Natura Musical tem inscrições até sexta-feira

Músicos e produtores de todo o Brasil têm até dia 19 de junho para se inscrever nos editais

As inscrições dos editais Natura Musical foram prorrogadas por uma semana. Projetos de música brasileira têm até 19 de junho (sexta-feira) para concorrer a 6,4 milhões para lançamentos de novos talentos, projetos de preservação de legado e projetos inéditos de ícones nacionais.

Às vésperas de completar dez anos, o Natura Musical estende o período de inscrições até 19 de junho para os editais nacional e regionais, nos Estados do Rio Grande do Sul, São Paulo, Minas Gerais, Bahia e Pará. O programa oferece 6,4 milhões para lançamentos de novos talentos, projetos de preservação de legado e projetos inéditos de ícones nacionais, com apoio de leis de incentivo: as Leis Rouanet e do Audiovisual, em nível nacional, e a Lei do ICMS nos estados: 2 mi (nacional), 1 mi (SP e BA), 800 mil (RS, MG e PA).

Cantora AilaA novidade para 2015 é a configuração das categorias de incentivo, visando aumentar o apoio a novos talentos para a gravação de primeiro ou segundo álbum da carreira. Pela primeira vez, os artistas que inscreverem projetos com este perfil no edital nacional passarão por análise técnica e avaliação da comissão de especialistas, mas os contemplados serão escolhidos por voto popular. O regulamento e as fichas de inscrição estão disponíveis no site www.naturamusical.com.br

Os editais estão abertos a produtores artísticos e culturais, músicos, grupos, companhias e outras instituições que desenvolvam atividades artísticas e culturais. O Natura Musical busca projetos que combinem a diversidade dos ritmos brasileiros com sonoridades universais. Segundo Fernanda Paiva, gerente de Apoios e Patrocínios da Natura, “o programa valoriza a música que tem origem na essência da nossa brasilidade, mas que se espelha e se transforma no contato com as diferentes culturas e sons de todo mundo”.

Em Minas Gerais, os projetos já devem estar aprovados na lei de incentivo estadual, enquanto no Pará precisam apenas estar inscritos. Nos demais editais, a aprovação não é pré-requisito para a participação: durante a etapa de seleção, os projetos indicados pela comissão serão contatados para solicitarem suas inscrições nas respectivas leis de incentivo.

Todos os projetos que estiverem adequados a este conceito serão analisados por uma comissão de especialistas do meio musical, com base nos critérios do programa. A comissão, que é independente e muda a cada ano, com a participação de produtores, artistas, jornalistas e integrantes acadêmicos, submete as propostas escolhidas para análise e escolha final da empresa, considerando os critérios de excelência artística, relevância cultural, visibilidade, potencial de mobilização de público, inovação, democratização do acesso, abrangência, viabilidade e relação custo-benefício.

Redação

Author: Redação

Share This Post On
468 ad