Garantido inicia translado de alegorias
jun25

Garantido inicia translado de alegorias

Cumprindo o cronograma de atividades, o Boi Bumbá Garantido iniciou hoje, 24, o translado das alegorias da Cidade Garantido à concentração do Bumbódromo. O trabalho é executado pelos conhecidos Kaçaweres que, literalmente. A ação conta com apoio da Policia Militar, Corpo de Bombeiros e Amazonas Energia. São 180 kaçaweres incumbidos de levar 150 módulos alegóricos. A previsão é realizar o trabalho em seis dias e o bumbá está na concentração até sexta, 30, pela manhã. A equipe responsável pelo transporte das alegorias é coordenada pela engenheira de segurança no trabalho, Cristiane Gama, os técnicos em segurança e coordenadores, Valdenor Santos e Gilberto Nascimento. Segundo Cristiane, são dois meses de organização e planejamento com a comissão de artes e artistas do bumbá. Ela destaca a preocupação da diretoria do boi com a segurança dos colaboradores e conservação das estruturas alegóricas. "Nossa preocupação é evitar acidentes. Aqui é obrigatório o uso de equipamentos de proteção individuais (EPIs) como botas, capacetes, luvas de raspa, luvas de pano", conta. O jovem Eduardo Trindade, 25, empurra as alegorias do Garantido há 8 anos. Ele destaca que o kaçawere é um item importante do boi. "Nosso trabalho é importante. É a gente que leva o boi pra arena", enalteceu. Ademar Teixeira, 37, é torcedor vermelho e branco e pela primeira vez vai ser um kaçawere. "Estou feliz em poder ajudar meu boi", finaliza. *via assessoria de imprensa boi garantido. #52FestivaldeParintins #alegorias #festivaldeparintins #garantido #Kaçauerés...

Leia Mais
9º Festival TomaRRock começa hoje no Parque Anauá
abr20

9º Festival TomaRRock começa hoje no Parque Anauá

O Festival Tomarrock é o maior festival de artes integradas de Roraima. Realizado pelo Coletivo Canoa Cultural desde 2008, o festival chega este ano a sua 9ª edição, e apresenta ao público o que há de melhor na música independente roraimense, proporcionando a valorização e o reconhecimento dos artistas do extremo norte do país. Além dos shows locais, o Festival Tomarrock apresenta pela primeira vez os shows das bandas nacionais Dead Fish (ES), Plutão Já Foi Planeta (RN), Selvagens a Procura de Lei (CE), Fetuttines (RN), Molho Negro (PA) e Camarones Orquestra Guitarrística (RN). A ideia é proporcionar, ainda, um diálogo entre os diversos campos da cultura, envolvendo o audiovisual, o teatro e a culinária, sem abrir mão da sustentabilidade. A entrada é gratuita. A 9ª edição do Festival Tomarrock, em 2017, será apresentada pela Empresa Oi, por meio da Lei de Incentivo à Cultura, do Governo do Estado de Roraima. A Lei de Incentivo é uma forma de estimular o apoio da iniciativa privada e levar cultura à sociedade através de seus agentes e produtores culturais, estimulando o comércio local e possibilitando o acesso da população ao entretenimento e cultura de forma gratuita. O festival contará com o apoio cultural da Oi Futuro, Schin, Rec Distribuidora, Shop Som, Lei de Incentivo a Cultura, SECULT-RR, Governo do Estado, Akurima Pro Videography e Perin. Este ano, o Tomarrock acontece nos dias 20, 21 e 22 de abril, no Parque Anauá. A programação terá início às 17h e, além dos shows musicais o festival contará com um lounge, espaço kids e com um festival de hambúrguer artesanal, estimulando o comércio local e as empresas Gordhito's, Picanha Burgers, Paju Burger e Chef Jorge. Dia 20: Festival de Hambúrguer, Área Kids, Exposição de Artes, Mostra Audiovisual e show com o grupo de Rap 'FM7'. Dia 21: Festival de Hambúrguer, Área Kids, Exposição de Artes, Teatro e shows com as bandas Antigo Sofá, Trupe de Marte, Molho Negro (PA), Bolívar Blues, Marambaya, Camarones Orquestra Guitarristica (RN) e Dead Fish (ES). Dia 22: Festival de Hambúrguer, Área Kids, Exposição de Artes e shows com as bandas De um, Red Roof, Fetuttines (RN), Dr Yoko, Johnny Manero, Plutão Já Foi Planeta (RN) e Selvagens a Procura de Lei (CE) PROGRAMAÇÃO COMPLETA: 21/04 17h – Banda Antigo Sofá 18h – Banda Trupe de Marte 19h – Banda Molho Negro (PA) 20h – Banda Bolívar Blues 21h – Banda Marambaya 22h – Banda Camarones Orquestra Guitarrística (RN) 23h – Banda Dead Fish (ES) 22/04 18h – Banda De Um 19h – Banda Red Roof 20h – Banda Fetuttines (RN) 21h – Banda Dr Yoko 22h – Banda Johnny...

