Hoje tem Bloco do Cauxi Eletrizado
fev24

Hoje tem Bloco do Cauxi Eletrizado

O bloco volta para pista da Assinpa com atrações como DJ Carol Amaral, Bateria da Reino Unido, Wanderley Andrade e Banda Oficial Bloco tradicional na cidade, o Cauxi Eletrizado será um dos destaques da Segundona de Carnaval (24/2), quando volta para a pista da Assinpa (Associação dos Servidores do Inpa – Rua da Lua, Morada do Sol, Aleixo), com atrações como Wanderley Andrade, DJ Carol Amaral e bateria da Reino Unido e a Banda Oficial, formada por músicos da Alaídenegão, Cabocrioulo e Os Tucumanus. Os ingressos estarão à venda na bilheteria por R$ 30. Com o tema Brega Tropical e decoração assinada por Adroaldo Pereira, o evento contará, na estrutura, com área de alimentação, Espaço Kids e a com o lançamento da Estação Cauxi. A festa terá ainda a apresentação do artista Ícaro Pimentas Regionais e Make Express com Rakel Caminha e Érika Guedes. “A Estação Cauxi é a novidade desta edição, um complexo que será o ponto de encontro da noite, preparado especialmente para o público produzir fotos para as redes sociais, retocar a make e descansar durante a festa”, afirma Davi Escobar, um dos fundadores do bloco, vocalista e guitarrista da Alaídenegão. “Cada detalhe foi pensando para proporcionar ao público a melhor experiência, essa conexão desde a primeira edição do bloco faz toda a diferença”. Um dos pontos altos da festa também é o tradicional concurso de fantasias, onde os foliões mais criativos concorrem a prêmios como baldes com cerveja e a melhor fantasia é escolhida pelo público. O vencedor ganhará três baldes com cerveja, o segundo lugar terá direito a dois baldes enquanto o terceiro colocado levará um balde como prêmio. Programação – A DJ Carol Amaral, que estreia no Cauxi Eletrizado, abrirá a festa, às 16h, e também comandará os intervalos entre as bandas, com um set composto de música brasileira. “Gosto muito do bloco, é sempre uma das minhas paradas obrigatórias no Carnaval de Manaus. Estou muito feliz com o convite porque sou fã dos músicos da Alaídenegão, Cabocrioulo e Os Tucumanus e do som que eles fazem, que é muito familiar”, comenta a DJ. “Prometo sets de muita música brasileira e mais surpresas”. Em seguida, será a vez da Bateria da Reino Unido, que, neste ano, está com o enredo “Turismo – O Amazonas de braços abertos para o mundo”, de Reginei Rodrigues, Zilkson Reis e Leonardo Fierro. No repertório da Furiosa, a partir das 18h estarão clássicos do samba amazonense. Às 20h, a Banda Oficial do Bloco assumirá o palco para uma apresentação em formato diferente, serão três horas e meia de frevos, marchinhas e trabalho autoral, que substituirá o show de...

