Arraial do Cauxi traz Chico César de volta à Manaus
jun21

Arraial do Cauxi traz Chico César de volta à Manaus

O Arraial do Cauxi está de volta e com novidades! A edição 2022 tem no line-up o cantor e compositor Chico César no próximo dia 02 de Julho, a partir das 19h no Assinpa – Clube do Inpa (Avenida da Lua, s/n Aleixo). Na abertura da festa e intervalos DJ Carol Amaral arrasta todo mundo pra pista pra dançar e exaltar a nossa brasilidade. A programação do Arraial do Cauxi segue com as bandas Alaidenegão, Casa de Caba e Antônio Bahia. Haja fôlego! A banda anfitriã Alaidenegão também sobe ao palco com lançamento do novo single intitulado Caminhar com gravação, produção independente, mixagem de Rafaela Prestes e masterização no Estúdio El Rocha. De acordo com Rafael Ângelo, guitarrista e produtor da Alaidenegão, a música simboliza a situação atual enfrentada pela banda. “Desde o início desse ano, tivemos mudanças que foram tão marcantes e significativas que nos fizeram pensar em parar as atividades mas a gente continua fazendo música e quer seguir com nosso trabalho”, acrescenta. Com a mesma sede de retorno, a Cauxi Produções articulou a apresentação em Manaus do espetáculo solo do paraibano Chico César. “Trazer o Chico (César) pro nosso Arraial é um sonho realizado. O público manauara merece assistir apresentações de artistas que representam legitimamente a nossa cultura e resistência artística”, defende Ângelo. Assim como todo Arraial que a gente gosta, a festa terá uma área de alimentação para comidas típicas e espaços instagramáveis pra deixar todos os convidados bem na foto. Os ingressos estão no primeiro lote, disponíveis na plataforma Sympla no valor de R$50. Na bilheteria do Arraial do Cauxi os ingressos estarão à venda a R$80 com a possibilidade de pagamento via cartão ou a vista. Chico César Nascido no município de Catolé do Rocha, interior da Paraíba, aos 16 anos foi para João Pessoa, onde estudou jornalismo. Aos 21 mudou-se para São Paulo, onde trabalhou como jornalista e revisor de textos. Lá, aperfeiçoou suas habilidades ao violão, multiplicou as composições e formou seu público. Atualmente, sua carreira artística tem repercussão internacional graças a canções dotadas de alto poder de encanto linguístico. Seu primeiro álbum foi lançado em 1995 e o mais recente, Estado de Poesia, saiu em 2015. Ao todo, o artista lançou oito álbuns. Em 2019, se encontra com Geraldo Azevedo e idealiza a turnê Violivoz, que foi adiada por conta da pandemia de Covid-19 e retomada em outubro de 2021. Ainda durante a pandemia, Juliette Freire, participante do programa Big Brother Brasil, da TV Globo, cantou a música “Deus Me Proteja”, do disco Francisco, forró y frevo, de 2008, na edição 2021 do programa, o que causou um aumento expressivo...

Leia Mais
Sábado tem Cabaré da Stone
jun01

Sábado tem Cabaré da Stone

O tão aguardado retorno da The Stone Ramos, a banda de brega mais incrível do Brasil guarda surpresas incríveis, nessa gravação de seu DVD! O Cabaret da Stone apresenta um show memorável com os clássicos do brega e as músicas da Stone em nova roupagem. Localizado num dos espaços mais exclusivos de Manaus, o Armazém XV, situado a beira do Rio Negro, no Porto de Manaus, o Cabaré contará com decoração temática, áreas instagramáveis, gastronomia,  drinks especiais e muita música boa! No line up, Dj Layla Abreu, Marcianas e muito mais! O Cabaret da Stone: do Brega ao Chic, promete ser uma experiência memorável!...

Leia Mais
Pajelança Cabocla: documentário sobre medicina tradicional tem estreia em novembro
nov01

Pajelança Cabocla: documentário sobre medicina tradicional tem estreia em novembro

O documentário Pajelança Cabocla refere-se ao conjunto de saberes populares da Amazônia que são passados de geração em geração e abordará parte dessa Pajelança, agricultores locais das comunidades que utilizam da medicina tradicional como remédios alternativos.“Por motivos pandêmicos (COVID-19) não foi possível ouvir os anciãos da comunidade, mas, depoimentos de agricultores locais que utilizam de plantas amazônicas como remédios alternativos enriqueceram da mesma forma na construção cultural amazonense”, comenta a produtora Isabelly Maria. A ideia do curta-metragem veio do contato dos idealizadores do roteiro, Dr. Ronaldo Silva e Vanessa Cidrônio, com comunidades tradicionais durante pesquisas etnobotânicas, onde foi observado a forte ligação desses povos com as tradições indígenas/caboclas de cura e prevenção de doenças em contraponto com a Medicina Tradicional Chinesa. A produção é realizada pela estreante Picote Produções que trás um olhar lento e contemplativo, sob direção e fotografia de André Cunha, montagem e som Lucas Carvalho. O filme tem data de estreia no dia 05 de novembro sendo exibido de maneira remota pelo canal da produtora. Pajelança Cabocla é um projeto contemplado pelo edital Cultura Criativa / Lei Aldir Blanc – Prêmio Encontro das Artes,2020. Ficha Técnica Direção e Fotografia – André Cunha Montagem e som – Lucas Carvalho Produção – Isabelly Maria Pesquisa – Vanessa Cidrônio Roteiro – Dr Ronaldo Silva Arqueóloga – Suzanne...

