mulheres (Carol Pedrosa, Melka Franco, Lary Gaynett e Alba Marcela), no Buteko Itaúba, Centro de Manaus. A produtora também realiza a balada Noventonna, que acontece no dia 09 de março, no Imperial Pub e também integra o Festival. E exatamente no dia 08 de março, acontece o show #RespeiteAsManinhas, apresentando uma mostra dos trabalhos das artistas amazonenses Elisa Maia, Kely Guimarães e Karen Francis. As três, apresentam em momentos diferentes repertório baseados em seus trabalhos lançados: EP Ser da cidade, da cantora Elisa Maia (a artista também apresentará algumas músicas novas que farão parte de seu novo álbum que está em fase de produção); o álbum Crescente, lançado em 2017 por Kely Guimarães; e o EP Acontecer, que a estreante Karen Francis, de apenas 18 anos, acabou de lançar nas plataformas digitais. O show inicia às 20h e o acesso é gratuito. E encerrando a programação, as cantoras/produtoras Anne Jezini, Márcia Novo, Kely Guimarães e a DJ Luana Aleixo, também compartilham conhecimento, numa maratona de formação de novas artistas, com as respectivas atividades: painel ‘Da composição às plataformas digitais’; painel ‘Uma carreira, vários empreendimentos’; oficina ‘Musicalizando o corpo’; e a oficina ‘Discotecagem para minas’. A fotógrafa Juliana Pesqueira e a artista visual Mayara Andrade, ainda...

Leia Mais