15ª Pixel Show: Feira Internacional de Criatividade
nov30

15ª Pixel Show: Feira Internacional de Criatividade

A economia criativa, que despontou em épocas de crise, se fortaleceu com novos profissionais e tecnologias que viram no mercado tradicional poucas oportunidades de crescimento. O  segmento é hoje um pilar da economia global. Segundo o relatório da UNCTAD Creative economy outlook (2018), a economia criativa passou de uma arrecadação de US$ 208 bilhões, em 2002, para US$ 509 bilhões em 2015 em todo o mundo. No Brasil, o Mapeamento da Indústria Criativa realizado pela Firjan e divulgado neste ano, mostra que a economia criativa representou 2,61% do PIB brasileiro em 2017, ou seja, R$ 171,5 bilhões. Nesse cenário, eventos e oportunidades que promovam a economia criativa também ganharam espaço, como o Pixel Show, que se mantém como o Maior Festival de Criatividade da América Latina e completa 15 anos em 2019. “O evento terá mais de 200 horas de programação e três dias, com um conjunto de negócios que estimula a geração de renda e a criação de empregos, ao mesmo tempo em que promove a diversidade cultural, inclusão e desenvolvimento criativo”, comenta Simon Szacher, criador e organizador do Pixel Show. “A criatividade não é mais algo desta ou daquela profissão, é uma habilidade multidisciplinar e multisetorial. A mudança causada pela tecnologia na forma como produzimos exige que tenhamos criatividade, para gerar mais inovação”, ressalta Allan Szacher, head de curadoria do evento. De olho nesse público, o Pixel Show preparou novas atrações para movimentar as mais de 50 mil pessoas que devem acompanhar o evento. É GRÁTIS! Mais de 80% das atrações dos três dias de Pixel Show são gratuitas e para todas as idades. Além de espaço Kids, Food Park, Tattoo, Arena Musical e exposição do Lego User’s Group, confira algumas que vão dar um empurrãozinho nos negócios: - Espaço RH: Aqui, criativos que buscam oportunidade de trabalho formal podem conhecer e conversar com recrutadores de empresas que enxergam nesse mercado potenciais profissionais para seus negócios. A participação é gratuita, basta chegar com o currículo, entrar na fila e bater um papo com as empresas. - Espaço Makers: Artistas amadores e independentes vão expor seus trabalhos em busca de novos negócios, vendas e exposição. “Temos casos muito legais de artistas que começaram como makers, em outras edições do Pixel Show, e hoje expõe com suas empresas e marcas consolidadas”, lembra Allan Szacher, criador e head de curadoria. XR Lounge: A tecnologia realmente mudou a forma de fazer e entregar arte e cultura. O espaço dedicado a projetos de realidade virtual e experiencias imersivas abre a mente do público para novas possibilidade de negócios e atrações. Vale a pena investir Para quem quer imergir no mundo criativo e se apropriar de...

Leia Mais
Chico Cajú estreia projeto Música de Quintal
nov18

Chico Cajú estreia projeto Música de Quintal

Assim como o quintal de Ciata fertilizou o samba é no quintal de todos os cantos que a música brasileira á cultivada. No próximo dia 23 de novembro, das 16h às 22h, haverá a inauguração do Música de Quintal, com o mestre do saxofone Chico Caju. O Música de Quintal pretende realizar 12 registros audiovisuais de músicos amazonenses contando sua própria história. “A geração de músicos da leva de Teixeira de Manaus, Chico Cajú, Magalhães e Oséias da Guitarra, André do Amazonas, caiu no esquecimento geral o que expressa a desvalorização cultural da cidade de Manaus”, diz o professor do curso de Música Bernardo Mesquita, coordenador do projeto que está localizado na rua Rottary, 44A, Centro. As apresentações são mensais e reúne artistas de diferentes gerações para mostrar sua atual produção para um público de hoje. A iniciativa foi construída coletivamente e pode ser considerado o resultado do trabalho técnico-artístico realizado por oito profissionais de diversas áreas, indo da música, grafitti e gastronomia. O quintal é um ambiente de sonoridades, histórias e memórias compartilhadas. O encontro de enredos de vida e afetos formam em festa o conhecimento daqueles que ali estão reunidos e se permitem viver este acontecimento micro-social. “Essa geração é diferenciada porque expressa a transformação do Brasil rural ao urbano, a expansão capitalista na Amazônia pode ser observada a partir da modernização musical posta em prática por estes músicos amazonenses”, afirma o professor. O Música de Quintal é aberto aos alunos e professores da rede pública do estado e município e faz parte das ações do projeto de produtividade da Universidade do Estado do Amazonas, UEA. Interessados em participar podem entrar em contato pelo telefone...

Leia Mais
Bryse se apresenta com videoclipe “Navegando”
maio04

Bryse se apresenta com videoclipe “Navegando”

Bryse é um projeto musical do baixista da banda Nítidos, Denny e outros músicos da noite Manauara. A princípio essa reunião resultou em um EP de cinco músicas, onde tem a mistura do reggae, pop e regional numa pegada mais acústica, com cajón (Max Marcelo) e escaleta (Neto Zyon). O vocal fica por conta do Caio e a harmonia do grupo com o Fly. No primeiro trimestre de 2018 a banda lança duas músicas, “Navegando” e “um violão e dois Brincos de Açaí” que conta com a participação do Jander Manauara. O single de estreia fica por conta de “Navegando”, com direito a videoclipe. Continue lendo para assistir. Serve como cartão de visita, tem a sonoridade e textura bem característica da proposta de som do grupo. O EP se chama Forte Navegando e conta ainda com dois reggaes, “Faixa de Gaza” e “Brisa”, e tem a música de abertura “Forte”, que é a canção chave do projeto. BRYSE É: CAIO – voz; MAX MARCELO – percuteria, voz; FLY SENA – guitarra, teclado e voz; DENNY – baixo; NETO ZYON –...