Leia Mais
Voto popular vai eleger receita vencedora da Prova da Farinha Ribeirinha
set18

Voto popular vai eleger receita vencedora da Prova da Farinha Ribeirinha

A Ribeirinha, farinha de Mandioca do Uarini. Na última quarta-feira (15) teve início, no site da Fundação Amazônia Sustentável (FAS), a fase de votação popular da “Prova da Farinha Ribeirinha”, competição gastronômica e digital que escolherá o melhor e mais criativo prato feito com farinha da Amazônia. A votação popular segue até 22 de setembro e no dia seguinte, 23, será realizado o anúncio dos vencedores. A disputa premiará os três melhores colocados com R$ 1,5 mil, R$ 1 mil e R$ 500, respectivamente. A Prova da Farinha é uma iniciativa da FAS, em parceria com o Ministério Público Federal (MPF) e a Associação dos Moradores e Usuários da Reserva Mamirauá Antônio Martins (Amurmam). O objetivo da competição gastronômica é incentivar a produção da farinha da Amazônia, do tipo ovinha e mais conhecida como farinha do Uarini, apoiando produtores e agregando valor ao produto. A competição acontece de forma totalmente online e está na fase final. Foram mais de 40 receitas inscritas, enviadas de todo o país. Na fase anterior, os chefes de cozinha e jurados da prova selecionaram as dez melhores e mais criativas receitas, sendo oito delas de pessoas de Manaus, uma do Pará e uma de São Vicente, no litoral sul paulista. Porém, desses 10, dois foram desclassificados por omitirem na inscrição que tinham formação em gastronomia. Uma das regras da competição é o competidor não ter formação profissional na área. Os selecionados, então, gravaram um vídeo preparando seu prato com a farinha. Os vídeos estão disponíveis no site da FAS para consulta através do link fas-amazonia.org/farinha-ribeirinha e votação popular por meio do formulário: forms.gle/huohciMxsiJk4yeP6. As receitas que podem ser votadas são: “Bolo Uarini”, de Carla Cristina Ferreira Zeni e escolhida pela chef Debora Shornik, responsável pelos restaurantes Caxiri e Biatuwi Casa de Quinhapira; “Rocambole de Pirarucu recheado com Farofa de Castanha”, feita por Alberson Teixeira, escolha chef Marcus Pompeu, da Casa de Comidas Zuzu; “Panrofa – Panquecas de Farinha de Mandioca”, feita por Jorge Augusto Abbade Pereira, do Pará, que foi selecionada pelo chef Guga Rocha, que atua também como pesquisador, escritor e apresentador de TV; “Capitão Uarini” por Willanir Silva Lima “Capitão Uarini”, preparada por Willanir Silva Lima e escolha do proprietário do Ferrugem Rock Gourmet, chef Thiago Santana; “Pirarucu de Bikini”, da competidora Renata de Souza Paula “Pirarucu de Bikini”, da competidora Renata de Souza Paula, selecão do chef Felipe Schaedler, responsável pelo Restaurante Banzeiro; “Pirãojambu”, elaborada por Horenilde da Silva Gomes “Pirãojambu”, elaborada por Horenilde da Silva Gomes e escolhida pelo chef Paulo Fortunato do restaurante Fish Maria;“Cuscuz de Banana”, feita por Cristiane Caitano Medeiros, que mora em São Vicente (SP), e...

