Hip-Hop – A Parada Final leva dança aos terminais de ônibus

12788284_1547600762199089_288177100_n

Como parte do projeto Hip-Hop – A Parada Final contemplado pelo Prêmio Hip Hop 2015 da Fundação Manauscult, esta semana terá a primeira intervenção urbana.  O projeto propõe uma intervenção de danças urbanas dentro dos terminais de ônibus das zonas norte e leste da Cidade de Manaus nas seguintes datas, amanhã (27) no Terminal 3, no dia 05 de março Terminal 4 e no dia 12 no Terminal 5.

Pode se dizer que é uma forma pedagógica e também dinâmica de se desenvolver o Hip Hop, lembrando que nos fundamentos da cultura se faz presente a Sabedoria, o pilar maior, e transmitir à posteridade os ensinamentos, é pra poucos, mas no caso de Miguel Maia (MC Canal), Mc e Popping, com atuação comprovada por mais de 20 anos na cena, a vida rotineira de busca por espaço dentro do cenário artístico amazonense além de labuta, por ser cadeirante, já o faz um resistente e verdadeiro combatente dentro do Hip Hop.

A sonorização fica por conta do Dj Carapanã , e a interlocução com o público fica por conta do Miguel Maia, explicando sobre os elementos e demonstrando junto com quatro b.boys, variações das danças urbanas. Aproximando o público com a cultura urbana, trazendo esclarecimento à população de uma linguagem presente nas casas, na música, nos muros e por lugares além das fronteiras da cidade, que muitas vezes é descriminada e confundida com outros seguimentos artísticos.

Assim demonstrando o que a própria cultura de rua que sempre perpetuou, que nunca devemos nos desviar da reta do fim e muito menos esquecermos das vozes do começo. Haverá também uma instalação audiovisual com projeção de arquivos pessoais e vídeos documentais, registrado por artistas do próprio cenário Hip-Hop, vinculados ao audiovisual. A produção fica por conta do coletivo Orígenas, experientes nas áreas de cultura urbana, com registros e produções culturais.

Redação

Author: Redação

Share This Post On
468 ad