Homens! Vamos falar de paternidade?

10356565_867354936635188_61229239_n

Espera um pouco, se você é homem e quase passou direto por aqui, volte! Volte porque é com você mesmo que eu quero falar. Recentemente eu me meu namorado nos tornamos papais, e se eu contar pra vocês a doideira que foi pra chegarmos até aqui vocês não iriam acreditar, pois bem. Muito se ouve que a gravidez é uma experiência especial e particular da mulher, que é no corpo dela que as primeiras ligações com o futuro bebê são feitas. Também já ouvi muito falar que a educação dos filhos é responsabilidade exclusiva da mãe, quanto o pai é provedor da casa, mas será que isso é verdade?

Na real o pai tem tanta importância na vida dos filhos quanto a mãe, não basta registrar, não basta apenas dispor do mesmo sobreno11793196_867354836635198_386954705_nme tem que meter a mão na massa! Os bebês não nascem sabendo quem é a mãe e quem é o pai deles, é preciso convivência, intimidade, hábitos e rotinas para que a criança consiga criar vínculos afetivos com certa pessoa. Infelizmente no nosso país os papais só podem tirar 5 dias de licença paternidade, seria ótimo se nossas leis fossem iguais a da Suécia onde o papai pode ficar em casa cuidando dos filhos durante 14 meses ininterruptos, mas não é, por isso se você se esconde atrás da desculpa de que trabalha demais e por isso não tem tempo pra cuidar das crianças talvez seja melhor rever seus conceitos, afinal se o pouco tempo que você tem em casa não for aproveitado para se relacionar com seu filho, será como se você nem existisse.

Crianças que tem pais ativos são mais felizes e seguras de si, são mais independentes e destemidas, tem maior habilidade em se relacionar com outras pessoas e ao desenvolvimento da empatia. E os benefícios não são só para as crianças, o papai que participa ativamente da vida do filho também sente a diferença na saúde mental, física e financeira, já que uma vez que o homem constrói esse laço afetivo com a própria cria o estresse diminui dando espaço a criatividade e a produtividade.

Por tanto, se você é papai e precisa trabalhar durante o dia, não deixe de participar da vida do seu filho nas outras horas. Você verá que os benefícios vem a curto prazo e são para a vida toda!

Denise Cardoso

Author: Denise Cardoso

Estudante de arquitetura, mãe da Luna e dona do blog Curtindo a Vida a Três.

Share This Post On
468 ad