Rapidinhas do Rap AM
out02

Rapidinhas do Rap AM

Sextou com os lançamentos do Rap no Amazonas! Kurt Sutil é um artista que está com a produção a todo vapor. Hoje (02), o rapper lançou o clipe da música Benz com participação do Andrewxx. Confere aí: Fuga de Lula – ZD Enarê Ainda essa semana rolou o lançamento do clipe Fuga de Lula do ZD Enarê com produção de Lamacria, direção de vídeo Kurt Sutil, beat e master de Custic. A produção contou com a participação Thaís Pimentel e Aline Ferreira. E patrocínio de Ader Lanche, Gil da Horta, Adriana Franco, Pixico das Verduras, Mano Cocó, Adriano Moto Peças e Maiter Fleury. Sente a trapzera! Vario$ & Luiz Caqui – Arara feat Kurt Sutil Produção de altíssima qualidade na faixa tema do EP Arara com feat de Kurt Sutil do Lamacria. Edição de Kurt Sutil, Direção de Weslen Simplicio, Gabriel Majin e Paola...

Leia Mais
Amanhã tem pedalada pelo’Setembro Amarelo’
set28

Amanhã tem pedalada pelo’Setembro Amarelo’

O grupo Pedalando Com Você, Comissão dos Ciclistas do Amazonas e diversos grupos ciclísticos de Manaus e do interior, se reúnem nesta terça-feira (29), no bairro Alvorada para uma pedalada promovendo o ‘Setembro Amarelo’, uma campanha de prevenção ao suicídio e depressão. O passeio ciclístico será entre as ruas do bairro Alvorada, zona centro-oeste da cidade de Manaus, os participantes estarão levando bandeiras e apitos em suas bicicletas para chamar atenção dos moradores ao tema.  Com as bicicletas amarelas, 50 mulheres estarão de frente pedalando para fixar a cor da campanha. Segundo Fernando Barroso, presidente da Comissão dos Ciclistas do Amazonas: ‘A nossa pedalada tem a iniciativa de chamar atenção. É importante cada um ajudar aquela pessoa que precisa do nosso apoio junto com um grande abraço. A gente entende que a bicicleta pode ser muito importante nesse processo de prevenção ao suicídio e depressão, a pessoa se sente livre, cuida da saúde, faz novos amigos, tem novas atividades, novas programações e isso ajuda muito.’ Quem quiser participar do evento, basta entrar em contato pelo número de telefone (92) 99247-1202 via WhatsApp.  A inscrição é feita por um apoio simbólico de dois brinquedos de qualquer valor, o inscrito recebe a senha para participar do sorteio de duas bicicletas, cestas básicas, óculos de sol, lanches e duas cortesias para o Passeio Safári Amazônico Olímpio Carneiro Turismo com almoço incluso, juntamente com saída e retorno pela área da Piscina do Tropical Executive Hotel. A pedalada tem o horário da concentração marcada para às 19h30 e saída 20h na Rua Professora Rosa Gomes (Antiga Avenida F), 126 – Alvorada 1, próximo à Feira Coberta e Loja...

Leia Mais
Gramophone apresenta primeira live na nova sede da Vila Vagalume 80
set08

Gramophone apresenta primeira live na nova sede da Vila Vagalume 80

A nova sede da Casa Criativa Vila Vagalume 80 (Rua Sagrado Coração de Jesus, 234, São Raimundo) vai ser cenário da primeira live da Gramophone, que, na tarde deste sábado (12/09), comanda o canal do Programa Meu Ambiente (/ProgramaMeuAmbiente) no Youtube, a partir das 17h. Na ocasião, a banda divide o show na plataforma digital com artistas residentes do espaço: Ramon Marola, Andreas Dominique, Marcela Paiva e Victor Felix. Segundo Vívian Oliveira, vocalista da Gramophone e produtora cultural da Casa Criativa, os recursos arrecadados durante a apresentação vão ser revertidos para manutenção e reabertura da Casa Criativa, prevista para a segunda quinzena de setembro. Ela explica que o público vai poder contribuir com doações por meio de QR code. “A contribuição vai ajudar muito na construção do novo espaço. Com ela, poderemos deixar a casa cheia de arte, além de nos dar recursos para reabrir com nossas comidinhas veganas e nosso chope gelado”, comenta Vívian. “Além da necessidade de voltar à ativa, também mudamos de endereço, agora estamos no bairro São Raimundo, com uma estrutura melhor para oferecer arte e cultura para a comunidade”. A produtora destaca que, no caso de doações em grande quantidade, o contato pode ser feito por meio do número (92) 9208-2550. Estrutura – Para atender o protocolo de segurança, nos bastidores, a estrutura vai contar com o mínimo de pessoas na produção e respeitar a distância entre os músicos e equipe técnica. A live com assinatura da La Xunga Produções e da Baruk Som vai ter a apresentação de Ythana Isis, da Pedra de Fogo Produções. “Nessa transmissão, usaremos quatro câmeras, drone, estrutura de áudio e iluminação para apresentar os shows e o novo espaço, de frente do Rio Negro”, conta Orlando, da La Xunga Produções, responsável pela captação das imagens e exibição do conteúdo na internet. Programação – Em duas horas e meia, os músicos da Vila Vagalume vão se revezar em cena para apresentar trabalhos autorais. Quem abre o setlist da tarde é Ramon Marola, seguido por Andreas Dominique, Marcela Paiva e Victor Félix. Já a Gramophone, formada por Vívian, Mauro Lima, Renan Haijin, JC Ribeiro e Robson Andrei; encerra a programação. Casa Criativa – A Vila Vagalume 80 existe desde 2016. O espaço, administrado por Vívian Oliveira e Mauro Lima desde 2019 oferece serviços de arte culinária vegana, artes visuais, música, produção musical, rodas de conversas, oficinas de formação, exposições, plantio, jardinagem, saúde e...

