10 motivos para ir à Feira de Cultura Geek!
out13

10 motivos para ir à Feira de Cultura Geek!

Quando você lê a palavra "GEEK", o que vem primeiro à cabeça? Sem definições pejorativas, estar "por dentro" sobre algum assunto pode ser a mais contemplativa das versões. Em outras palavras, quando se trata de uma Feira de Cultura Geek: alguma coisa você vai gostar! É neste domingo (15), a partir das 10h no Centro de Convivência da Família Magdalena Arce Daou. Pra te preparar o que vem por aí, listamos alguns spoilers do que vai rolar por lá. Coleções Tudo com começou com um despretensioso encontro de colecionadores, sem divulgação externa nem venda de produtos. Mas a carência de eventos relacionados à cultura geek motivou alguns amigos a fazerem algo a mais, reunir e atrair colecionadores, artistas, cosplayers entre outros adeptos da cultura geek. Action Figures Personagens em chamados de "action figure", são os principais alvos dos colecionadores, são bonecos com movimentos reais, caracterização e tamanhos diferentes. Se você é fã, vai amar conhecer a OneZone, loja especialista no assunto. De acordo com um dos proprietários da loja e também anfitrião da feira, Maircon Vinícius o ideia é reunir amantes de todas as áreas, "A feira é aberta para outros colecionadores, cosplayers e pessoas que se interessam no assunto e querem conhecer mais os colecionadores daqui", explicou. Mangás Livros, mangás, revistas e HQs você encontra no acervo O Leiturão, uma loja online com clássicos garimpados e vendidos a preços populares. Caricaturas Além de quadrinhos do Leiturão, o pessoal do Ilustrama também vai marcar presença com caricaturas em tempo real e outros desenhos exclusivos. Os cartunistas Rohmas e Israel Gusmão estão na linha de frente do Studio, criatividade inesgotável hein? Games Serão quatro videogames, dois para free play de Just Dance e Guitar Hero; E dois para um mini-campeonato de PES 17 e Naruto Shippuden, as inscrições custam R$20, os participantes devem chegar com uma hora de antecedência do inicio da competição. Informações entre em contato pelo número: (92) 98268-0121. Decor Relógios vintage feito de vinil é o carro forte do Adriano Moraes do Studio Caos que estará presente na feira, ainda na área de decoração, pra brilhar o olho de qualquer dona(o) de casa, o pessoal da Loja Biboca também vai levar seu produtos para venda. Moda Camisetas com estampas criativas, com temas de séries, filmes, games, são atemporais e porque não dizer até que sem gênero, dando bom style para todos os gostos. As lojas 13 Fantasy  e Uso Geek foram convidadas para suprirem a necessidade geek de abastecer o armário. Prepara a carteira! Otaku Transito livre para cosplayers, o evento tem a parceria da galera do Amazontaku que dão show nos eventos e fazem sucesso com cosplays, não...

Leia Mais
Exposição fotográfica: Dorival Vai Não
ago22

Exposição fotográfica: Dorival Vai Não

A Chopperia Curupira convida a todos para celebrar seu primeiro ano de vida com música, chopp gelado e uma vasta programação cultural. O aniversário do Curupira engrossa o caldo da programação de 4 dias do 6o Fórum de Bicicletas Manaus do Pedala Manaus. Com o tema Bicicleta e a Comunicação: DA SENSIBILIZAÇÃO ÀS PEDALADAS, se inicia no dia 22 de agosto na Federação das Indústrias do Estado do Amazonas – FIEAM com cerimônia de abertura e palestras com membros da Prefeitura Municipal de Manaus e com Enrique Peñalosa, da Prefeitura de Bogotá, no dia 23 e 24 de agosto, na Fundação Amazônia Sustentável - FAS, exposição fotográfica: Manaus Pedala – Ciclovias Invisíveis, oficina de Comunicação Rodas da Paz (Para imprensa, acadêmicos e profissionais da comunicação) e Painel Comunicação e a Bicicleta: Comunicar para Mudar. No Curupira, a programação se inicia no dia 23 de agosto, quarta-feira, às 21h com a Exposição Fotográfica do projeto Dorival, apresentará a subjetividade do homem com as catarses floridas pela música da Banda Academia da Berlinda, nela terá projeções do VJ ManGa RoSa (Marcelo Rosa) e fotografias da produtora Cachorro Enrolado (Adroaldo, Francisco e Diogo) junto com a produção de lambe-lambes durante o evento nas redondezas. O atalho sonoro ficará por conta do Clóvis e Maomau. No dia 25 de agosto, o encerramento das atividades do 6o Fórum de Bicicletas Manaus e celebração do primeiro aniversário. O grupo do Pedala Manaus sairá de bicicletada do Parque dos Bilhares até a Chopperia Curupira, Rua Barroso, Centro. O local vai contar com palco na rua para programação cultural que se inicia com o grupo de Maracatu Pedra Encantada e depois shows dos artistas locais como Alaíde Negão, a neguinha que faz todo mundo balançar, Pororoca Atômica que faz tudo virar carnaval e os garimpeiros do brega, The Stone Ramos. O Pedala Manaus ainda vai sortear bicicletas pra ir pedalando pra casa! Apoio do Curupira na Cena Regional No carnaval de 2017 apoiou a 1a edição do Bloco DuRegional onde os ensaios abertos da batucada Gogó de Arraia foram realizados em frente a Chopperia Curupira e o local disponibilizou os equipamentos técnicos para realização do evento. O apoio se expande também para a cultura afro, o grupo de maracatu, Pedra Encantada, também realiza ensaios abertos em eventuais sextas-feiras com apoio do...

