APOTEOSE ROCK FESTIVAL: O que você precisa saber
nov04

APOTEOSE ROCK FESTIVAL: O que você precisa saber

Acabou a espera! Chegou o grande dia do Apoteose Rock Festival. Se você não quer perder essa festa que promete marcar a história da noite manauara confere o passo a passo para dar tudo certo na sua night. Localização Difícil é conseguir a carona, papai! Se já conseguiu, relaxa. O endereço do Apoteose Eventos é rua Matamata, um casarão de número 641, bairro Santa Etelvina.Ficou perdido, se acha pela rua Paxiúba que cruza e facilita.  2. Horários A casa vai abrir os portões a partir às 16h30, os shows terão início às 17h. Cada banda terá cerca de 45 minutos para apresentar o suprassumo do seu show.  Uma festa dessa não tem hora pra acabar, mas a expectativa é lá pelas 5h da manhã. Fica tranquilo pra quem for voltar de busão ou quiser fugir de blitze. 3. Conexão Norte No melhor estilo da representatividade, o APOTEOSE ROCK FESTIVAL reúne vertentes e representantes de várias partes do Norte como Roraima e Pará. Ao todo serão 10 bandas, 07 bandas locais e 04 convidadas. Top né? 4. Setup Sem mais delongas, declaramos a ordem das bandas para você conferir tudo com democracia. 17h - Vitrola Atômica 18h – Nematóides 18h50 – Dead Live 19h40 – Gear (PA) 20h30 – Zona Tribal 21h20 – Nicotines 22h10 – Black Revolt (RR) 23h – Lady Violetta (PA) 23h50 – Numbness 00h40 – Savana (PA) 01h30 – Brutal Exuberância 5. Drinks e laricas  Ninguém quer extrapolar no fim de semana né? O evento terá barracas de bebidas, cervejas,  refrigerante, geladinhos para ninguém ficar com sede. E se a fome bater, também tem larica garantida. 6. Tattoo Club O Tattoo Clube Manaus estará presente no evento, além de sorteio de tatugens, a equipe também vai esclarecer dúvidas e informações sobre o universo da tatuagem. 7. Ingressos O valor dos ingressos por pessoa é R$10, disponíveis na bilheteria do evento. 8. Banheiros Como a foto acima apresenta, o local é grande e espaçoso, possui banheiros exclusivos para homens e mulheres, com pia e espelhos pra ninguém deixar resquícios de nada no rosto. 9. Piscina  Calor amazônico sempre pede um banho, tome cuidado com  a mistura, levar uma roupa extra ou uma toalha será util. 10. A Volta Certifique que está ok pra voltar para casa, a sua segurança e de seus amigos é de extrema importancia. Mesmo que você seja vizinho do local do evento é sempre importante manter a atenção na estrada. Pedir carona nunca é vergonha e oferecer menos ainda. Seja solidário mas não seja otário, fique esperto (a)! Fácil né? Se você tem algo a acrescentar nesta lista, entre em contato pelo e-mail...

Leia Mais
Banda Pinta Cuia agita ‘Noite Paraense’ em Manaus
abr19

Banda Pinta Cuia agita ‘Noite Paraense’ em Manaus

Um dos destaques do cenário brega na Região Norte, a banda Pinta Cuia se apresenta em Manaus, neste sábado (22), na festa “Noite Paraense”, que ocorre a partir das 20h, na Cervejaria Rio Negro, localizada na Rua Francisca Mendes, 49, bairro Cidade de Deus. O grupo de Monte Alegre, no Pará, possui mais de 20 anos de carreira e já se apresentou em países como Peru, Venezuela, Bolívia e Guiana Francesa. Entre os sucessos, estão as canções ‘Esfrega’ e ‘Apadrinhada’. “Para a terceira edição da Noite Paraense, nada melhor que trazer uma atração que é referência não só para a comunidade paraense, como para toda a Região Norte. O público poderá cantar junto, se divertir e matar a saudade de casa”, afirmou uma das organizadoras do evento, Socorro Albuquerque. Além da música, a festa tem como destaque a gastronomia do Pará, considerada uma das mais ricas do país. No local, diversas barracas oferecem pratos típicos do Estado com preços populares. A entrada é gratuita para as mulheres. Para os homens, o ingresso custará R$ 20. Mais informações através do telefone: (92)...

