Hoje tem Bloco do Cauxi Eletrizado
fev24

Hoje tem Bloco do Cauxi Eletrizado

O bloco volta para pista da Assinpa com atrações como DJ Carol Amaral, Bateria da Reino Unido, Wanderley Andrade e Banda Oficial Bloco tradicional na cidade, o Cauxi Eletrizado será um dos destaques da Segundona de Carnaval (24/2), quando volta para a pista da Assinpa (Associação dos Servidores do Inpa – Rua da Lua, Morada do Sol, Aleixo), com atrações como Wanderley Andrade, DJ Carol Amaral e bateria da Reino Unido e a Banda Oficial, formada por músicos da Alaídenegão, Cabocrioulo e Os Tucumanus. Os ingressos estarão à venda na bilheteria por R$ 30. Com o tema Brega Tropical e decoração assinada por Adroaldo Pereira, o evento contará, na estrutura, com área de alimentação, Espaço Kids e a com o lançamento da Estação Cauxi. A festa terá ainda a apresentação do artista Ícaro Pimentas Regionais e Make Express com Rakel Caminha e Érika Guedes. “A Estação Cauxi é a novidade desta edição, um complexo que será o ponto de encontro da noite, preparado especialmente para o público produzir fotos para as redes sociais, retocar a make e descansar durante a festa”, afirma Davi Escobar, um dos fundadores do bloco, vocalista e guitarrista da Alaídenegão. “Cada detalhe foi pensando para proporcionar ao público a melhor experiência, essa conexão desde a primeira edição do bloco faz toda a diferença”. Um dos pontos altos da festa também é o tradicional concurso de fantasias, onde os foliões mais criativos concorrem a prêmios como baldes com cerveja e a melhor fantasia é escolhida pelo público. O vencedor ganhará três baldes com cerveja, o segundo lugar terá direito a dois baldes enquanto o terceiro colocado levará um balde como prêmio. Programação – A DJ Carol Amaral, que estreia no Cauxi Eletrizado, abrirá a festa, às 16h, e também comandará os intervalos entre as bandas, com um set composto de música brasileira. “Gosto muito do bloco, é sempre uma das minhas paradas obrigatórias no Carnaval de Manaus. Estou muito feliz com o convite porque sou fã dos músicos da Alaídenegão, Cabocrioulo e Os Tucumanus e do som que eles fazem, que é muito familiar”, comenta a DJ. “Prometo sets de muita música brasileira e mais surpresas”. Em seguida, será a vez da Bateria da Reino Unido, que, neste ano, está com o enredo “Turismo – O Amazonas de braços abertos para o mundo”, de Reginei Rodrigues, Zilkson Reis e Leonardo Fierro. No repertório da Furiosa, a partir das 18h estarão clássicos do samba amazonense. Às 20h, a Banda Oficial do Bloco assumirá o palco para uma apresentação em formato diferente, serão três horas e meia de frevos, marchinhas e trabalho autoral, que substituirá o show de...

