Aury Lenno: Banda Kohva
nov15

Aury Lenno: Banda Kohva

Ultimamente tem se falado bastante em Resistência e acabam esquecendo do que está na essência da palavra: Existência. Uma nova leitura sobre a colonização e os primeiros povos habitantes dessa terra é a proposta da banda parintinense Kohva. A Ilha Tupinambarana já é famosa por exportar artistas de diversas áreas e com as mais profundas inspirações. Desta vez, reuniu um quarteto inusitado num projeto de Thrash Metal Crossover Indígena. Quem conta melhor sobre esse foco na valorização étnica originária é o compositor e vocalista Aury Lenno. Além de Aury que também toca flauta, a banda é formada por Ademar Machado (bateria), Luciano Ribeiro (contrabaixo) e João Victor (guitarra). Com dois anos de formação, todos ajudam nas composições. A Kohva já tocou em Parintins, Maués, Nhamundá e Boa Vista dos Ramos. Iniciei o meu texto falando sobre a resistência, é bem a pegada de vocês não é? Vocês produziram o próprio material? Sim. Produzimos no Victor Edition o primeiro álbum: “Balas e Flechas”. Agora, estamos na terceira música do segundo, com muitos rascunhos de músicas e letras! Rifs etc! Somos 100% autoral. Vocês tem a causa indígena como principal tema de atuação. Vocês fazem parte de alguma tribo? Estamos geograficamente ligados aos povos Satere Maué, sabemos um pouco da história de resistência desse povo! Mas defendemos a cultura originária, seus valores, costumes como um todo! Cremos que a palavra não seria exatamente usar e sim, defender! Defendemos nosso chão, nosso meio, a cultura indígena. É a cultura que preza a preservação, pensamos que todos tem que aprender a cultura de preservar para garantir um futuro! E também falamos muito do contexto histórico que culminou o que somos, o processo de colonização, o estupro da matria originária pelo patriarcado europeu que a violou e roubou para apelidar depois de Brasil! Qual a real intenção de relacionar o som à causa indígena? Temos a intenção única de levar um alerta. Mostrar aos descendentes dos povos que temos que dar valor no que é nosso! Para não perdermos mais o que ainda resta! Kohva é um buraco para o que está morto, mas também para pôr uma semente para nascer uma nova vida! E a consciência de quem somos nós temos que manter viva! Esses são indígenas Karitianas do projeto chamado Sonora Brasil! Que valoriza as músicas indígenas e seus valores! Fomos nesse evento prestigiar a atitude deles e trocar ideias sobre o nosso som! Muita gente já conhece os talentos do boi-bumbá mas o que pouca gente conhece como funciona a cena rock e metal em Parintins? Rsrs! Cena aqui! A definição de cena seria algo como um movimento onde haveriam bandas...

Leia Mais
Festival Bar em Bar vai até dia 24
nov12

Festival Bar em Bar vai até dia 24

O Bar em Bar abriga o papo, o riso, o violão em festa, a contestação e a comemoração. No bar tudo se conversa. Milhões de brasileiros não abrem mão de estar ali, junto aos familiares e amigos. Uma instituição nacional que faz a alegria de todos. Promovido pela Abrasel, o festival Bar em Bar vem, desde 2007, promover e valorizar a gastronomia dos bares e botecos brasileiros, e, considerando que eles são a sala de estar dos brasileiros, o festival tem por essência a reunião de amigos e famílias em torno de uma boa refeição. O tema escolhido deste ano pela Abrasel foi, “Pra namorar, comemorar, saborear, encontrar e ser feliz. É pra todo mundo”, o evento acontece entre os dias 7 a 24 de novembro com o patrocínio da Souza Cruz e apoio do Sebrae e Prefeitura de Manaus por meio da Manauscult. O presidente da Abrasel no Amazonas, Fábio Cunha, afirma que esse projeto é de suma importância não só para a união entre a classe, mas também para o crescimento econômico da capital e sempre a divulgação da culinária amazônica para o mundo, de todos os setores (hamburgueria, restaurante, bares e associados em geral). “Nesta edição teremos concurso com votação de júri técnico, voto popular e premiação para clientes. Sempre apoiamos este tipo de projeto. Fazemos questão de estar presente com todos os participantes. A Abrasel apoia sempre o desenvolvimento coletivo do ramo, como um todo”, completa o presidente. Como funciona? Cada bar participante cria um petisco especialmente para o Bar em Bar, com a proposta de ser compartilhado por duas ou mais pessoas. As porções elaboradas devem estar no menu do estabelecimento durante todo o período do Festival, com preço promocional. Podem participar bares, botecos, pubs, foodtrucks, hamburguerias e outros estabelecimentos do setor que se adequem a característica de ofertar petiscos, entradas ou porções. Esta também é uma maneira de estimular a criatividade dos chefs, fomentando a elaboração de novas receitas, tornando o menu do bar cada vez mais atrativo. O Bar em Bar acontece no formato de circuito gastronômico, incentivando a ida do público às casas participantes. No ano passado, foram mais de 300 bares envolvidos nacionalmente, de 13 diferentes estados. Votação no Amazonas Votação de júri técnico Esta votação é realizada por um júri técnico (formadores de opinião), que de maneira oculta irão ao estabelecimento degustar o prato e dar notas em três requisitos: o atendimento, bebida gelada e o petisco. Serão três jurados para cada bar e ao final do concurso estas notas serão somadas e quem tiver a maior nota será o ganhador. O prêmio será uma passagem aérea para a...

