Consciência negra e homenagem a Canserbero
nov19

Consciência negra e homenagem a Canserbero

A pele clara não esconde a consciência negra. O dia 20 de Novembro deve ser uma data de reflexão e mudança de comportamento sobre os seres humanos. O Mao Hostel abre suas portas e faz o convite para venezuelanos que estão em Manaus para uma noite de música latina e valorização da cultura. Nesta terça-feira (20), a partir das 23h haverá um evento em homenagem a Canserbero, um dos principais ícones do rap venezuelano. Canserbero foi um rapper e mobilizador social de Caracas que faleceu no ano de 2015. Márcio Cruz também conhecido como DJ e MC Fino é o anfitrião da noite. "O objetivo do evento é criar um ambiente permanente para nossos vizinhos latinos e dar a eles uma espaço vivo para manter a memória deles", explicou. A escolha da data não seria outra, aproveitar o Dia da Consciência Negra para a estreia do projeto foi intencional. "A data da consciência negra foi criada não apenas para negro, esse povo latino estão indiretamente escravo também precisa se conscientizar desta condição", acrescentou. Além de música latina a noite vai contar com apresentação de grupos de rap e outros convidados. O Mao Hostel fica na rua Barroso, 365, Centro (próximo ao Teatro...

Leia Mais
‘Passarinho’ nos céus da Espanha
jul24

‘Passarinho’ nos céus da Espanha

É sobre esperança. A tentativa de ser livre em meio a uma sociedade cerceadora. Assim é o mote para o espetáculo ‘Passarinho’, nova produção do Coletivo Mona, solo com Leonardo Scantbelruy. A obra estará no encerramento do Encuentro Emergentes, que acontece essa semana, de 23 a 29 de julho, na Espanha. A participação partiu de um convite do próprio festival, que assina a co-produção do espetáculo. Em sua segunda participação no evento, Scantbelruy esteve presente no festival do ano passado com a obra “Recolon”, contemplada no edital ‘Conexões culturais’ de 2017 da Manauscult, e que deve entrar em circulação em Manaus no mês de outubro, passando por várias zonas da capital e também na área ribeirinha. Sequência direta do trabalho em performance que Scantbelruy desenvolve desde 2014 que já culminou na obra ‘Recolon’, ‘Passarinho’ traz novas abordagens tanto cênicas quanto temáticas. A principal é a introdução da técnica de tecido circense, que o artista estuda desde a graduação em teatro na Universidade do Estado do Amazonas (UEA) e que atualmente é o foco de um trabalho com crianças que Leonardo desenvolve com crianças no Quilombo de São Benedito, no bairro Praça 14. Se em ‘Recolon’ os elementos cênicos remetiam ao solo e a raízes, no novo trabalho o intérprete busca as alturas. A maior parte do processo de criação e ensaios deu-se na Praça da Saudade, em uma árvore que já testemunhou inúmeras apresentações artísticas no local. E atualmente, antes da estreia, o artista desenvolve processo semelhante no Parque de Los Patos, na Mairena del Alcor, Sevilha. Quando morou em Porto Velho (RO), Leonardo Scantbelruy viu todo o processo de degradação socioambiental provocado pela construção das usinas hidrelétricas de Jirau e Santo Antônio, e é perceptível o quanto isso reverbera em seu trabalho. Além da forte crítica a esses grandes empreendimentos em ‘Recolon’, há agora uma preocupação com a fauna  amazônica e com os seres deslocados pela ação humana. “Refleti sobre muitos aspectos, desde a questão do tráfico de animais até o deslocamento de algumas populações por conta de grandes empreendimentos. São reflexões que vêm desde os processos iniciais do ‘Recolon’ e pela circulação dessa obra também", revela Scantbelruy. ‘Passarinho’ conta ainda com a participação dos artistas Yara Costa (instrutora de áereo), Daniel Bonfim (músico), Daniel Braz (editor de som), Marcelo ‘Balaclavo’ Nobre (identidade visual), Elson Arcos (sonoplastia), Preta Scantbelruy (Figurino) e Mendes Auá (desenhos). Além da participação no Encuentro Emergentes, Leonardo Scantbelruy participa do processo criativo da intervenção urbana "Proyecto X" desenvolvida pelo coletivo Silere...

Leia Mais
PIX – Projeto Indie Xperience
maio18

PIX – Projeto Indie Xperience

Boa Vista-RR - A integração das diversas tribos é o nosso lema, experimentar o novo é nosso combustível. Assim surgiu o PIX, um projeto que visa criar um espaço democrático para aqueles que amam compartilhar ideias e experimentar o diferente. Do Synth-Pop ao Punk, com uma pitada de brasilidade, os visionário-marcianos convocaram para esta viagem os DJs Felipe Veras e BSUUXX para esquentar o seu domingo. E para unir ainda mais os participantes desta viagem, Mesa de Pebolim e Fliperama também farão parte desta experiência e seu uso já está incluso no XperiencePass. Sendo assim, uma forma de sair do virtual para o pessoal - sem deixar de lado a tecnologia. O evento acontecerá no dia 20 de maio, às 16h37 (exatos e cabalísticos), na Champanharia das Meninas (Rua Victor Hugo, 247, Canarinho). S∆V3 THE DAT3! #ExperimenteSe...

