Domingão com a Feira do Hip-Hop Manaus
mar30

Domingão com a Feira do Hip-Hop Manaus

Neste domingo tem a Primeira Feira do Hip Hop de Manaus, a partir das 10h, no Complexo Turístico da Ponta Negra bem ao lado da Pista de Skate. O evento vai reunir todos os elementos que compõem o Hip Hop e leva força à comunidade no combate a violência. O idealizador do evento e responsável pelo projeto Opção Sonora, é o Márcio Cruz, o DJ e MC Fino, veterano na militância do conhecimento o anfitrião convida todos os artistas e amantes do Hip-Hop para comparecer e fortalecer a iniciativa. "A feira é uma proposta de união de quem está fomentando a arte em cada um dos elementos e também para sensibilizar a importância na formação de opinião da sociedade quanto a violência urbana", acrescentou. A programação vai até às 19h e conta com os principais grupos de Rap, batalha de MC's, grupos de dança, grafitti e sorteio de brindes das marcas apoiadoras. A próxima edição da feira será no final de Abril, no Parque dos...

Leia Mais
Bloco da Tombação 2019
mar28

Bloco da Tombação 2019

Idealizado e produzido pela DJ e produtora amazonense Naty Veiga, a Miga, Sua Lôca Festival de Cultura e Diversidade, apresenta o Bloco da Tomação 2019. O evento, que tem acesso gratuito, acontece nos dias 30 e 31 de março na Casa das Artes, no Largo de São Sebastião e propõe música, debates e outras interferências. A ideia do evento, totalmente protagonizado por mulheres é ainda engrossar o mês de lembrança de luta das mulheres. Só sábado, 30, a programação inicia  às 15h, com o set da DJ Naty Veiga, especialmente preparado para o evento, destacando uma música feminista, feitas por mulheres do cenário musical brasileiro. E de 17h às 19h acontecem as rodas de conversas com os temas, ‘Feminicídio e Violência contra a mulher: o papel da rede de proteção’, mediada por Marklize Santos e Erika Carmo; ‘Saúde da Mulher - Violência Obstétrica Manaus’, mediado pelo Humaniza Coletivo Feminista; ‘Saúde Mental da Mulher Negra Lésbica’, mediada por Dandara Lorena, do grupo Encrespa Geral - Manaus; e ‘Saúde Mental da Mulher Negra Bissexual’, mediada por Raescla Ribeiro, da Coletiva Banzeiro Feminista’. A DJ Naty Veiga também fecha o sábado com seu set feminista. Já no domingo, a música das mulheres dá o tom do evento, com a participação da cantora Elisa Maia, que apresenta seu novo set voz&notebook, propondo uma experiência mais intensa e íntima com músicas que farão parte de seu próximo álbum; a MC Anna Suav, que apesar de amazonense, atua no cenário musical paraense, onde reside atualmente; a cantora Karen Francis, jovem revelação da música amazonense, que interpretará as músicas de seu EP Acontecer; e a cantora Bel Martine, forte atuante do cenário noturno da música amazonense. Ainda acontecem os sets da DJ Naty Veiga, dessa vez tocando repertório de AfroHouse e Black Music  e a DJ Carolina Blois, tocando Brasilidades, em seu set exclusivo de vinil. No evento também estará a A Uni Manas, que é um projeto que tem como principal objetivo arrecadar absorventes descartáveis para detentas, visto que muitas vezes o Estado não fornece o suficiente. O Bloco da Tombação receberá doações de absorventes nos dois dias. O Bloco da Tomação 2019 é uma realização da Miga, Sua Lôca Festival de Cultura e Diversidade, com apoio de Humaniza Coletivo Feminista, Encrespa Manaus, Coletiva Banzeiro Feminista, Coletivo Difusão, Secretaria de Cultura do Amazonas - SEC-AM, 8M Manaus e Una LGBT Amazonas. PROGRAMAÇÃO RODAS DE CONVERSA - 30 DE MARÇO ( Sábado ) – 15h Abertura e encerramento: Dj Naty Veiga ( Música feminista ) Feminicídio e Violência contra a mulher: o papel da rede de proteção - Marklize Santos e Erika Carmo - 8M -...

Leia Mais
7º Sarau das Manas é neste sábado (30)
mar28

7º Sarau das Manas é neste sábado (30)

