MACONHA: O que você tem curiosidade de saber mas nunca teve coragem de perguntar
abr20

MACONHA: O que você tem curiosidade de saber mas nunca teve coragem de perguntar

Quem tem seda? On Jack Tall Back? Negativo. Em homenagem ao 20/4, aí vai um questionário de perguntas frequentes que os usuários da erva sempre precisam responder (nem sempre com tanta franqueza). Longe de mim fazer algum tipo de apologia ao uso, mas de fato, é que 20 de Abril de 2018, esse assunto precisa ser melhor difundido e quem sabe debatido nas rodas de conversas por aí! Porque consumir maconha? Acredito que esta seja a pergunta mais subjetiva do questionário, ela abre a série de perguntas justamente para evitar a polêmica que foi tão massificada de que a erva era a porta de entrada para outras drogas. Quando na verdade deveria ser uma escolha voluntária como beber refrigerante ou comer carne vermelha. O uso medicinal ou recreativo ainda divergem nas opções de consumo, é por isso que o Estado não deveria interferir nisso. O estimado livre-arbítrio deveria ser fator principal de decisão. Meu corpo, minhas regras. A opção de fumar se tornou mais popular, fazendo com que pessoas que odeiam cigarros, charutos ou tabaco em geral, abrir mão e fazer o uso assim mesmo. Qual o principal efeito?   Maconha é o nome popular de uma planta chamada Cannabis, dentro de tantas variações algumas delas possuem ações diferentes no corpo. Além do formato, ‘Sativa’ ou ‘Indica’ cada uma tem uma concentração especial, por exemplo: a sativa otimiza do humor e desperta uma vontade de encarar a vida com mais tranquilidade. Expressão de sentimentos e até potencializa alguns. Como num dia triste, em que pode sim dar uma experiência mais reflexiva. Já a Indica tem o poder mais relaxativo, (In couch / no sofá), praticamente um presente pro corpo após uma longa jornada de trabalho e até meio analgésico. Quanto tempo fica no corpo? Consumir o THC (TetraHidro Canabinol - principio ativo que dá o barato) pode variar para chegar ou ir embora. Seguindo os padrões tradicionais como fumar um baseado, o efeito dura em média duas horas, tem gente que consegue sentir até 8 horas depois do consumo. Se for fazer um exame toxicológico pode ficar alguns dias. Em caso de ingestão na comida, pode ser até mais rápido.  Capsulas, chás, óleos, foram desenvolvidos para uso medicinal em tratamento de doenças como mal de Parkinson, Alzheimer, anorexia, glaucoma e outras que comprometem o sistema psicomotor no corpo.  Qual o risco de dependência? Moderado. A predisposição em dependência química pode incentivar o cidadão a querer consumir muito, mas geralmente, a dependência é física. Você gosta, você usa. Conheço pessoas que por opção abriram mão por meses e até anos sem nenhum dano físico. A máxima que dizem “paro quando quiser”...

Leia Mais
Expo Gaúcho’s Eventos será no próximo dia 19
mar15

Expo Gaúcho’s Eventos será no próximo dia 19

Histórias inspiradoras que almejam o sucesso, imagine só o desafio de um casal da região Sul do Brasil  que decidiu proporcionar à Manaus a experiência de saborear uma verdadeira identidade cultural gaúcha, o churrasco. Logo a tradição do outro lado do País ganhou o paladar e os corações dos manauaras. Além do tempero, a tradição também se fez presente na excelência em atender. Quem já teve o prazer de prestigiar sabe do que estou falando! O resultado dessa receita de sucesso, saída das mãos da nutricionista Cláudia Medeiros e seu marido Paulo Ricardo, é um público fiel que enche os lugares à mesa da Gaúcho’s Churrascaria, diariamente, há 23 anos. Agora, a Família Gaúcho’s quer superar a fama de ser o endereço das melhores refeições para ser também o lugar dos momentos mais inesquecíveis vividos por seus clientes. Por isso, no dia 19 de março (segunda-feira), Manaus irá conhecer o novo salão de eventos da cidade que será apresentado na Expo Gaúchos Eventos. A exposição terá renomadas empresas e profissionais de diferentes segmentos de celebrações. Zila e Cláudia Bolos, Coração das Noivas, Las Chicas Festeiras e Flora Tropical são alguns dos nomes confirmados na exposição. Estima-se uma forte presença dos cerimonialistas e assessores de eventos, afinal os profissionais do ramo estão curiosos para conhecer a novidade. Entretanto, a Expo Gaúchos Eventos é aberta ao público e a equipe da Gaúcho’s ressalta que essa é a oportunidade perfeita para dispor de todos os detalhes da sua cerimônia em um só lugar, seja ele uma festa ou mesmo um evento empresarial. A dica anterior, vinda dos bastidores da exposição, ganha ainda mais força quando anunciado que os visitantes estarão concorrendo aos serviços e produtos que serão sorteados cedidos por cada um dos expositores. E para dar um especial toque ao clima de comemoração, será servido um welcome drinks (coquetel) aos presentes. A Expo Gaúchos Eventos será na segunda-feira, 19 de março, e ficará aberta às visitas das 16h às 21h, na Gaúcho’s Eventos, situada na Rua Terezina, n° 568, no Adrianópolis (ao lado da Gaúcho’s Churrascaria). Por fim meu nobre leitor (a), atualize seu business card, vulgo cartão de visita e vá em busca de novos parceiros e ótimas oportunidades!...