Leia Mais
Bloco da Cobra Grande terá carnaval multicultural neste sábado
fev19

Bloco da Cobra Grande terá carnaval multicultural neste sábado

Marchinhas, axé, repertório autoral e uma alegoria da Cobra Grande vão aquecer o sábado de carnaval na Assinpa. MANAUS – Mito que circula há pelo menos 4 mil anos entre povos indígenas do Amazonas, a Cobra Grande inspirou a novidade do carnaval 2020 em Manaus. A estreia do Bloco da Cobra Grande será dia 22 de fevereiro, sábado de carnaval, na Assinpa (Av. da Lua, s/n – Aleixo), a partir das 16h. Os ingressos estão à venda por R$ 15 (1º lote) no site Sympla, no quiosque Os Barés (Manauara Shopping) e lojas Via Uno (Shopping Amazonas, Manauara, G. Circular e Samaúma). Com a proposta de integrar a cena de música independente ao carnaval, o bloco terá apresentações de Rosivaldo e os Metais de Olinda, Casa de Caba, agenoragostinhoeleo, Antônio Bahia e as DJs Luana Aleixo e Mariah Brandt. Agenor Vasconcelos, músico e produtor explica que o Bloco da Cobra Grande é inspirado no ‘Eu acho é pouco’ de Olinda, com adaptação a uma das lendas amazônicas mais populares. Vasconcelos conta que um boneco da Cobra Grande vai passear pelo público e agitar a festa. “Conheci o ‘Eu acho é pouco’ alguns anos atrás. Ele foi criado na década de 70, com críticas à ditadura e tem como marca um dragão gigante. Segundo o mito da Cobra Grande, os primeiros humanos viajaram dentro do animal e foram “desovados” em cantos estratégicos. Conforme saíam da cobra, fundavam comunidades com muita festa e dança. Juntamos a ideia olindense ao mito amazônico e a Cobra Grande vai passear pelo público. É o começo de uma nova história que já conta com muitos projetos de sucesso. Vai ser uma linda festa!” Atuando há 13 anos no ramo de produção cultural e de eventos, Vasconcelos pontua que toda renda do bloco será destinada aos músicos e a financiamento de projetos culturais futuros, marcando o evento como uma iniciativa de fomento cultural que vai além do carnaval. Bloco da Cobra Grande – Assinpa “O carnaval é também lugar de fortalecer a autonomia dos artistas, e isso é uma característica essencial do nosso bloco: feito por músicos e produtores independentes. A Assinpa já é a casa do nosso carnaval e receberá também o ‘Bloco do Eu Sozinho’ no dia seguinte ao nosso bloco, assim fomos juntando forças. Além de garantir a folia ativando elementos da cultura amazônica, eventos como esse são fundamentais para gerar emprego e renda, contribuindo para a economia da cidade” Atrações Agenoragostinhoeleo O Bloco é comandado pelo trio Agenoragostinhoeleo, projeto formado em outubro do ano passado pelos músicos Agenor Vasconcelos, Agostinho Guerreiro e Leonardo Moraes. Com três meses de formação o trio já...

Leia Mais
Encontro de Hip Hop do Norte
fev17

Encontro de Hip Hop do Norte

Nos dias 29 de fevereiro e 01 de março, das 10h00 às 20h00, o Centro Cultural Povos da Amazônia recebe o primeiro Encontro de Hip Hop no Norte (EH2N).O projeto foi contemplado no Prêmio Manaus de Conexões Culturais 2018 e conta com o apoio da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (MANAUSCULT) e Secretaria de estado de Cultura e Economia Criativa. O Acesso ao evento é gratuito! Segundo Fábio Moura, idealizador e diretor geral do evento, “o EH2N tem como principal objetivo proporcionar atividades formativas diferenciadas em um nível nacional, para que no futuro, a cidade de Manaus seja inserida na rota dos principais eventos de cultura urbana, não apenas da região Norte, mas do Brasil como é o caso dos convidados Raquel Cabaneco (MG), BBOY Yude (DF) e Diego Josh (SP).”” No total, serão 30 horas de programação ocupando diferentes ambientes do Povos da Amazônia com Workshops de Dança, Grafite e Lambe-Lambe, Batalhas de Dança, Rodas de Conversas e Shows musicais, tudo dentro do universo da cultura Hip Hop, sendo elas mediadas por artistas locais e nacionais.  O projeto tem como a base de ação, nove workshops de Dança, com as suas mais diferentes vertentes e desdobramentos das danças urbanas, como as Batalhas de Breakdance e Hip Hop Dance. Também faz parte da programação: Oficina de Grafite com a Artista Deborah Erê.Oficina de Lambe-Lambe com Soraya Nurieh (Snurieh), Rodas de Conversa sobre a presença da Mulher no Hip Hop e também sobre o universo LGBT, Feira Criativa, Stands de gastronomia e shows musicais etc. No primeiro dia, sábado, dia 29/02, no palco Encontro das Águas acontecerá o show musical das cantoras Lary Go e Strela e grafite ao vivo com a artista Deborah Erê. E no segundo dia, domingo, dia 01/03,  encerrando a programação geral do EH2N- Primeira Edição, haverá o show do rapper Ian Lecter que acabou de lançar o álbum “Cor da Alma” e o videoclipe “Tipo Madruga” em parceria com a cantora e compositora Karen Francis. O evento é gratuito, e para participar das atividades é necessário apenas chegar no local com antecedência mínima de 1h para realizar o credenciamento e fazer a retirada da pulseira individual de acesso (passaporte). O credenciamento, nos dois dias, iniciará, pontualmente, às 09h00 da manhã e deve prosseguir até o período tarde. Confira na lista abaixo todos os convidados da edição e a programação detalhada: PROGRAMAÇÃO – 29/02 (Dia 1) PALCO ENCONTRO DAS ÁGUAS: 10H – Victor Venâncio 11H30 – Raquel Cabaneco (MG) 14H – Fernando C. Branco 15H30 – Diego Josh (SP) 17H – Filtro Breakdance 17H45 – Filtro Hip Hop Dance 18H30 – 8ª de Finais...