Leia Mais
“Roller Coaster Man” da cantora Anne Jezini ultrapassa 20mil acessos em menos de 20 dias!
abr24

“Roller Coaster Man” da cantora Anne Jezini ultrapassa 20mil acessos em menos de 20 dias!

Dirigido por Ale Mortágua, a cantora amazonense Anne Jezini, lançou o vídeo do single Roller coaster Man no último dia 05 e já ultrapassou vinte mil acessos. A música de Jezini, escrita por ela e por Lucas Santtana, faz parte do Disco Cinética - disponível em todas as plataformas digitais. Com a participação da atriz Marcela Maia e do ator Felipe Barros, diretor retrata a montanha russa de um relacionamento tóxico usando a atmosfera noturna, neon e um Chevette 77 nas ruas de São Paulo. Alê, comenta a escolha de Felipe e Marcela, “eles já tinham trabalhados juntos no meu longa metragem e eu gosto de criar um ambiente para trabalhar com amigos. São dois atores muito incríveis que entregam muito e possuem uma química incontestável.” O clipe tem a intenção de ser uma brisa do que acontece na cabeça de uma pessoa que está num relacionamento conturbado, com os altos e baixos que a música fala. Do tipo, “Ah ele me agride verbalmente, mas ele me traz flores e é fofo”.  Confere aí o resultado...

Leia Mais
Bloco na Rua – Ocupações Artísticas
mar31

Bloco na Rua – Ocupações Artísticas

Bloco na Rua #2018 • ocupações artísticas | 31 SAB | 16h20 a 00h | Rua José Clemente, Centro. LIVRE ACESSO 16h20 | Maracatu Pedra Encantada 17h as 18h | Gramophone 18h as 18h20 | DJ Set Madruga Musicas do Mundo | Fabio Madruga Madruga 18h20 as 19h20 | O tronxo 19h20 as 19h40 | DJ Set Madruga Musicas do Mundo | Video-doc Fanzines 19h40 as 20h40 | Pororoca Atômica 20h40 as 21h | DJ Set Madruga Musicas do Mundo | Literatura Marginal 21h | Jam rock (RR) 22h as 22h20| DJ Set Madruga Musicas do Mundo | Performance 22h20 | Casa de Caba Cenário de Palco: Diego Batista Gama e Keila Serruya Video Instalação | Palco | gif DEUS EM PROCESSO Fotos exposição | Palco | fotos MIL MORTOS | Matheus Belem | Farias Video Mapping| paredão | Marcelo Rosa Lambe-lambe | paredão | Damaiia Performance: Uýra Sodoma (Emerson Munduruku) Apresentação : Maria Moraes e Emerson Munduruku Literatura Marginal | Palco | Rojefferson Moraes Exibição Video-doc Fanzines | Jefferson Pinho Espaço Gastronômico | Espaço Infantil | Rua | Realizaçãode : Casa de Caba, Chá de Papoulas e PIRÃO AM. Evento realizado com Apoio da Secretaria Cultura do Amazonas e Viva...

Leia Mais
Tudo que você precisa saber sobre a Nerd Party
mar15

Tudo que você precisa saber sobre a Nerd Party

01. Nerd Party É festa! Prepare-se para um evento que vai mudar o seu conceito sobre diversão. Um dia inteiro com tudo que os nerds de plantão curtem e ainda mais um pouco. O objetivo e agregar valor às culturas da dança, artes visuais, cinema, games e música com influências orientais. 02. Data e horários  Dia 25 de março de 2018 de 10h às 20h. Resuminho: Exibição de filmes pela manha e palestras a tarde. Disputa entre cosplayers no fim da tarde. Apresentação de dança no estilo K-Pop durante todo o dia. 03. Local  Escola Estadual Senador Manoel Severiano Nunes, na avenida J, Alvorada 2, próximo à Delegacia de Roubos e Furtos. 04. Palestras Uma imersão no universo geek da atualidade. Conversa aberta sobre blogs, assuntos e dicas infalíveis para seu vlog bombar na web. 05. Exposições  Lojinhas, sebos e colecionadores estarão a postos para apresentar todas as novidades no assunto. Também vai rolar a exibição dos filmes da Liga da Justiça na sequencia. Música e muita coreografia de dança da musica popular japonesa . 06. Convidados e participantes  O passaporte para o evento é R$5, sendo que crianças de até dois não pagam. O convite para os cosplayers é aberto, mesmo que não queira competir. Star Wars maníacos não perdem por participar do game de conhecimento. Isso também vale para os fãs de Harry Potter. 07. Alimentação O evento permite a entrada de alimentos mas se você não quiser se preocupar, durante toda a programação haverá stands de venda com comidas e bebidas a preços populares. No menu vai desde sushi, salgados, doces e comidinha regional que todo mundo ama. Detalhe: Proibida a entrada e comercialização de bebidas...

Leia Mais