Leia Mais
Festival Bar em Bar vai até dia 24
nov12

Festival Bar em Bar vai até dia 24

O Bar em Bar abriga o papo, o riso, o violão em festa, a contestação e a comemoração. No bar tudo se conversa. Milhões de brasileiros não abrem mão de estar ali, junto aos familiares e amigos. Uma instituição nacional que faz a alegria de todos. Promovido pela Abrasel, o festival Bar em Bar vem, desde 2007, promover e valorizar a gastronomia dos bares e botecos brasileiros, e, considerando que eles são a sala de estar dos brasileiros, o festival tem por essência a reunião de amigos e famílias em torno de uma boa refeição. O tema escolhido deste ano pela Abrasel foi, “Pra namorar, comemorar, saborear, encontrar e ser feliz. É pra todo mundo”, o evento acontece entre os dias 7 a 24 de novembro com o patrocínio da Souza Cruz e apoio do Sebrae e Prefeitura de Manaus por meio da Manauscult. O presidente da Abrasel no Amazonas, Fábio Cunha, afirma que esse projeto é de suma importância não só para a união entre a classe, mas também para o crescimento econômico da capital e sempre a divulgação da culinária amazônica para o mundo, de todos os setores (hamburgueria, restaurante, bares e associados em geral). “Nesta edição teremos concurso com votação de júri técnico, voto popular e premiação para clientes. Sempre apoiamos este tipo de projeto. Fazemos questão de estar presente com todos os participantes. A Abrasel apoia sempre o desenvolvimento coletivo do ramo, como um todo”, completa o presidente. Como funciona? Cada bar participante cria um petisco especialmente para o Bar em Bar, com a proposta de ser compartilhado por duas ou mais pessoas. As porções elaboradas devem estar no menu do estabelecimento durante todo o período do Festival, com preço promocional. Podem participar bares, botecos, pubs, foodtrucks, hamburguerias e outros estabelecimentos do setor que se adequem a característica de ofertar petiscos, entradas ou porções. Esta também é uma maneira de estimular a criatividade dos chefs, fomentando a elaboração de novas receitas, tornando o menu do bar cada vez mais atrativo. O Bar em Bar acontece no formato de circuito gastronômico, incentivando a ida do público às casas participantes. No ano passado, foram mais de 300 bares envolvidos nacionalmente, de 13 diferentes estados. Votação no Amazonas Votação de júri técnico Esta votação é realizada por um júri técnico (formadores de opinião), que de maneira oculta irão ao estabelecimento degustar o prato e dar notas em três requisitos: o atendimento, bebida gelada e o petisco. Serão três jurados para cada bar e ao final do concurso estas notas serão somadas e quem tiver a maior nota será o ganhador. O prêmio será uma passagem aérea para a...

Leia Mais
#Avante!! É até amanhã as inscrições pro Festival Bar em Bar 2019!!
out29

#Avante!! É até amanhã as inscrições pro Festival Bar em Bar 2019!!

Valorizando cada vez mais o caráter democrático do bar, Abrasel promove a 13ª edição do evento entre os dias 7 a 24 de novembro.     “Pra namorar, comemorar, saborear, encontrar e ser feliz. É pra todo mundo”, é este o tema escolhido pela Abrasel para a 13ª edição do Festival Bar em Bar, que em 2019, acontece entre os dias 7 a 24 de novembro com o patrocínio nacional da Ambev. “Destacamos o bar como um espaço democrático, onde celebramos as nossas melhores relações.”, diz o presidente do Conselho de Administração Nacional da entidade, Paulo Nonaka, sobre o tema da campanha. As inscrições serão feitas até amanhã e os estabelecimentos interessados em participar devem entrar em contato com a Abrasel em seu estado ou região. O atual presidente da Abrasel no Amazonas, Fábio Cunha, afirma que esse projeto é de suma importância não só para a união entre a classe mas também para o crescimento econômico da capital e a divulgação da culinária amazônica para o mundo, de todos os setores (hamburgueria, restaurantes, bares e associados em geral). “Nesta edição teremos concurso com votação de júri técnico, voto popular e premiação para clientes. Sempre apoiamos este tipo de projeto. Fazemos questão de estar presente com todos os participantes. A Abrasel apoia o desenvolvimento coletivo do ramo, como um todo”, completa o presidente. Como funciona? Cada bar participante cria um petisco especialmente para o Bar em Bar, com a proposta de ser compartilhado por duas ou mais pessoas. As porções elaboradas devem estar no menu do estabelecimento durante todo o período do Festival, com preço promocional. Podem participar bares, botecos, pubs, foodtrucks, hamburguerias e outros estabelecimentos do setor que se adequem a característica de ofertar petiscos. Esta também é uma maneira de estimular a criatividade dos chefs, fomentando a elaboração de novas receitas, tornando o menu do bar cada vez mais atrativo. O Bar em Bar acontece no formato de circuito gastronômico, incentivando a ida do público às casas participantes. No ano passado, foram mais de 300 bares envolvidos nacionalmente, de 13 diferentes estados. Em Manaus a inscrição para associados é de R$150,00 e para o público em geral é de R$250,00 pelos telefones 3642 8894 ou 98292 0021. Cada região dá um toque especial para o Festival. Em alguns estados, quem participa do Bar em Bar também tem a oportunidade de colocar o seu negócio em feiras gastronômicas que marcam a abertura do evento, como no Amapá e Alagoas. Em outros, como no Ceará, o evento funciona também como concurso, elegendo o melhor petisco dentre as casas participantes. Outras ações como o Trenzinho Bar em Bar (Goiás), em...