Leia Mais
Luzes para Santa Casa em workshop de video mapping
abr19

Luzes para Santa Casa em workshop de video mapping

O video mapping tem ganhado destaque no Brasil. A proposta é projetar e manipular imagens em diversas formas de superfícies. Na região Norte o coletivo paraense NozVJ tem buscado desenvolver projeção mapeada para diversos projetos culturais e eventos numa construção coletiva entre André Bode, Bella Reis, Diogo Vianna e Kauê Lima. Para compartilhar esse conhecimento acontecerá o workshop Video Mapping sobre técnicas e teorias de projeção mapeadas nos dias 19 e 20 de abril, das 16h às 20h na sede do Coletivo Difusão (Rua Boa Sorte, 555. Bairro Presidente Vargas (Matinha). No dia 21, das 16h às 20h, o encontro resultará numa intervenção na área externa da Santa Casa de Misericórdia em Manaus-AM. Diogo Vianna e Bella Reis integrantes do NozVJ serão os instrutores. A realização é do NozVJ, Centro Popular do Audiovisual e Coletivo Difusão. O workshop possui duração de três de encontros, com 4 horas para cada encontro, e é destinado ao público de artistas, técnicos e estudantes.Serão dois dias de aulas expositivas, nos dias 19 e 20, com apresentação de noções técnicas e artísticas, conhecimento e uso de softwares utilizados para produção de conteúdo com ênfase em cenografia e efeitos multimídia, exibição de iniciativas na área, pesquisa e produção de um projeto de mapping durante o workshop. O último dia, 21, será dedicado ao uso de ferramentas e teorias com a finalidade de realização de um video mapping na fachada da Santa Casa de Misericórdia situada na rua 10 de julho, Centro, Manaus-AM. Para participar é desejado possuir noções de informática básica e efetuar as inscrições via formulário online. O valor do investimento custa 150 reais até o fechamento da turma. Bella Reis Formada em Artes Visuais. Reside em Belém/PA. Trabalhou como arte educadora de 2010 a 2013 e no mesmo período iniciou a realização de trabalhos no campo da fotografia. Desde de 2014 produz cenários para festas e eventos, em 2015 se lançou na Produção Cultural e Executiva e 2016 tem dedicado parte do seu tempo na elaboração de cenários para video mapping. Atualmente participa de projetos nas áreas de produção cultural, produção executiva, cenografia, fotografia, cinema e video mapping. Diogo Vianna Formado em Análise e Desenvolvimento de Sistemas. Possui cursos técnicos em Desenho pelo Liceu de Artes Esther Mello (Manaus), Direção de Fotografia pela Academia Internacional de Cinema (Rio de Janeiro) e Video Digital pela DRC Treinamentos (São Paulo). É fotógrafo e videomaker na Fundação Cultural do Pará e em paralelo desenvolve projetos relacionados a vídeo mapping nos circuitos de eventos. Realiza projetos audiovisuais com a técnica do video mapping na criação de cenários virtuais em peças teatrais, shows musicais, eventos comerciais e culturais,...

Leia Mais
Amanhã terá mais uma edição do Mercado de Pulgas do CQM
abr07

Amanhã terá mais uma edição do Mercado de Pulgas do CQM

O Clube dos Quadrinheiros de Manaus vão promover neste sábado, mais uma edição do Mercado de Pulgas, a partir das 9h no Centro de Convivência da Família Magdalena Arce Daou na Avenida Brasil, bairro Santo Antônio. Fica conhecido como Mercado de Pulgas, um ambiente de livre comércio de artigos usados em bom estado disponíveis para negociação. Serão 10 expositores com artigos de artesanato, quadrinhos, jogos e alimentação a preços populares. A entrada é gratuita, o local possui estacionamento, segurança e mesas para jogos. O CQM existe desde 1992, o grupo reúne profissionais e amantes dos desenhos e histórias em quadrinhos. O grupo também se reúne para debate e rodas de conversas sobre novidades do universo HQ.  ...