Leia Mais
Malaba Jam Festival 5 hoje Bilhares
jul29

Malaba Jam Festival 5 hoje Bilhares

O quinto Malaba Jam Festival, que acontece hoje, dia 29 de julho, no anfiteatro do Parque dos Bilhares, vem, neste ano, como edição especial Virada Sustentável. Dentro da programação do principal evento de sustentabilidade realizado no Brasil, o encontro que reúne música, artes plásticas e solidariedade inicia às 16h, com as bandas Canhamukaya, Na Trilha, Cabocrioulo, Johnny Jack Mesclado, Os Tucumanus e Alaídenegão, além dos DJs Kimo e Tubarão. Cada atração vai receber convidados para dividir o palco, entre os nomes confirmados estão Cileno, Leka Denz e Casa de Caba.  Segundo a jornalista Lane Lima, uma das organizadoras, o evento vai celebrar 15 anos de atuação do Grupo Raio de Sol, que oferece apoio social, psicológico e pedagógico a portadores de doenças no sangue, a maioria do interior do Amazonas. Ela destaca que a entidade beneficia, com cestas básicas, 67 pacientes sem condições de se manter na cidade durante o tratamento.  “Queremos celebrar este momento da instituição com um número expressivo de doações e ajudar mais famílias”, diz a organizadora, ressaltando que, em quatro edições do festival, foram arrecadadas mais de duas toneladas de alimentos, além de roupas, fraldas, brinquedos e livros. “Há dois anos lançamos a campanha com antecedência para que o público tenha mais tempo de se organizar e participar desta ação social”. Lane enfatiza que o acesso aos shows é gratuito, no entanto, o público é convidado a doar itens que compõem a cesta básica como arroz, feijão, macarrão, óleo, café, açúcar, leite em pó e complemento alimentar. “O festival busca a mobilização espontânea da comunidade para ajudar portadores de doenças no sangue com doações, que podem ser feitas no dia do festival ou direto na sede do Raio de Sol, no Hemoam”, informa a jornalista. “É uma boa oportunidade de conhecer o trabalho desenvolvido pela entidade”.  Um grupo de artistas plásticos locais, coordenado por Romahs Mascarenhas, artista visual e roteirista da Maurício de Sousa Produções, é responsável pelas intervenções artísticas. A proposta é deixar um legado para o parque, uma marca registrada do Malaba Jam Festival, e conta com Turenko, Coletivo X-MAO, Tial, Débora Erê, Nádja Kristhina, Isy, Lobão e André Hulk.  O Curumim – o último herói da Amazônia, criado pelo jornalista Mário Adolfo, também está nesta corrente do bem. Com tirinhas de quadrinhos, até o dia do evento, o personagem vai mostrar como o público pode ajudar os pacientes atendidos pelo Raio de Sol com doações.  A feira criativa do Arte em Movimento também está confirmada no Parque dos Bilhares. Esta é a segunda vez que o projeto leva expositores do segmento de artesanato para colorir a festa.  O Malaba Jam Festival surgiu...