Leia Mais
#Avante!! É até amanhã as inscrições pro Festival Bar em Bar 2019!!
out29

#Avante!! É até amanhã as inscrições pro Festival Bar em Bar 2019!!

Valorizando cada vez mais o caráter democrático do bar, Abrasel promove a 13ª edição do evento entre os dias 7 a 24 de novembro.     “Pra namorar, comemorar, saborear, encontrar e ser feliz. É pra todo mundo”, é este o tema escolhido pela Abrasel para a 13ª edição do Festival Bar em Bar, que em 2019, acontece entre os dias 7 a 24 de novembro com o patrocínio nacional da Ambev. “Destacamos o bar como um espaço democrático, onde celebramos as nossas melhores relações.”, diz o presidente do Conselho de Administração Nacional da entidade, Paulo Nonaka, sobre o tema da campanha. As inscrições serão feitas até amanhã e os estabelecimentos interessados em participar devem entrar em contato com a Abrasel em seu estado ou região. O atual presidente da Abrasel no Amazonas, Fábio Cunha, afirma que esse projeto é de suma importância não só para a união entre a classe mas também para o crescimento econômico da capital e a divulgação da culinária amazônica para o mundo, de todos os setores (hamburgueria, restaurantes, bares e associados em geral). “Nesta edição teremos concurso com votação de júri técnico, voto popular e premiação para clientes. Sempre apoiamos este tipo de projeto. Fazemos questão de estar presente com todos os participantes. A Abrasel apoia o desenvolvimento coletivo do ramo, como um todo”, completa o presidente. Como funciona? Cada bar participante cria um petisco especialmente para o Bar em Bar, com a proposta de ser compartilhado por duas ou mais pessoas. As porções elaboradas devem estar no menu do estabelecimento durante todo o período do Festival, com preço promocional. Podem participar bares, botecos, pubs, foodtrucks, hamburguerias e outros estabelecimentos do setor que se adequem a característica de ofertar petiscos. Esta também é uma maneira de estimular a criatividade dos chefs, fomentando a elaboração de novas receitas, tornando o menu do bar cada vez mais atrativo. O Bar em Bar acontece no formato de circuito gastronômico, incentivando a ida do público às casas participantes. No ano passado, foram mais de 300 bares envolvidos nacionalmente, de 13 diferentes estados. Em Manaus a inscrição para associados é de R$150,00 e para o público em geral é de R$250,00 pelos telefones 3642 8894 ou 98292 0021. Cada região dá um toque especial para o Festival. Em alguns estados, quem participa do Bar em Bar também tem a oportunidade de colocar o seu negócio em feiras gastronômicas que marcam a abertura do evento, como no Amapá e Alagoas. Em outros, como no Ceará, o evento funciona também como concurso, elegendo o melhor petisco dentre as casas participantes. Outras ações como o Trenzinho Bar em Bar (Goiás), em...