Leia Mais
9º Festival TomaRRock começa hoje no Parque Anauá
abr20

9º Festival TomaRRock começa hoje no Parque Anauá

O Festival Tomarrock é o maior festival de artes integradas de Roraima. Realizado pelo Coletivo Canoa Cultural desde 2008, o festival chega este ano a sua 9ª edição, e apresenta ao público o que há de melhor na música independente roraimense, proporcionando a valorização e o reconhecimento dos artistas do extremo norte do país. Além dos shows locais, o Festival Tomarrock apresenta pela primeira vez os shows das bandas nacionais Dead Fish (ES), Plutão Já Foi Planeta (RN), Selvagens a Procura de Lei (CE), Fetuttines (RN), Molho Negro (PA) e Camarones Orquestra Guitarrística (RN). A ideia é proporcionar, ainda, um diálogo entre os diversos campos da cultura, envolvendo o audiovisual, o teatro e a culinária, sem abrir mão da sustentabilidade. A entrada é gratuita. A 9ª edição do Festival Tomarrock, em 2017, será apresentada pela Empresa Oi, por meio da Lei de Incentivo à Cultura, do Governo do Estado de Roraima. A Lei de Incentivo é uma forma de estimular o apoio da iniciativa privada e levar cultura à sociedade através de seus agentes e produtores culturais, estimulando o comércio local e possibilitando o acesso da população ao entretenimento e cultura de forma gratuita. O festival contará com o apoio cultural da Oi Futuro, Schin, Rec Distribuidora, Shop Som, Lei de Incentivo a Cultura, SECULT-RR, Governo do Estado, Akurima Pro Videography e Perin. Este ano, o Tomarrock acontece nos dias 20, 21 e 22 de abril, no Parque Anauá. A programação terá início às 17h e, além dos shows musicais o festival contará com um lounge, espaço kids e com um festival de hambúrguer artesanal, estimulando o comércio local e as empresas Gordhito’s, Picanha Burgers, Paju Burger e Chef Jorge. Dia 20: Festival de Hambúrguer, Área Kids, Exposição de Artes, Mostra Audiovisual e show com o grupo de Rap ‘FM7’. Dia 21: Festival de Hambúrguer, Área Kids, Exposição de Artes, Teatro e shows com as bandas Antigo Sofá, Trupe de Marte, Molho Negro (PA), Bolívar Blues, Marambaya, Camarones Orquestra Guitarristica (RN) e Dead Fish (ES). Dia 22: Festival de Hambúrguer, Área Kids, Exposição de Artes e shows com as bandas De um, Red Roof, Fetuttines (RN), Dr Yoko, Johnny Manero, Plutão Já Foi Planeta (RN) e Selvagens a Procura de Lei (CE) PROGRAMAÇÃO COMPLETA: 21/04 17h – Banda Antigo Sofá 18h – Banda Trupe de Marte 19h – Banda Molho Negro (PA) 20h – Banda Bolívar Blues 21h – Banda Marambaya 22h – Banda Camarones Orquestra Guitarrística (RN) 23h – Banda Dead Fish (ES) 22/04 18h – Banda De Um 19h – Banda Red Roof 20h – Banda Fetuttines (RN) 21h – Banda Dr Yoko 22h – Banda Johnny...