Leia Mais
Exposição Xamânico de Diego Batista na Casa da Pamonha
jul06

Exposição Xamânico de Diego Batista na Casa da Pamonha

A magia da arte para afirmar a história e memória dos primeiros habitantes desta terra, Xamânico é um ato expositivo de arte contemporânea assinado pelo artista Diego Batista, em cartaz na Casa da Pamonha até o dia 30 de Julho. A proposta encabeça a valorização da cultura de povos ancestrais do continente Sul Americano que vem sofrendo genocídios ao longo de anos de conquistas e invasões sofridas em suas terras e cultura. Xamânico são sete bandeiras com figuras indígenas de etnias Kayapó, Yanomami, Ashaninka, Kaxinawa, Matis, todas de domínio público, disponíveis na internet. Também podem ser identificadas intervenções técnicas de pichação com mensagens que salientam as atuais causas políticas, como demarcação territorial e reconhecimento dos primeiros habitantes. Para Diego, a escolha de bandeiras como tela são uma forma de quebrar a regra da moldura clássica, "faço questão imprimir uma mistura de conceitos, colocando a rua para dentro do espaço expositivo,. Claro que como suporte de bandeira, também se mistura com as causas indígenas, é um homenagem. Afirmo como parte da minha história, dos meus pais, do meu continente", argumentou. A abertura da exposição contou com declamação de poesias de Zémaria Pinto e um pocket show de Mauri Marques com base no livro/CD Lira da Madrugada. As obras estão disponíveis para a venda, os valores vão de R$15 a R$300. A Casa da Pamonha fica na rua Barroso, 375, Centro, o horário de funcionamento é de 7h às 19h, com cardápio vegetariano. A técnica também foi aplicada em outros quadros com a mesma temática disponíveis para venda. O Estencil é uma técnica de pintura e reprodução de imagens utilizadas por um molde. "Exames de raio-X antigos são exemplos de reaproveitamento, faço as estampas artesanalmente e consigo manter uma boa durabilidade", explicou. Sobre o artista Diego Batista Gama é um artista amazonense que teve suas primeiras manifestações artísticas com teatro, na Companhia Vitória Régia de Teatro, além de exercer a função de ator, atualmente ele também executa as funções na produção, cenografia e adereços. Habilidades do teatro e dança, foram desenvolvidas quando esteve na Companhia Visse & Versa de Ação Cênica em Rio Branco-AC, Companhia Indios.com em Manaus e Lokombia, grupo de teatro e andanças de Roraima. Pico de Jaca é o trabalho das estampas artesanais, murais, bandeiras e artes visuais como um todo, são assinados por sua marca, o propósito é contudo, difundir técnicas de grafitti e estêncil com reaproveitamento de materiais e roupas. Contatos para entrevistas ou compra das obras: (92)...

Leia Mais
Cultura amazônica do palco ao prato com Arraial Chefs!
jul04

Cultura amazônica do palco ao prato com Arraial Chefs!

Os eventos gastronômicos vieram como um furação para completar a programação do manauara que faz questão de comer bem e me sinto na obrigação de compartilhar informações nessa magnitude. Neste final de semana, de 07 a 09 de Julho, o estacionamento do Shopping Ponta Negra será palco do Arraial dos Chefs. Com a participação de vários restaurantes com receitas especiais para este clima de arraial, a partir das 17h, com shows musicais às 20h. No palco, a trilha sonora é com a realeza: Sexta-feira tem o Nunes Filho, também conhecido como Príncipe do Brega, no sábado é a vez do Rei do Carimbó: Pinduca (sério) e no domingão quem encerra é a cantora da Guiana Francesa Lia Sophia. No prato, quem comanda o paladar são os chefs Dedé Parente (Cachaçaria do Dedé), Xande Loureiro (Sun Fusion Food), Tetsuo Takeno, Fabíola Borges (As Clarissas), Marcus Pompeu, Alexandre Binard, Marcello Hagge (Lo​​ ​de Maria), Rodrigo Tsutsui, Martina Caminha, Menga Rola (Buona Massa), Milton Rola (Estória​​ ​de Pescador), Paulo Furtado (Fish Maria), Selma Reis (Zefinha Bistrô), Cinthia Soares (Pamonharia Goiânia), Lídia Mota (Mercearia do Chocolate) e Érika Rodrigues (Miss Doçura). Tá bom,...

Leia Mais
Garantido inicia translado de alegorias
jun25

Garantido inicia translado de alegorias

Cumprindo o cronograma de atividades, o Boi Bumbá Garantido iniciou hoje, 24, o translado das alegorias da Cidade Garantido à concentração do Bumbódromo. O trabalho é executado pelos conhecidos Kaçaweres que, literalmente. A ação conta com apoio da Policia Militar, Corpo de Bombeiros e Amazonas Energia. São 180 kaçaweres incumbidos de levar 150 módulos alegóricos. A previsão é realizar o trabalho em seis dias e o bumbá está na concentração até sexta, 30, pela manhã. A equipe responsável pelo transporte das alegorias é coordenada pela engenheira de segurança no trabalho, Cristiane Gama, os técnicos em segurança e coordenadores, Valdenor Santos e Gilberto Nascimento. Segundo Cristiane, são dois meses de organização e planejamento com a comissão de artes e artistas do bumbá. Ela destaca a preocupação da diretoria do boi com a segurança dos colaboradores e conservação das estruturas alegóricas. "Nossa preocupação é evitar acidentes. Aqui é obrigatório o uso de equipamentos de proteção individuais (EPIs) como botas, capacetes, luvas de raspa, luvas de pano", conta. O jovem Eduardo Trindade, 25, empurra as alegorias do Garantido há 8 anos. Ele destaca que o kaçawere é um item importante do boi. "Nosso trabalho é importante. É a gente que leva o boi pra arena", enalteceu. Ademar Teixeira, 37, é torcedor vermelho e branco e pela primeira vez vai ser um kaçawere. "Estou feliz em poder ajudar meu boi", finaliza. *via assessoria de imprensa boi garantido. #52FestivaldeParintins #alegorias #festivaldeparintins #garantido #Kaçauerés...

Leia Mais