Leia Mais
Escola de Artes desenvolve programação alusiva aos 20 anos de fundação
abr06

Escola de Artes desenvolve programação alusiva aos 20 anos de fundação

Parintins - Uma semana de atividades realizadas com os 620 alunos. Assim é comemorado o aniversário de 20 anos de fundação da Escola de Artes Irmão Miguel de Pascalle, projeto social do Boi-Bumbá Caprichoso. O educandário completa duas décadas no próximo domingo, 09, mas desde segunda-feira, a data é comemorada com toda a comunidade envolvida. Apresentação da história da Escola, brincadeiras lúdicas e gincanas são realizadas desde o início da semana, quando foi retomada as atividades do projeto social. Hoje, 05, os alunos participam da confecção de faixas e cartazes que serão usados durante a caminhada pelas ruas de Parintins, datada para o sábado, 08. Hoje (06), o presidente Babá Tupinambá comandará a entrega de fardamentos e equipamentos novos, adquiridos através de parcerias, aos alunos e professores. Amanhã 07, todo o corpo docente e discente da Escola de Artes participam de um momento de lazer, no Clube de Campo Caprichoso. De acordo com a gestora, Marilin Cruz, no domingo, 09, dia do aniversário da Escola, a programação festiva será suspensa em decorrência do Domingo de Ramos. “Vamos adiar a comemoração para o próximo domingo e fazer uma grande festa durante a Tarde Alegre”, reforçou.   Texto: Kássia Muniz Fotos: Katiúscia...

Leia Mais
Rakel Caminha é destaque no Café Teatro com exposição “Tatuagem”
abr03

Rakel Caminha é destaque no Café Teatro com exposição “Tatuagem”

  No dia 6 de abril (quinta-feira) a partir das 16h acontece o lançamento da exposição "Tatuagem" no Les Artistes- Café Teatro localizado na Avenida Sete de Setembro, ao lado do Banco da Amazônia. A exposição conta com o apoio da Fundação Municipal de Cultura e Turismo de Manaus (Manauscult) e é uma produção da jornalista e produtora cultural Wanessa Leal em parceria Raa produções da artista Rakel Caminha. Tatuagem (2017) é um projeto da artista visual Rakel Caminha e surgiu primeiramente em forma de colagem. Os trabalhos produzidos através de recortes narram cenas de um diálogo poético entre o real e o surreal e o caos reunidos em uma estética semiótica livre e poética sobre arte, caos e existencialismo. "Tatuagem é a segunda mostra pública dos meus trabalhos, a primeira aconteceu em Curitiba. A ideia de expor esse material artístico em Manaus é entregar a população uma exposição que dialoga sobre temas relacionados ao humano, à existência, os sentimentos que nos cercam, transbordam e tatuam. "Tatuagem" é um grito poético visceral. Um grito de sentimentos; um olhar sobre o caos.", comenta Rakel Caminha. A concepção surgiu através de uma pesquisa sobre  Dadaísmo, surrealismo e outras escolas do Modernismo. Ancorada, principalmente, nesses movimentos artísticos. O objetivo da exposição é absorver símbolos, imagens e diálogos - encontrados em materiais como jornais e revistas que já entraram em desuso - para moldar um universo surreal, de outros significados estes, por sua vez, ora de urros poéticos, ora de urros estéticos, ora de urros políticos. Segundo Rakel, a pesquisa durou cerca de seis meses, bem como a coleta de material para o trabalho e as obras começaram a ser produzidas em outubro de 2016. De lá pra cá, foram quatro meses para que estivesse formulado o esqueleto principal e aí então entrar em processo de formatação e finalização no mês de março para ser apresentado ao público em formato de exposição no dia 06 de abril de 2017 no Les artistes- Café Teatro. "São simples imagens - que permeiam nossa retina e muitas vezes apenas passam por nós - transformadas em criação artística, propondo não só o ponto de vista da artista que cria, mas dando ao público espaço para livre reflexão e livre dedução de seus significados."explica Rakel e continua, explicando sobre o porquê do nome: O nome escolhido - "tatuagem" - é uma analogia feita a partir das imagens. São imagens fortes, poéticas, retiradas de propagandas, folhetos, artigos de revistas e jornais que rabiscam nosso imaginário e a nós mesmos.Cada obra  representa sentimentos existenciais e condições humanas que se traduzem em uma poesia intimista e visceral." A produtora Wanessa Leal...

Leia Mais