Leia Mais
Bloquinho Rai  Coletiva agita pré- carnaval
fev03

Bloquinho Rai Coletiva agita pré- carnaval

Bloquinho Rai Coletiva agita pré-carnaval com programação gratuita no São Raimundo “Amigos da Rua 31 de março” em parceria com o projeto “Esse é o Nosso Norte” realizam, neste sábado, 8/2, bloco com ações para crianças, debates e apresentações musicais. Bloquinho Rai Coletiva O carnaval chegou e como de costume os Amigos da Rua 31 de março, no bairro São Raimundo se reúnem para brincar as festividades. Este ano, em parceria com o projeto Esse é o Nosso Norte, foi lançado o bloquinho Rai Coletiva – vamos pular sem medo de ser feliz na esquerda!, que será realizado neste sábado (8) das 16h às 22h, na Rua 31 de março, São Raimundo, em Manaus. “O Bloco acontece todos os anos e essa atividade também é uma maneira de conscientizar politicamente a comunidade”, afirma a moradora Patrícia Andrade que também integra a equipe de organização. Toda população da capital está convidada a participar da atividade, com entrada gratuita. DJ Naty Veiga A programação inicia a partir das 16h, com o Curumim na Folia, uma ação com brincadeiras e músicas para as crianças. A próxima atividade será às 18h, Microfone Aberto, momento dedicado para falas e experiências de combate ao racismo, LGBTfobia, machismo e preconceito. Também será um marco para reflexões sobre qual futuro a população deseja para a capital amazonense. DJ Pedro Cacheado Para finalizar as festividades, às 19h acontecerá Mas é carnaval, uma sessão dedicada a atrações musicais e intervenções artísticas. Já confirmaram presença DJ Naty Veiga, DJ Pedro Cacheado e a Banda Agenoragostinhoeleo. Todo bloquinho foi construído com o afeto, a política e a alegria que o carnaval proporciona. A produtora cultural e ativista Michelle Andrews, destaca “Ocupar a rua com quem sempre esteve lá é o objetivo do Bloquinho Rai Coletiva. Fazer uma festa onde podemos curtir o melhor do carnaval popular”. Banda Agenoragostinhoeleo Serviço O quê?: Bloquinho Rai Coletiva Quando?: 8 de fevereiro de 2020, sábado. Horário?: 16h até às 22h Onde?: Rua 31 de março, Bairro São Raimundo. Manaus-AM Quanto?: Evento Gratuito Contato: (92) 9 9353-1204 e-mail:...