Leia Mais
O Hip Hop é o Lugar!
abr03

O Hip Hop é o Lugar!

O Hip Hop tomará o Teatro Amazonas nesta terça - feira (03/04) com o espetáculo "O Hip Hop é o lugar" que contará com a participação dos 4 elementos da cultura Hip Hop e suas vertentes. A ocupação começará na parte externa do Teatro às 17 horas com Graffiti ao vivo na participação da Graffiteira Deborah Erê confeccionando um painel. Painel esse que irá compor o cenário do espetáculo, que iniciará às 20 h tendo como trilha a banda Manauaras em extinção , DeeJay Carapanã e Marcos Tubarão. O Break ficará por conta da NATIVOS CREW , além da presença da vertente Beat Box, Popping e as participações de Abner Viana e Robson Andrei Ambrósio nos metais. O publico (na entrada) deixará temas para os rimadores de improvisos entrarem na interação com o espetáculo no palco. A entrada será gratuita, mas por opção haverá doação de 1 kg de alimento à Casa Mamãe Margarida. O espetáculo foi contemplado com o edital de ocupação dos espaços abertos 2018 da Secretaria de Cultura do Estado do Amazonas (SEC - AM) e será uma realização Nativos Crew Produções/ Origenas...

Leia Mais
Bloco na Rua – Ocupações Artísticas
mar31

Bloco na Rua – Ocupações Artísticas

Bloco na Rua #2018 • ocupações artísticas | 31 SAB | 16h20 a 00h | Rua José Clemente, Centro. LIVRE ACESSO 16h20 | Maracatu Pedra Encantada 17h as 18h | Gramophone 18h as 18h20 | DJ Set Madruga Musicas do Mundo | Fabio Madruga Madruga 18h20 as 19h20 | O tronxo 19h20 as 19h40 | DJ Set Madruga Musicas do Mundo | Video-doc Fanzines 19h40 as 20h40 | Pororoca Atômica 20h40 as 21h | DJ Set Madruga Musicas do Mundo | Literatura Marginal 21h | Jam rock (RR) 22h as 22h20| DJ Set Madruga Musicas do Mundo | Performance 22h20 | Casa de Caba Cenário de Palco: Diego Batista Gama e Keila Serruya Video Instalação | Palco | gif DEUS EM PROCESSO Fotos exposição | Palco | fotos MIL MORTOS | Matheus Belem | Farias Video Mapping| paredão | Marcelo Rosa Lambe-lambe | paredão | Damaiia Performance: Uýra Sodoma (Emerson Munduruku) Apresentação : Maria Moraes e Emerson Munduruku Literatura Marginal | Palco | Rojefferson Moraes Exibição Video-doc Fanzines | Jefferson Pinho Espaço Gastronômico | Espaço Infantil | Rua | Realizaçãode : Casa de Caba, Chá de Papoulas e PIRÃO AM. Evento realizado com Apoio da Secretaria Cultura do Amazonas e Viva...

Leia Mais
Tudo que você precisa saber sobre a Nerd Party
mar15

Tudo que você precisa saber sobre a Nerd Party

01. Nerd Party É festa! Prepare-se para um evento que vai mudar o seu conceito sobre diversão. Um dia inteiro com tudo que os nerds de plantão curtem e ainda mais um pouco. O objetivo e agregar valor às culturas da dança, artes visuais, cinema, games e música com influências orientais. 02. Data e horários  Dia 25 de março de 2018 de 10h às 20h. Resuminho: Exibição de filmes pela manha e palestras a tarde. Disputa entre cosplayers no fim da tarde. Apresentação de dança no estilo K-Pop durante todo o dia. 03. Local  Escola Estadual Senador Manoel Severiano Nunes, na avenida J, Alvorada 2, próximo à Delegacia de Roubos e Furtos. 04. Palestras Uma imersão no universo geek da atualidade. Conversa aberta sobre blogs, assuntos e dicas infalíveis para seu vlog bombar na web. 05. Exposições  Lojinhas, sebos e colecionadores estarão a postos para apresentar todas as novidades no assunto. Também vai rolar a exibição dos filmes da Liga da Justiça na sequencia. Música e muita coreografia de dança da musica popular japonesa . 06. Convidados e participantes  O passaporte para o evento é R$5, sendo que crianças de até dois não pagam. O convite para os cosplayers é aberto, mesmo que não queira competir. Star Wars maníacos não perdem por participar do game de conhecimento. Isso também vale para os fãs de Harry Potter. 07. Alimentação O evento permite a entrada de alimentos mas se você não quiser se preocupar, durante toda a programação haverá stands de venda com comidas e bebidas a preços populares. No menu vai desde sushi, salgados, doces e comidinha regional que todo mundo ama. Detalhe: Proibida a entrada e comercialização de bebidas...

Leia Mais