Leia Mais
4° Chá das Papoulas será neste final de semana
nov29

4° Chá das Papoulas será neste final de semana

Em sua 4º edição, o “Chá de Papoulas”, feira econômica criativa, acontece nos dias 3 e 4 de dezembro, das 14h às 23h, no Les Artistes Café Teatro, Centro de Manaus. A proposta é reunir a inclusão social, diversidade cultural e humana, por meio das marcas manauaras nas áreas de arte, gastronomia e inovação. De acordo com a organização do evento, a ideia é abranger os aspectos econômicos, culturais e sociais que interagem com a tecnologia. Os principais eixos da feira são: Tradição (parceria com produtores de artesanato e disponibilização de espaços voltados a cultura popular); Artes Livres (Moda, circo, música, tatuagem, etc); Mídias Digitais (Exibição de curtas, vídeo Mappin e linguagens digitais) e Criações Funcionais (Arquitetura, design comprometidos com desenvolvimento...

Leia Mais
Festival NEMA terá mais de oito horas de atrações neste sábado
nov18

Festival NEMA terá mais de oito horas de atrações neste sábado

O Complexo Turístico da Ponta Negra receberá neste sábado (19), a quinta edição do ‘Festival Nossa Energia Move a Amazônia’, que terá as bandas Os Paralamas do Sucesso e Luan Forró Estilizado entre as atrações. A programação será gratuita e envolverá gastronomia, esportes e música. O evento começará a partir das 15h e será realizado em três ambientes diferentes do complexo. Um palco será montado na praia, onde haverá apresentações dos DJ’s da cena local Alonso Melo e TooHoot, além da atração nacional Gustavo Condé, que é residente da Club88, considerada a melhor boate underground do interior de São Paulo. E, em paralelo, exibições de esportes radicais como flyboard, wakeboard e paraquedismo acontecerão no local. O esporte também estará presente no festival com a realização da quarta edição da Corrida Pedestre Nossa Energia Move a Amazônia. A concentração começa às 16h, com largada prevista às 16h30. São esperados mais de mil participantes. Já o anfiteatro receberá, a partir das 16h, os shows da banda Alaídenegão, que apresentará um repertório variado composto por estilos como brega, samba e carimbó; do grupo Supercolisor com o melhor do rock alternativo; além da cantora Márcia Novo com muito pop regional. As atrações nacionais Luan Forró Estilizado e Os Paralamas do Sucesso subirão ao palco às 20h15 e 22h, respectivamente. No calçadão do complexo, o público poderá conferir pratos da culinária amazonense a preços populares com o espaço gastronômico ‘Feira do Peixe’, a partir das 17h. Entre os restaurantes confirmados estão o Sabores da Amazônia, Morada do Peixe, Tambaqui de Banda, entre outros. “Serão mais de oito horas de festival aberto ao público. A proposta é garantir um dia de diversão com esporte, gastronomia e muita música boa”, destacou um dos organizadores do NEMA, David Freidzon. Corrida NEMA A entrega dos kits para a Corrida NEMA começa na tarde desta quinta-feira (17), das 14h às 20h, e segue até sexta-feira (18), das 10h às 18h, na loja Espantalho Pneus, localizada na Avenida Djalma Batista, bairro Chapada. Para receber o material, o atleta deverá apresentar um documento oficial de identidade com foto e o recibo original de pagamento da inscrição. Confira a programação do Festival Nossa Energia Move a Amazônia 2016: 15h – Palco Praia: Apresentação dos Dj’s Alonso Melo, Gustavo Condé e TooHoot. Exibição de esportes radicais aquáticos e paraquedismo. 16h05 – Início das apresentações no Anfiteatro com a banda Alaídenegão 16h30 – Corrida Pedestre NEMA 17h – Espaço Gastronômico: Feira do Peixe 17h05 – Márcia Novo 18h05 – Supercolisor 19h05 – Johnny Jack Mesclado 20h15 – Luan Forró Estilizado 22h – Os Paralamas do...