Leia Mais
Quando o pássaro se entregou ao homem
set07

Quando o pássaro se entregou ao homem

Ele vivia em uma bela casa com sua esposa, cantava e ria como criança que recebeu o presente desejado. Sua amada vivia triste e estava ficando amarga dia a dia, uma cor cinza a acompanhava e lentamente foi infectando Júlio, que começou a rir menos e deixou de cantar. Os poucos vizinhos sentiram sua falta, eles foram abandonando a casa e seus pertences, seu jardim e sua horta invejada por tantos. O enorme salão que antes foi palco de festas memoráveis agora era povoado pela poeira que o tempo trouxe. Os quartos que antes eram ocupados por seus convidados foram lacrados e nunca mais habitados. A cozinha que era a vitrine de grandes mestres da culinária, agora restava apenas um amontoado de panelas e fogões desempregados. A casa foi perdendo sua luz como os seus donos. Alice faleceu após 7 meses da doença da tristeza, as causas não foram diagnosticadas pelos legistas, ou espíritas, ou ecumênicos de ocasião. Nosso protagonista começou a viajar muito, para tentar esquecer seu drama, como se a distância geográfica pudesse dissipar a sua dor, mas a geografia a ser vencida estava dentro de sua confusa cabeça. Havia um sonho que sempre o acompanhava durante a sua vida. Era o canto de um pássaro que sua amada gostava muito. Ele nunca dera importância a esse fato, mas agora lembrava de detalhes demonstrados durante o seu sono. Certa vez, quando as chuvas cessaram e o calor inundara a vida dos moradores das florestas, ele retornou a sua antiga casa, com muito peso e dor abriu a porta procurando forças para entrar e imaginando cenas alegres que viveu naquele lugar. Subiu a escada e parou na porta do quarto do casal. Abriu lentamente a porta e sentiu o cheiro de sua amada. Ficou perplexo, pois nada havia sido alterado no local, nem o pó do tempo penetrara no ambiente. Permaneceu horas deitado e olhando para o teto do quarto. De repente, ouve o canto do pássaro citado anteriormente. Júlio ficou nervoso e procurou saber onde o animal estava. O pequeno estava do outro lado da janela como aparecia em seus sonhos, do mesmo tamanho, cor e canto. O homem queria muito se aproximar do pássaro e mandou limpar a casa, abrir as janelas e quartos, cozinhar almoços e jantares. Contratou músicos para o salão, arrumou o jardim e sua velha horta. Tudo para agradar o pássaro que fazia lembrar o seu amor perdido. Todas as manhãs ele cantava o seguinte verso “vem passarinho do meu coração, quero ser seu amigo e não o seu vilão”. A pequena criatura cantava no amanhecer e no entardecer, mas não dava...