Leia Mais
Que tal um passeio turístico e gastronômico pela Amazônia?
mar09

Que tal um passeio turístico e gastronômico pela Amazônia?

O Projeto tem a parceria filantrópica entre o chefe Dedé Parente e o restaurante comunitário Sumimi, na comunidade de Cuieiras no Rio Negro, para aproximar a iniciativa popular regional e local, a cultura gastronômica milenar indígena, os costumes comunitários, com o profissionalismo de uma grande rede de restaurantes que já avançou pelo restante do País levando a gastronomia do Norte. Localizado no Rio Negro, as margens da Boca do Rio Cuieiras, na Comunidade Três Unidos (aldeia Kambeba), o restaurante Sumimi vem se destacando pela sua gastronomia indígena sob o comandoda Chef Miskui Kuira com apoio filantrópico do Chef Dedé Parente, do Grupo Dedé.O evento começa domingo, dia 11 de março e será realizado no segundo domingo de cada mês com a capacidade máxima para quarenta pessoas, este é um passeio que terá translado, brunch, recepção, arquearia, trilha, shopping da selva, lazer na praia, redário e um almoço especial feito pelas chefs da tribo kambeba com a companhia do renomado chefe Dedé Parente. O Restaurante Sumimi é uma iniciativa de um grupo de 10 mulheres indígenas da Comunidade de Cuieiras, que de forma comunitária construíram e mantém um restaurante local que visa atender os viajantes, turistas e aos que circula pelas águas do Rio Negro, a proposta é atual, alinhada com objetivos globais de distribuição de renda e melhoria da vida social, inclusão da mulher no ambiente de negócio, além de ecologicamente também alinhada com princípios globais, quando de forma bastante consciente se destacam pelo cuidado com os resíduos, a higiene e organização ambiental do negócio. De acordo com a Chef Miskui a parceria está dando muito certo, pois elas puderam fundir a própria culinária indígena com a culinária do Dedé, amazônica, e assim surgiu o prato Fani, que foi apresentado na Figa 2017 se tornando um grande sucesso desta mistura de culinárias, afirma. O Grupo Dedé vem através desse projeto dando suporte filantrópicoao restaurante, com a finalidade de transferir tecnologia, conhecimentos e práticas de empreendedorismo, legislação, técnicas de gastronomia e claro recebe a troca de conhecimentos e técnicas utilizadas há séculos pela cultura indígena na culinária, além do imenso retorno social que é para o Grupo apoiar uma iniciativa de tanto estímulo para metas globais tão almejadas pela sociedade na atualidade. A saída será as 8hs de Manaus pela Marina do Davi, Ponta Negra e o retorno será as 16 hs. O passaporte esta sendo vendido no valor de R$ 150,00, pelo fone: 99214-2382 – Cleverton e serão vendidos somente 40 passaportes no passeio ao restaurante Sumimi. ROTEIRO DO ALMOÇO – 11.03.18 08:00 Saída da Marina do Davi 09:30 Recepção: Brunch na chegada 10:30 Arqueiro (arquearia) Trilha curta Shopping...

