O que você vê?

Veja a rua molhada A brotar da calçada quebrada Um homem ou um troco A pensar, imaginar o nada? Silêncio! Poucos carros em movimento Povo desatento Passa, olha e nada vê Por um acaso Passou eu Passou você O homem dentro do tronco seco Espera ver a luz nascer Quando outro ser o perceber Por ora, está cego e sem forma Mas, espera agora logo chegar a hora Luminescer!
Avenida Getúlio Vargas - Centro Manaus/AM Crédito: Jean Okada

Avenida Getúlio Vargas - Centro Manaus/AM Crédito: Jean Okada

Author: Virgínia Allan

Share This Post On
468 ad