Leia Mais
Conjugando o Hip-Hop em 7 verbos
nov09

Conjugando o Hip-Hop em 7 verbos

No próximo dia 12 será comemorado os 42 anos do Hip-Hop. A união com a letra, a dança, a música e o grafitti oriunda no South Bronx em New York nos EUA. Para homenagear esse movimento que ultrapassou todas as fronteiras do mundo e gerou um estilo saudável de vida em muitos casos, maior atuante do que as ações governamentais. Para demonstrar uma série de homenagens e apresentar atuação no Amazonas, aí vão alguns verbos para você conjugar essa semana. Prestigiar O veterano Marcos Tubarão e sua equipe com a comemoração do Dia Mundial do Hip-Hop, neste sábado, a partir das 14h no Parque Ponte dos Bilhares. O evento faz parte da programação do Festival Hip Hop DiManaus, projeto contemplado pelo concurso do Prêmio Manaus de Cultura Hip Hop. Competir No Concurso Rap Individual com temática livre valendo prêmios em dinheiro que vão de R$400 para o terceiro lugar, R$600 para o segundo lugar e R$1000 para o vencedor do primeiro lugar. Conhecer O histórico do gênero no Amazonas, as primeiras manifestações registradas foi em meados dos anos 80, Marcos Tubarão faz uma viagem no tempo para lembrar como era naquela época. Participar Oficina da Carol Calderaro com o tema “Abordagem Teórica, Dinâmica e preparação vocal”, no sábado (12), de 14h às 15h30, no Parque dos Bilhares. As vagas são limitadas para até 30 participantes, a oficina é gratuita e os participantes receberão certificação.  Ao término será uma convivência com o próprio Marcos Tubarão sobre futuro, presente e passado do Hip Hop no Amazonas. Conferir Amazônia Rap Festival com Racionais MC’s Boteco Premium, na Avenida do Turismo, próximo ao cemitério Tarumã. Os ingressos ainda estão a venda, no segundo lote a R$60, para front stage a R$90 e área vip, com open bar a R$180. Os pontos de venda são as Óticas Diniz do shoppings: Amazonas, Sumaúma e Manauara. Acompanhar O Canal Q$MRT no Youtube que tem vídeos de bastidores do grupo Qua$imorto é um grupo musical do gênero rap que convida a introspecção, porém não se limita a rótulos e transita em diversos estilos e sentimentos. O grupo é formado por: João O Alquimista, Barba Negra, Luiz Lula, DJ Maquinado e Victor Xamã. Ouvir Colaboração de conteúdo: DJ Marcos Tubarão e Carol Calderaro...

Leia Mais
Os Tucumanus e Jamrock no Caldeira
nov01

Os Tucumanus e Jamrock no Caldeira

Um clima de luau em pleno Centro da cidade vai reunir as bandas Os Tucumanus, do Amazonas; e Jamrock, de Roraima; no dia 9 de novembro, no Bar Caldeira (Rua José Clemente, 237, Centro), a partir das 21h, com acesso gratuito. O Luau Briza - Dois palitos e uma chama cultural será o encontro de sonoridades, artes e boas vibrações pelo movimento cultural do norte brasileiro e contará com participações especiais do grupo Pusanga, do Amazonas; e a cantora Leka Denz, de Roraima. O evento vem com a proposta de unir os dois Estados no primeiro passo para criação de um festival que estreitará os 800km que os separam. “É o primeiro passo do projeto que vai unir talentos artísticos do Amazonas e Roraima em um festival chamado BR-174, apelidado de Briza, porque com dois palitos, que representam os Estados; os numerais 7 e 4, viram, respectivamente, Z e A”, explica Denilson Novo, guitarrista dos Tucumanus e idealizador da proposta. “BR-174 é o primeiro título e o apelido Briza é uma consequência de alguns exercícios gráficos com as letras e os números”.   Anfitriã da noite, a banda Os Tucumanus também celebra a boa fase da carreira, que completa 10 anos em 2016. Neste mês, o grupo lançou o novo single, da música ‘Até o Sol Sair’, gravado no estúdio Júpiter, com engenharia de áudio de Armando Mendes e masterização na Espanha, no Mastering Mason Studio. “Esse single veio como a cereja do bolo, em celebração ao momento produtivo que vivemos. Nova fase, nova formação e novo gás para os próximos anos”, comentou Denilson. “O clima está propício para a fluência de novos projetos e essa parceria com os artistas de Roraima é um bom exemplo disso”. Além de Denilson, Os Tucumanus têm Clóvis Rodrigues no vocal, Mário Ruy Carvalho no baixo, Matheus Simões na bateria e Samuca na segunda guitarra, o que rendeu ao grupo um novo formato, com arranjos diferentes. No setlist estão confirmadas ‘Vida de quinta’, ‘Telengotengo’, ‘Carapuça’, ‘Palafitas’, ‘Na rede’ e ‘Tudo em comprimidos’. A Jamrock, com seis anos de estrada, volta a Manaus paraapresentar novidades, como as canções do terceiro disco, que traz no conceito a mistura de modernidade com raiz. Entre as músicas do repertório está ‘Intolerância’, carro-chefe do novo trabalho. “A Jamrock surgiu com a proposta de reggae e rock, que continua na nossa música, mas ganhou influência de ritmos como cumbia e beiradão. A gente já excursionou pela Amazônia algumas vezes e isso acabou modificando o som, que considero um pop amazônico”, definiu Bebeco Pujucan, que comanda no samples e gaita da banda. Conforme Bebeco, o que marca o CD novo,...

Leia Mais