Leia Mais
Trupe leva oficina e espetáculo de teatro para Itacoatiara
out21

Trupe leva oficina e espetáculo de teatro para Itacoatiara

Através do edital de chamamento público 2019 , a Fundação André e Lucia Maggi (FALM) preparou uma programação especial para o seu Espaço Cultural Velha Serpa em Itacoatiara (AM). A Fundação André e Lucia Maggi (FALM) é a instituição responsável pela gestão do Investimento Social Privado da AMAGGI nas regiões estratégicas para a empresa. Sua atuação está voltada para o fortalecimento do protagonismo social de jovens e lideranças para o desenvolvimento local sustentável. São oficinas e apresentações gratuitas voltadas para toda a comunidade e a Espatódea Trupe foi selecionada entre propostas recebidas de todos os Estados da Amazônia Legal, e ficou responsável pela única atração de Teatro com a Oficina de Contação de Histórias nos dias 23 e 34 de Outubro às 18:30h e com o Espetáculo “Upiara e lenda da água doce” que acontecerá no dia 25 de Outubro às 15:30h. Oficina é direcionada aos profissionais de diversas áreas, interessados em perder a timidez, desenvolver a capacidade criativa de ordenar suas ideias, bem como, defender suas propostas, aulas, e/ou seus produtos. Este curso promove uma melhora significativa em sua comunicação, oralidade e crescimento profissional. O Teatro e suas práticas artísticas podem ser um diferencial no desenvolvimento da carreira do profissional, visto as possibilidades de reinventar-se/ reconhecer-se e não se manter na estagnação. Muitos profissionais estão acomodados em suas metodologias, indispostos a promoverem mudanças, insensíveis, e estas são consequências da inércia e da falta de um bom treinamento profissional. Muitas vezes a inibição distorce sua imagem. Uma pessoa tímida ás vezes pode ser confundida com alguém antipático/ introspectivo, o que não é necessariamente uma regra, mas existem muitas possibilidades de mudar esta realidade e expandir sua capacidade sociável. Upiara e a lenda da água doce é um espetáculo infantil, que enaltece a cultura popular do folclore brasileiro. Sua dramaturgia tem como intenção estimular as crianças ao hábito da leitura. Esta é a história de uma menina que num dia como outro qualquer, ganha de presente de sua mãe, um livro que conta do surgimento do rio Amazonas. Encantada com o que lê, a garotinha e seus amigos vêm-se transportados para dentro do enredo e lá acabam conhecendo personagens lendários dos contos e lendas da floresta, onde vivem aventuras que adoram contar. Embarcam para Itacoatiara no elenco: Guilherme Bindá, Kaylane Janes, Rayna Fortes Lucas Silvas e Emanuela Caldas, com a Direção e Produção de Emille Nóbrega e Árlisson Cruz. As atrações (espetáculos, oficina e contação de histórias) são voltadas para o fortalecimento do protagonismo, por meio de atividades lúdicas de construção coletiva, promovendo a criatividade, a expressão e o autoconhecimento. A participação é gratuita. A Espatódea Trupe Produções artísticas é...

Leia Mais
Jeferson Mariano é atração do SESC Canção da Mata
out15

Jeferson Mariano é atração do SESC Canção da Mata

O músico e compositor Jeferson Mariano sobe ao palco do Teatro Amazonas, nesta terça-feira, dia 15 de Outubro, a partir das 20h, pelo projeto SESC "Canção da Mata", para lançar duas faixas inéditas do seu novo EP "Sem filtro", que são, respectivamente, a canção que dá nome ao Ep "Sem Filtro" e "Caboquinha". Saiba um pouco sobre a história dessas duas canções. "Sem Filtro" - traz uma reflexão sobre ser verdadeiro, sobretudo consigo mesmo, sobre ser autêntico, sobre não se distanciar da nossa essência e dar o devido valor ao que somos, “sem máscara, de cara lavada” "Caboquinha:"- é uma homenagem, uma ode ao belo. Faz uma costura metafórica entre a beleza natural das mulheres da nossa terra e às belezas naturais da própria terra que já foi A “Paris dos Trópicos”,  mas que o compositor prefere chamar de “Lugar da Barra”. O cantor, em entrevista, conta que está ansioso para o show desta terça e que se sente muito grato ao SESC pela oportunidade de mostrar o seu trabalho, desta vez, em carreira solo, e no palco do  majestoso Teatro Amazonas: "Minha vida está um turbilhão de emoções, me sinto muito feliz, grato, ansioso, nervoso, confiante, enfim... à flor da pele! Tudo isso porque será minha primeira vez no palco do Teatro Amazonas como protagonista, frontman, todas as outras vezes estive acompanhando algum artista, mas agora não, eu estarei na linha de frente, e isso apesar de aumentar a minha responsabilidade, também me faz sentir uma alegria imensa..." Jeferson também comenta sobre a importância de participar de um projeto como o Canção da Mata e quais são as suas expectativas para a mostra e o show desta terça:  "Estou muito contente em participar do Canção da Mata, principalmente, porque essa minha apresentação de terça será o marco inicial de um novo ciclo na minha vida artística. Agradeço ao SESC pela oportunidade além de enaltecer e reafirmar a importância deste projeto para a manutenção e promoção da produção musical do nosso Estado." O SESC Canção da Mata tem por objetivo de  estimular a produção musical regional contemplando grupos, bandas e solistas, reforçando o compromisso com expressão cultural da região, promoção da música amazonense, além de projetar artistas locais, apresentações de músicas autorais, podendo ser canção, instrumental, erudito ou popular. Além da apresentação de terça feira, Jeferson também está trabalhando na produção de um show completo que será o  lançamento oficial do EP pela extensão do  projeto "Canção da Mata" que será realizado no dia 30/12 às 12h00 no Hall da Unidade do SESC que fica localizada na rua Henrique Martins, em frente a livraria Lira, no centro da cidade....