Leia Mais
DJs Dubdogz, Doozie, 4i20 e Pleight no Selva Day Fest
jan16

DJs Dubdogz, Doozie, 4i20 e Pleight no Selva Day Fest

Com os nomes em alta na cena eletrônica nacional e internacional, os DJs Dubdogz, Doozie, 4i20 e Pleight comandam, em Manaus, a balada Selva Day Fest. O evento acontece no próximo dia 24, a partir das 22h, no Copacabana Choperia, localizado na Av. do Turismo, no Tarumã. Os fãs de e-music poderão conferir de perto o trabalho dos irmãos gêmeos Marcos e Lucas Schmidt, que há quatro anos formam o Dubdogz. Com passagem por grandes festivais como Lollapalooza, Tomorrowland Brasil e XXXperience, a dupla de Juiz de Fora (MG), vai animar a pista com seus maiores hits, como Techno Prank, Feel The Vibe (UH UH!) e Alors On Danse (Dubdogz Remix). Já o DJ catarinense Rodrigo Kost traz para o público amazonense o seu projeto Doozie Music, um misto de tech house, techno, deep house e o inovador gangsta house, estilo inspirado no deep funky e no hip hop dos anos 80. O artista é presença garantida em festivais e baladas de música eletrônica do mundo todo, figurando no line-up do Ultra Música Festival Brasil, Eletric Zoo, Dream Valley, entre outros. A pista do Selva Day Fest também vai “ferver” ao som do 4i20, projeto do DJ e produtor musical curitibano, Tiago Sena. Com uma jornada de quase 15 anos dedicados à música eletrônica, o artista passeou por diversos estilos até que, em 2012, criou o projeto que o consagra atualmente como um dos maiores talentos do cenário brasileiro. Tiago ainda é fundador e curador artístico de uma das mais importantes gravadoras de psy trance do mundo, a Alien Records. Quem completa o line-up nacional é o DJ e produtor paulista Eduardo Banzoli, o Pleight, que agitará a festa com muito tech house. Conhecido pelo bordão “prato que voa”, o artista de 23 anos e apenas dois de carreira já possui mais de 250 tracks em seu portfólio que vem chamando atenção de grandes nomes do cenário eletrônico do Brasil e de fora. A balada ainda terá a performance de DJs da cena amazonense, como Matheus Bessa, nome por trás de Bess Maze, atualmente uma das principais referências da Região Norte. O artista tem uma identidade musical forte dentro das variantes da house music, com músicas sempre muito dançantes e com vocais marcantes. Outro nome confirmado é o DJ Korea, que começou sua carreira em 2011 na Vektor Music e logo se destacou pela qualidade do seu som, ganhando espaço na e-music manauara. Grazi Vasconcelos, a DJ Madame C, também marcará presença agitando a pista com um estilo que percorre o tech house, techno, minimal techno até chegar ao minimal progressivo. Os ingressos para o evento já estão à...

Leia Mais
Evelyn Félix é destaque no musical “A Caixa Mágica do Natal”
dez21

Evelyn Félix é destaque no musical “A Caixa Mágica do Natal”

A jovem e promissora atriz, cantora e bailarina Amazonense, Evelyn Félix, é destaque no musical “A caixa mágica do Natal” que será apresentado neste fim de semana, respectivamente esta sexta, sábado e domingo, no Teatro Amazonas. O espetáculo é uma realização da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Amazonas, com acesso GRATUITO, classificação livre e recursos de acessibilidade com audiodescrição e intérpretes da Língua Brasileira de Sinais (Libras). A atriz estava cumprindo agenda em São Paulo, cidade em que está radicada há dois anos, quando soube da audição para participar do musical “A Caixa Mágica do Natal” em Manaus, e por se identificar com a proposta artística do espetáculo, ela decidiu fazer as malas e investir para participar da seleção, conquistando uma vaga ao fim onde desde então, ela destaca que há dois meses, tudo o que envolve o espetáculo como ensaios, trocas e convívio entre o elenco e equipe em geral musical está sendo muito leve e prazeroso. “A Caixa Mágica do Natal” conta a história de uma criança que perdeu a mãe há alguns anos e ficou morando apenas com a avó. Ao ficar órfã, a criança também perdeu a paixão pelo Natal que sua mãe alimentava. Até o dia em que encontrou uma caixa de presente com uma carta escrita dias antes de sua mãe partir. Ao abrir a caixa, ela entra em um universo de magia natalina .Com direção cênica de Matheus Sabbá e texto de Thaís Vasconcelos, o espetáculo conta com a Amazonas Filarmônica,Orquestra Experimental da Amazonas Filarmônica, Coral do Amazonas, Corpo de Dança do Amazonas,Balé Experimental do Corpo de Dança do Amazonas, Balé Folclórico do Amazonas e Coral Infantil do Liceu Cláudio Santoro. A direção musical é do maestro Marcelo de Jesus. No musical, “A Caixa Mágica do Natal” Evelyn interpreta a personagem Mãe/Anjo: “Eu faço a mãe da Malu, mãe-anjo no caso, a minha personagem já morreu há um tempo atrás, e eu apareço em um momento no qual a Malu não acredita mais no amor, não acredita mais na magia do natal. No início, foi muito complicado pra eu construir a personagem, porque eu tenho 20 anos e não sei como é a experiência de ser uma mãe, então eu tive que assistir muita coisa, buscar muita coisa pra gerar esse amor de mãe, que é um amor muito puro, muito diferente que você só sabe quando se é mãe, mas com muita dedicação e entrega, ao longo do processo eu fiquei feliz de conseguir construir uma ligação muito forte com a Malu, com a atriz Lu, e foi uma experiência muito boa porque eu não sabia que...

Leia Mais