Leia Mais
Almoço balada: Pacovan mistura música e culinária vegana
dez21

Almoço balada: Pacovan mistura música e culinária vegana

Vocês sabem como o negócio funciona aqui. A gente não sabe brincar. Resolvemos misturar dessa vez gastronomia vegana amazônica e sonoridades. Sabe onde isso vai parar? Num sábado delicioso com almoço, piscina liberada, diversão e encontros no dia 23 de dezembro, lá no Vila Vagalume. Para quem gosta badalar, não esqueça o protetor solar e a roupa de banho. Porque afinal de contas, a gente merece um mergulho num calor desse. Ingressos na bilheteria, naquele velho esquema: chegou, adquiriu ingresso a $10, entrou na festa, que vai até das 22h com Halley Santiago, Luana Aleixo, Uýra Sodoma, Naty Veiga e Pedro Cacheado. E para brindar esse retorno da Pacovan, a gente preparou uma diversão completa. Chegue cedo a partir das 11h e venha almoçar conosco. Cardápio vegano amazônico especial com Feijoada Vegana, Pacovan à Casaca, Vatapá Vegano, Rocambole de Batata com Tomate e Manjericão, Arroz 7 grãos com Brócolis, Farofa com Castanha, Tucupi com jambú, Salada com folhas com frutas brasileiras e molho de mostarda, Salada de legumes grelhados e para finalizar sobremesas Taperebá caramelizado, Creme de tapioca com doce de cupuaçu. Os cozinheiros serão Felipe Fernandes e Paulo Trindade. Atendimento será self-service no valor de $25 por pessoa com ingressos incluso. Aproveite e faça reserva pelo whastapp (92) 99407-5149. Começou a contagem regressiva. SERVIÇO Pacovan: Gastronomia vegana amazônica + música 23 de dezembro de 2017 11h às 22h Villa Vagalume 80 Av. Fernão Dias Paes, 80. Dom Pedro Ingresso - Balada $10,00 (11h às 22h) Ingresso - Almoço + Balada por pessoa $25,00 (11h às 15h) Reservas: (92)...

Leia Mais
Quem muito aprende, muito ensina! 
set11

Quem muito aprende, muito ensina! 

Quem muito aprende, muito ensina! Transmitir conhecimento é uma das virtudes de poucos. E essa é a prioridade de um professor que abre mão das facas e do título de Chef para iniciar novos e promissores interessados na gastronomia. Bruno Raphael é natural de Recife-Pernambuco e está em Manaus com uma nova proposta na culinária brasileira, a cozinha de raiz. Responsável pelo bar e restaurante Taberna 88, que fica no Conjunto Morada do Sol, Zona Centro-sul de Manaus, é professor dos cursos de Gastronomia nas faculdades Fametro e Maurício de Nassau, e ainda abre mão da sua rotina com algumas horas da semana como merendeiro de uma escola pública na Zona Leste da capital amazonense. Disseminando o conhecido que sirva para todas as classes sociais, ele acredita que seus ensinamentos possam ser transmitidos de uma forma livre e respaldada pelo ofício da docência. "A riqueza brasileira precisa ser valorizada e exaltada com simplicidade, sem perder a nobreza", explicou. Bruno faz a linha super sincero, é daquele que opta por mostrar a realidade necessária ao aluno, sem perder o foco nos sonhos que uma universidade pode despertar.  "Acredito que o aluno que é capaz de atuar em sua profissão com noções da realidade, ajudará na propagação da nova escola, onde reina a capacidade e a responsabilidade, além da valorização da riqueza de sua região", explicou. Temas como a promoção da saúde e educação alimentar, diferentes métodos de conservação e aproveitamento integral dos alimentos são assuntos que Bruno aborda em suas aulas, como aprendizado a ser aplicado aos alunos. Em seu estabelecimento, ele procura empregar o que ele ensina: a importância do resgate da culinária de raiz. O Taberna 88 é um restaurante de comida brasileira com uma pegada nordestina, onde ele procura reunir entre pratos executivos e petiscos, a riqueza do Norte e Nordeste. O espaço também é aberto para eventos particulares, cursos básicos de gastronomia e happy hour com uma boa música ao...

Leia Mais
Cultura amazônica do palco ao prato com Arraial Chefs!
jul04

Cultura amazônica do palco ao prato com Arraial Chefs!

Os eventos gastronômicos vieram como um furação para completar a programação do manauara que faz questão de comer bem e me sinto na obrigação de compartilhar informações nessa magnitude. Neste final de semana, de 07 a 09 de Julho, o estacionamento do Shopping Ponta Negra será palco do Arraial dos Chefs. Com a participação de vários restaurantes com receitas especiais para este clima de arraial, a partir das 17h, com shows musicais às 20h. No palco, a trilha sonora é com a realeza: Sexta-feira tem o Nunes Filho, também conhecido como Príncipe do Brega, no sábado é a vez do Rei do Carimbó: Pinduca (sério) e no domingão quem encerra é a cantora da Guiana Francesa Lia Sophia. No prato, quem comanda o paladar são os chefs Dedé Parente (Cachaçaria do Dedé), Xande Loureiro (Sun Fusion Food), Tetsuo Takeno, Fabíola Borges (As Clarissas), Marcus Pompeu, Alexandre Binard, Marcello Hagge (Lo​​ ​de Maria), Rodrigo Tsutsui, Martina Caminha, Menga Rola (Buona Massa), Milton Rola (Estória​​ ​de Pescador), Paulo Furtado (Fish Maria), Selma Reis (Zefinha Bistrô), Cinthia Soares (Pamonharia Goiânia), Lídia Mota (Mercearia do Chocolate) e Érika Rodrigues (Miss Doçura). Tá bom,...

Leia Mais