Leia Mais
FIGA 2019: Programação Completa.
set25

FIGA 2019: Programação Completa.

Abrasel realizará a Feira Internacional da Gastronomia Amazônica (FIGA) nos dias 26, 27 e 28 de setembro e trará as novidades para a gastronomia. A FIGA é um evento que realiza um intercâmbio entre chefs regionais, nacionais e internacionais e divulga a gastronomia amazônica para diversos países. Além da feira de exposição de produtos e serviços, terá a Semana Qualidade Abrasel, Mercado Amazônico e Arena Gastronômica com cozinhas-show e palestras-show com os chefs da cozinha regional, nacional e internacional. Maiores informações para participar das palestras, rodadas de negócios e aulas show e para compra de estandes é só acessar a página da Abrasel no Facebook ou ligar no telefone (92) 3642-8894 / 98292 0021. A 3ª edição da Feira Internacional da Gastronomia Amazônica (FIGA), promovida pela Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel no AM), acontecerá nos dias 26, 27 e 28 de setembro de 2019, das 14h às 21h, no Centro de Convenções do Amazonas - CCA, localizado na Av. Constantino Nery, esquina com Pedro Teixeira, 5001 – Flores. A FIGA destina-se aos empresários dos diversos segmentos de venda e prestação de serviços do mercado de restaurantes, chefs de cozinhas, estudantes de gastronomia, nutrição, administração e cursos afins, empreendedores interessados em entrar no ramo de alimentação fora do lar, produtores rurais (agricultura e pescado), amantes da gastronomia e público em geral, atraídos pela feira gastronômica. A expectativa é de 40.000 pessoas entre visitantes, expositores, participantes, organizadores, convidados e imprensa. O objetivo da FIGA é gerar conhecimento, fomento, resgate e preservação da gastronomia amazônica e apoiar iniciativas colaborativas a inserção do Amazonas na rota internacional da alta gastronomia. Os patrocinadores Governo do Estado do Amazonas, por meio da Empresa Estadual de Turismo (Amazonastur), Prefeitura de Manaus, por meio da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult) e Sebrae Amazonas, apresentam junto com a Abrasel a terceira edição da FIGA. A Abrasel no AM está com stands à venda para os proprietários e comerciantes da área. Mais informações podem ser obtidas nos números 3642-8894 ou 98292-0021. Com mais de 90 estandes entre feira de negócios e praça de alimentação, para visitação durante os três dias, a FIGA sediará mais cinco eventos paralelos: SEMANA QUALIDADE ABRASEL: a semana promoverá palestrantes abordando temas ligados aos bares, restaurantes e similares, tais como administração com ênfase em gestão, atendimento, vendas e questões trabalhistas, também temas como inovação, tecnologia, conexão e relacionamento, gerando networking e boas práticas. RODADA DE NEGÓCIOS: Promovendo o encontro entre donos de restaurantes e fornecedores nas mesas de negociações. O público alvo são os expositores e o público visitante, ambos farão a inscrição antecipada via plataforma específica definindo previamente dias...

Leia Mais