Leia Mais
11º Festival Mova-se lança espetáculos selecionados
set02

11º Festival Mova-se lança espetáculos selecionados

O Centro Cultural Casarão de Ideias anuncia as produções locais, nacionais e internacionais que formarão a programação do XI Festival Mova-se: Solos, Duos e Trios. Ao todo, o evento recebeu 92 inscrições de artistas e grupos em diferentes categorias para participaram do certame, vieram inscrições de 16 estados brasileiros e também sete países ibero-americanos. O evento acontece em Manaus, de 27 a 29 de novembro, e traz grandes novidades, além das apresentações presenciais, a programação ainda terá apresentações virtuais. Porém, as produções que participam no festival na forma presencial serão de grupos, artistas e companhias amazonense, desta forma não haverá deslocamento de outros estados, já que estamos em período de distanciamento social causado pelo novo Coronavírus. Foram selecionados 13 espetáculos, sendo apenas duas apresentações presenciais: “Sodade”, da Panorando Cia e Produtora e “Enruína”, do grupo Em Lugar Arte e Movimento. Ambas produções deverão atender aos protocolos de cuidados com a saúde pública, preconizados pelos órgãos de saúde, entre eles o distanciamento social, uso de álcool gel e máscaras. Já as produções nacionais que se apresentaram de forma virtual, figuram os espetáculos: “Titiksha”, da Nalini Cia Dança (GO); “Corpo Máquina”, da Robo.Art (SP); “As Vezes Eu Kalho”, produzido por Geda Cia. de Dança Contemporânea (RS) e “Outono”, da Cia. Mineira De Teatro (MG). Inovando O XI Festival Mova-se: Solos, Duos e Trios abriu inscrições para que os países ibero-americanos participassem. De acordo com João Fernandes Neto, diretor geral do evento, o sucesso foi tão grande, que nesta edição participarão seis  países, que irão mostrar sua arte através das plataformas digitais. “Nosso primeiro ano internacional e receber todas essas inscrições só reforçam quanto festival já possui um diálogo em promover arte nas suas diversas linguagens”, afirma. Os espetáculos selecionados são, o espanhol “Grietas En El Água”, da companhia Caminantes Danza; “Isto Não É Uma Mesa”, produzido pela empresa A4filmes com dupla nacionalidade Brasil e Colômbia; “Dês- Tierra”, do bailarino colombiano Cristian David Triviño Rincón; “Loop”, o argentino Esteban Hezkibel; “Primeiro A Las 10”, espetáculo peruano da empresa Samoa Producciones e vindo do Equador a produção “Lunáticas”, da Corporación Humor Y Vida. O XI Mova-se Festival: Solos, Duos e Trios foi contemplado com o Prêmio Manaus de Conexões Culturais 2019, por meio da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult) e da Fundação Nacional de Arte (Funarte), por meio do Fundo de Ajuda para as Artes Cênicas Ibero-Americanas (Programa Iberescena), na categoria Apoio a Festivais. O festival tem o patrocínio do Banco da Amazônia, através da Lei Rouanet. Serviço: XI Festival Mova-se: Solos, Duos e Trios Quando: de 27 a 29 de novembro de 2020 Quanto:...

Leia Mais
Fórum Internacional Rios Limpos debate soluções para manejo de resíduos sólidos na amazônia
set01

Fórum Internacional Rios Limpos debate soluções para manejo de resíduos sólidos na amazônia

Debater soluções para a destinação correta dos resíduos sólidos flutuantes na Amazônia será o destaque do Fórum Internacional Rios Limpos. O evento ocorrerá virtualmente com a participação de diversos especialistas nacionais e estrangeiros, nos dias 9 e 10 de setembro, a partir das 9h30 (horário de Manaus), no canal do Youtube da Rede de Soluções para o Desenvolvimento Sustentável da Amazônia (SDSN Amazônia). Será aberto ao público e para realizar a inscrição, basta acessar o link: bit.ly/ForumRios. O Fórum tem apoio da Fundação Amazonas Sustentável (FAS) e da Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit (GIZ), que é a Agência Alemã de Cooperação Internacional. Um dos principais objetivos do evento é apresentar os resultados do relatório técnico do Projeto Rios Limpos, elaborado por especialistas com estudos sobre a caracterização dos resíduos sólidos, o marco sócio-politico e levantamento de soluções nas cidades de Manaus (AM), Iquitos (Peru) e Letícia (Colômbia), que compõem a Bacia do Rio Amazonas. “O Fórum Internacional Rios Limpos é uma iniciativa que envolve todos os países da Bacia Amazônica, na medida em que trazemos a temática da conservação dos recursos hídricos, do saneamento, da despoluição dos igarapés e rios numa perspectiva regional. Teremos exemplos do Peru, Colômbia, Brasil e de vários projetos que estão desenvolvendo soluções práticas. A nossa expectativa é que isso possa dar visibilidade e, a partir dessa visibilidade, estimular o intercâmbio de soluções entre os países e entre as diferentes instituições que atuam na Bacia Amazônica como um todo”, explica o superintendente geral da FAS, Virgilio Viana. O assunto vai ser tratado pelos representantes da Secretaria de Estado do Meio Ambiente do Amazonas (SEMA), Secretaria de Agricultura, Meio Ambiente e Produtividade do Governo do Amazonas da Colômbia, Instituto Amazónico de Investigaciones Científicas (SINCHI), Instituto de Investigaciones de la Amazonía Peruana (IIAP), Universidade Federal do Amazonas (UFAM) e FAS. Além disso, o Fórum terá debates sobre reciclagem e destinação correta dos resíduos sólidos com a participação da Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis Nova Recicla de Manaus, Amazonas Sin Límites (Letícia) e Ciudad Saludable (Iquitos). O segundo dia do evento online vai ser marcado por temas relacionados a negócios sociais e como empresas e instituições estão tratando de forma moderna e sustentável a destinação dos resíduos sólidos. Os participantes confirmados são os representantes das iniciativas: Eu Reciclo, Projeto de Restauração Ecológica e Urbanização Sustentável (Reusa) e Grupo Ambiental Tierra Amazónica (GATIA), que fica no Peru.  Finalizando o evento, também haverá um painel de debate dos governos das três cidades (Manaus, Iquitos e Letícia. Os participantes serão o secretário da SEMA, Eduardo Taveira, o secretário da SEMULSP, Paulo Faria e representantes da Secretaria de Competitividade, Meio Ambiente e Turismo da Alcadía de Letícia e da Gerencia de Saneamento e Saúde...

Leia Mais