Leia Mais
Prova da Farinha Ribeirinha anuncia finalistas
ago19

Prova da Farinha Ribeirinha anuncia finalistas

A Fundação Amazônia Sustentável (FAS) anunciou, nesta quarta-feira, dia 18, as 10 pessoas que foram classificadas para final da “Prova da Farinha Ribeirinha”, competição gastronômica e digital que escolherá a melhor e mais criativa receita feita com farinha da Amazônia. A disputa tem premiação de R$ 1,5 mil para o primeiro colocado, R$ 1 mil para o segundo e R$ 500 para o terceiro. A chef Debora Shornik, responsável pelos restaurantes Caxiri e Biatuwi Casa de Quinhapira Mais de 40 pessoas de diversas partes do Brasil se inscreveram na disputa. As receitas classificadas foram escolhidas pelos chefs e jurados da Prova da Farinha Ribeirinha. Sendo 8 receitas de pessoas de Manaus, uma receita de um competidor do Pará e uma receita de uma participante de São Vicente, cidade no litoral sul de São Paulo. O proprietário da Cachaçaria do Dedé e do restaurante Terra & Mar, Dedé Parente, escolheu a receita de “Farofa de Pirarucu com banana, queijo e ovos”, feita por Bruno Maciel da Silva. A chef Debora Shornik, responsável pelos restaurantes Caxiri e Biatuwi Casa de Quinhapira, escolheu a receita de “Bolo Uarini”, da Carla Cristina Ferreira Zeni. O chef Marcus Pompeu, que atua na Casa de Comidas Zuzu, escolheu a receita de “Rocambole de Pirarucu recheado com Farofa de Castanha”, feita por Alberson Teixeira. O chef Guga Rocha, pesquisador, escritor e apresentador de TV Já o chef Guga Rocha, que também é pesquisador, escritor e apresentador de TV, escolheu a receita “Panrofa – Panquecas de Farinha de Mandioca”, feita por Jorge Augusto Abbade Pereira, do Pará. O chef Thiago Santana, do Ferrugem Rock Gourmet O proprietário do Ferrugem Rock Gourmet, o chef Thiago Santana, escolheu a receita “Capitão Uarini”, preparada por Willanir Silva Lima. O chef Felipe Schaedler, responsável pelo Restaurante Banzeiro, indicou a receita de “Pirarucu de Bikini”, da competidora Renata de Souza Paula. Veja Comer & Beber Manaus 2017 O chef Felipe Schaedler, responsável pelo Restaurante Banzeiro A sétima receita foi escolhida pelo chef Paulo Fortunato, responsável pelo restaurante Fish Maria. Ele indiciou a receita de “Pirãojambu”, elaborada por Horenilde da Silva Gomes, que mora numa comunidade do Lago do Acajatuba, Zona Rural de Manaus. O chef Paulo Fortunato, responsável pelo restaurante Fish Maria A receita de “Bolinho de Pirarucu com banana, empando na farinha ovinha”, da competidora Andrey Alves de Vasconcelos, foi a indicação da chef carioca Teresa Corção (presidente do Instituto Maniva Ecochef e Embaixadora da Cozinha Brasileira no Senac RJ). A chef carioca Teresa Corção (presidente do Instituto Maniva Ecochef e Embaixadora da Cozinha Brasileira no Senac RJ) Além dessas, a receita de “Cuscuz de Banana”, feita por Cristiane Caitano Medeiros,...

Leia Mais
“Quero é Cerveja AM” comemora 1º aniversário
ago12

“Quero é Cerveja AM” comemora 1º aniversário

Serão 10 horas de evento com gastronomia, música e mais de 45 rótulos especiais Cervejas artesanais, lançamentos de cervejarias e uma comemoração inédita no 1º aniversário do clube de compras coletivas “Quero é Cerveja AM”. Com 10 horas de duração, o evento será no próximo dia 15 de Agosto, a partir das 10h, na rua Estrela Dalva, Nº 45, bairro Aleixo, Zona Leste de Manaus. A festa vai reunir mais de 45 rótulos de cervejas especiais, lançados por nove cervejarias. Como a belga Duvel, em lançamento no Brasil que disponibilizou um estoque exclusivo de “Belgian Blond Ale” com teor alcoólico de 6,66%. A queridinha do Ceará “5 Elementos” também vai apresentar edições especiais para o evento como a “Sweet Symbiosis”, estilo Russion Imperial Stout com 13% de graduação alcóolica. De acordo com o responsável pelo clube, empresário e engenheiro químico Cássio Oliveira, serão 28 estilos diferentes. “Esse evento vai apostar na diversidade de sabores e estilos. Reforço o convite aos fãs de cervejas especiais e aqueles que não conhecem ainda as variedades, serão mais de 25 modelos sendo 10 só de IPA a preços a partir de R$20”, acrescentou. Na trilha sonora da festa, quem comanda o som com muito vinil são os DJs Ruderal e Manoel Portuga. E para forrar o estômago, o Pilão Bistrô Bier vai apresentar um cardápio especial de petiscos, sanduiches e caldos regionais ideais para harmonizar com as bebidas. Os doces e sobremesas ficam por conta da quituteria “Rent’s Merenda” com cookies, mousses e o tradicional pudim de cumaru. O aniversário é do clube mas quem ganha os presentes são os participantes da festa. Durante toda a programação, haverá sorteios exclusivos somente para quem estiver presencialmente. Conhecida por seus rótulos artísticos, a cervejaria Narcose do Rio Grande do Sul, possui uma série de itens colecionáveis como copos, camisetas, bonés, barmat, toalhas que farão parte dos sorteios e no prêmio principal ao ganhador do bingo uma cesta de cervejas nacionais e internacionais.  Os passaportes são limitados, estão à venda no valor de R$20 e dão acesso ao evento e participação dos sorteios. O evento vai até às 20h, é apropriado somente para maiores de 18 anos e o uso de máscara é obrigatório. Quero é Cerveja AM Com aproximadamente 80 membros, o clube promove em Manaus, a articulação a preços de varejo com cervejarias especiais para compras de novos modelos exclusivos de cervejas, copos entre outros artigos colecionáveis. Além das empresas já citadas, o clube Quero é Cerveja AM tem parceria com as cervejarias: Quatro Graus (RJ); Seven Hands (SP); Devaneio do Velhaco (RS); Dr. Otto (SP); Spell (SP); Fermi (SC) e Three Monkeys (RJ);...

Leia Mais