Eu to falando é de amizade!

Minha irmã não tem nada a ver comigo. MUITO nada. A coisa mais "metal" que ela gosta é Bon Jovi e eu acho “beleza” no refrão de Stain of Mind do Slayer. Ela chegou ao State Of Art em termos de selfie, de taaaanto se fotografar e eu gosto de tirar foto dos outros quando não estão esperando. Gosta de óculos de sol esportivos com "bordinha" (DEUS!, como pode?), e eu de estilo Jackie O dos grandões. Ela gosta do tipo cabelinho arrumado, polo, calças escuras e sapatênis, com óculos na cabeça cantando mansinho e eu sempre tive uma queda por tipos marrentos, estranhos, de bota ou tênis que cantam fazendo careta. Sabe o melhor de tudo isso? Ela é a melhor amiga que alguém pode ter. E pensar que não fossem meus pais eu JAMAIS descobriria isso.   Meu ponto é: Tem gente legal que é recheada de coisas que você acha não legais. Tem gente recheada de coisas legais que, olha só, não é legal. Você se aproxima das pessoas primeiro pelas circunstâncias. As afinidades decidem quem vai estar com você com mais frequencia. E aí vem a convivência. E é aí que a gente descobre.   Bagagem cultural é uma das coisas mais divertidas que alguém traz. São os elementos das piadas, das conversas, dos apelidos que se dá. Mas a natureza das piadas, a motivação das conversas, a intenção dos apelidos, isso é caráter. Isso está a quilômetros além.   Você precisa de amigos que reconheçam uma referência àquele desenho japonês. Você precisa de amigos que saibam onde fica o flutuante com o melhor tambaqui pós passeio de lancha. Você precisa de amigos que cantem o refrão da música com você. Você precisa de amigos que falem mal da mesma adaptação para o cinema que você e completem sua crítica com as mais torpes piadas depreciativas. Mais que isso, você precisa de amigos que consigam enxergar quando você está sendo rude por estar triste, e te obriguem a lidar com isso, superar e ficar melhor. Você precisa de amigos que te deixem à vontade pra dizer que eles estão com frescura ou com mimimi e isso não lhes abale. Você precisa de amigos que questionem quando você está julgando errado alguma coisa e lhe ofereçam outra perspectiva sem que isso lhe pareça um ataque.   Aproveite as pessoas que as circunstâncias lhe trouxeram... Esteja disponível para ouvir. Não se poupe de ser bom. Não se economize para o mundo. Vai que a pessoa é leal, generosa, é discreta sobre seus problemas, tem uma imaginação pra piada que você rola de rir, se preocupa de achar um presente pra você que tem a ver com seus gostos estranhos... Esse tipo de informação não aparece assim de cara. Então não se precipite em "condenar" alguém porque gosta de forró ou Fábio Junior ou Nickelback ou que chorou com A Culpa é das Estrelas. Você não tem como saber "de prima" quem pode lhe surpreender.   Colaboração: Fulana Del Rey

Author: Miss Melissa

Share This Post On
468 ad
  • Bel MLins

    Agora que vi, minha hermanaaaa!! ahhh biiicho, eu te amo, do meu jeito meio sem saber demonstrar, sem falar, mas amo.. somos pecinhas de quebra-cabeça, diferentes, mas q se encaixam.. e tbm agradeço aos nossos pais, pq só dessa maneira pra nos conhecermos, pois temos mundinhos tão diferentes, temos gostos tão opostos que talvez nunca nos conhecêssemos..
    “E haja o que houver, junto a ti, feito corpo e alma.. minha irmã, meu par..”

  • Linda Lins

    Ow, minha escrotinha muito amada e sábia!

    • Naira Priscila

      Ownnn é MUITO vc ser assim..que aceita uma Leoa de Dragão como amiga.. Te amo!!