Leia Mais
Kikão, símbolo da geração de 70
out23

Kikão, símbolo da geração de 70

Quem foi jovem na Manaus da década de 70 lembra-se do maior ponto de encontro da época, o Kikão. Um trailer localizado na praça São Sebastião, que servia um cachorro- quente delicioso, preparado pelo casal de gaúchos Cândida e Alceu. Era o point da moçada. Jovens rapazes de cabelos longos e mocinhas irreverentes. Época da ditadura militar. O lema deles era “é proibido proibir”, em uma sociedade onde quase tudo ainda era proibido. Os mais novos e os mais velhos não deixavam de participar e, principalmente, saborear. Discretamente, dentro do carro, aglomeravam-se para disputar o que era um dos ótimos programas para se fazer na Manaus de antigamente. Dona Cândida, simpática, bonita, cabelos negros e longos, sempre presente no Caixa, administrava tudo. Trabalhava madrugada adentro com determinação e coragem, em parceria com o marido Alceu. Trabalharam duro, mas valeu a pena! Conseguiram recompensa financeira e profissional. Lançaram moda. E, como o que é bom merece ser copiado, os trailers de Kikão invadiram a cidade. Pequenos comerciantes – como se chamava na época – agora seriam empresários – abriram negócios idênticos, com outros nomes. Lembro que havia o Oitentão – com o número 80, bem grande, na placa. Esse era de vanguarda, uma vez que ainda estávamos no final da década de 70. O mais engraçado era o Ratão – ai, que nojo! – e muitos outros. Os trailers, hoje, já não são comuns, mas não é raro encontrar uma daquelas pequenas vans vendendo hot dog, que o amazonense ainda insiste em chamar de Kikão. Essa é uma marca, um vocábulo incorporado ao linguajar baré. Tão importante na nossa cultura, que está inserido no Dicionário de Amazonês, do professor Sérgio Freire. Amazonês E como “Ninguém morre enquanto permanece vivo no coração de alguém”, Dona Cândida Dorneles Neves, que partiu dia 6 de outubro de 2011, permanecerá viva em nossas memórias. Viva, como símbolo de um tempo, de uma geração, de um estilo de vida, e do Kikão mais gostoso que o amazonense já...

Leia Mais
Chef Urbano 2.0 traz novidades da gastronomia
mar15

Chef Urbano 2.0 traz novidades da gastronomia

Consolidado como a maior Feira Gastronômica do norte do país, o Chef Urbano chega a segunda edição com várias novidades gastronômicas de encher os olhos e o paladar, com criações de novos talentos da gastronomia local. Os valores dos pratos vão variar entre R$ 5,00 e R$ 25,00, como foi na última edição. O evento é no próximo fim de semana, nos dias 18 e 19, sexta e sábado, respectivamente, das 17h às 23h e nos domingo, 20, das 17h às 22h, no estacionamento da Universidade ‘Nilton Lins’, no Parque das Laranjeiras. PARTICIPANTES Desta vez a organização reúne 40 participantes, dos quais 28 barracas, seis food trucks e seis food bikes. O Chef Urbano 2.0 tem como apoiadora principal a Associação de Bares, Restaurantes e Similares (ABRASEL-AM). A Feira também é parceira do Grupo e Apoio à Criança com Câncer (GACC). Durante o evento, uma barraca vai estar vendendo copos PUMP, evento da cena eletrônica local, com renda revertida para a instituição. Uma porcentagem do lucro de algumas barracas também tem como destino o GACC. “A gente sempre quer ir além do evento que também é vitrine para novos talentos. Nós queremos deixar um legado com parcerias que possam apoiar entidades que precisam de nosso apoio”, comentou um dos organizadores da feira, o empresário Bernard Teixeira. CONVIDADOS ESPECIAIS A primeira edição do evento trouxe para Manaus, como padrinhos do Chef Urbano, o renomado Chef Erick Jacquin e o Chef Emanuel Bassoliel, que foram jurados oficiais do Festival que ocorreu dentro do evento. Agora, está chegando para participar da feira, o grupo Noiz Moscada, formado pelos ex-participantes do MasterChef Brasil, Gustavo, Aritana, Raul e Fernando. Durante o Chef Urbano 2.0, eles vão fazer apresentações ‘ao vivo’, criando pratos para o público presente.   PALCO ROCK’N’ROLL O Palco Rock’n’roll, assinado pelo ‘Porão do Alemão’, a maior casa de Rock do norte do país, volta a trazer bandas que foram descobertas pelo Porão e que hoje estão consolidadas no mercado local. Entre elas estão Rockaholics e Shellter, no dia 18, Fullgás e Lótus, no dia 19 e fechando o Chef Urbano, no dia 20, as bandas Rhavox e MB4. OS MELHORES Durante o evento, especialistas vão eleger os melhores pratos doces e salgados que serão apresentados no palco. A organização estima que devem passar pela feira, nos três dias, cerca de 40 mil pessoas. A entrada é...

Leia Mais