O 7º SARAU DAS MANAS fecha o mês de lembrança de luta das mulheres nesse sábado, dia 30, com um dia inteiro de MUTIRÃO DE CUIDADOS DA MULHER, no Instituto de Cidadania e Desenvolvimento Social do Amazonas - ICDSAM. Pela manhã e parte da tarde acontecem atendimento médico e serão oferecidos ainda serviços de massagem, manicure e pedicure, maquiagem, design de sobrancelhas, tatuagem e bodypiercing*. Na parte da tarde, estão previstas apresentações musicais, com as artistas Elisa Maia, Anna Suave, Lary Go & Strela e o grupo Maya, além do microfone que ficará aberto para que as mulheres possam se manifestar, seja lendo poesia, rimando, deixando sua mensagem.  O Sarau das Manas é uma realização da banca Todas São Manas - idealizado a partir do Festival Todas São Manas, pela grafiteira e artista visual Deborah Erê, o grupo é formado por artistas mulheres da cultura hip hop de Manaus/AM, que atuam nas mais diversas linguagens (grafiteiras, MCs, DJs, produtoras, bgirls) com o objetivo de gerar autoestima, visibilidade e desenvolver ações que visam autonomia financeira. E em sua sétima edição, o Sarau das Manas também acontece em parceria com a  Coletiva Branzeiro Feminista, que desde 2012 realiza diversas ações dentro de atuações interseccionais que combatem o machismo, o sexismo, o racismo e a lgbtfobia e toda e qualquer forma de opressão. A Coletiva captanea pela manhã também a roda de conversas ‘Autoestima que liberta’, mediada pela ativista Aline Maionese.  O Sarau das Manas, que já ocupou galeria de artes, praça pública e outros espaços, dessa vez aporta no Instituto de Cidadania e Desenvolvimento Social do Amazonas - ICDSAM, que é uma Organização Não Governamental, sem fins lucrativos, criada na cidade de Manaus, no bairro de Educandos, a partir de iniciativas de um grupo de moradores preocupados com a situação da vulnerabilidade social no bairro e que tem como finalidade promover ações socioeducativas, esportivas e culturais de inclusão social, por meio de diversas parcerias. O Instituto atualmente ocupa o prédio de uma antiga delegacia abandonada, na Rua Macurany, no bairro de Educandos e abriga cerca de cinco família desabrigadas por conta do grande incêndio que aconteceu no bairro no final do ano passado. O evento ainda conta com apoio do Coletivo Difusão e Angel e...

Leia Mais
Motirõ convida mulheres para falar desse ‘Tal de Empoderamento’
mar26

Motirõ convida mulheres para falar desse ‘Tal de Empoderamento’

Uma noite para falar sobre o Universo Feminino sem mimimi. As jornalistas (e arianas) Mazé Mourão e Emyle Araújo abrem a temporada de Encontros do Motirõ com o tema “Esse Tal Empoderamento”. O encontro será realizado no dia 28 de março (quinta-feira), às 18 horas, no Piaf Restaurante Café - localizado na Rua 10 de Julho, 443, ao lado do Teatro Amazonas, Centro. As vagas são limitadas e o passaporte custa R$ 100, com brunch assinado pelo espaço. Com tanta correria, fica difícil tirar um tempo e olhar pra dentro de si. Pensando nisso, o objetivo do bate-papo é promover esse reencontro e esclarecer que o “poder feminino” sempre esteve ali, independente de Feminismo declarado ou de Dia Internacional da Mulher.  Programação  O evento será dividido em quatro partes. A abertura fica por conta da educadora em aromaterapia - também ariana - Danyelle Almeida. Ela é técnica em enfermagem, designer de Moda, artesã e, durante a gestação, fortaleceu sua conexão com a Natureza. Com isso, aproveitou a chegada da primeira filha para revelar mais uma paixão: óleos essenciais e meditação.  Através de sua experiência, Danyelle vai conduzir exercícios de visualização e desmistificar a meditação como algo místico ou religioso. “As práticas podem ser realizadas sentadas na sala do trabalho ou deitadas antes de dormir, por exemplo. A tecnologia nos fez esquecer como pequenos momentos são transformadores quando o assunto é autocuidado e amor próprio”.  Na sequência, a jornalista e empreendedora Emyle Araújo traz um diálogo sobre o poder do pensamento e a força do planejamento na concretização de metas traçadas. A co-fundadora da marca Aikaz defende, a partir do discurso de que todo ser humano é multipotencial, que a mente é protagonista entre o ato de escolher e fazer acontecer. “Demorei muito tempo para abandonar o sentimento de culpa por não me sentir completa sendo só jornalista ou só empreendedora em moda. Hoje, eu percebo que posso contribuir com outras pessoas que buscam fortalecer-se enquanto donas do próprio negócio, mas também enquanto mulheres convictas dos próprios objetivos”.   Empoderamento em pauta  A escritora, jornalista, apresentadora de televisão e membro da Academia Amazonense de Letras, Mazé Mourão sempre esteve à frente de seu tempo e, como feminista nata - embora abra mão do título - fecha a noite com uma reflexão urgente: O que é esse tal empoderamento? Embora o movimento pareça novo, a ‘Nega’ (como costuma ser chamada) convida o público para entender que a ‘atitude empoderada’ sempre existiu. “O que mudou, talvez, é que mais mulheres têm se sentido fortes para enfrentar os desafios do mundo. Vamos descobrir lá!”, brinca a palestrante mais aguardada da noite.   Motirõ é gente...

Leia Mais
Sid Sheldowt e Gilmal lançam suas obras sábado no Alienígena Espaço Cultural
nov28

Sid Sheldowt e Gilmal lançam suas obras sábado no Alienígena Espaço Cultural

Por ser um grande amante das artes e valorizar suas raízes culturais, o poeta, compositor e escritor amazonense, Sid Sheldowt, estará lançando seu segundo livro Confrontos de Sentimentos em Fé Maior neste sábado (01), a partir das 17 horas, na livraria e sebo O Alienígena Espaço Cultural, que fica localizada na rua Lima Bacuri, no centro de Manaus. Segundo Sheldowt, o local foi escolhido por se tratar de um ambiente que possui um grande acervo da cultura regional, como CD’s, pinturas e livros de diversos artistas amazonenses. O evento também contará com o lançamento da revista em quadrinhos A Casa da Luz Vermelha, trabalho do cartunista e quadrinista amazonense Gilmal, publicada pelo selo independente Jaracomics, do qual contém histórias de amor e sexo, narradas em traços realistas de uma forma brutal e toda impressa em papel vermelho, seguindo o ponto de vista de um artista “anárquico e inconformável”, conforme as palavras do jornalista Artur Mamede, que também é o responsável pelo texto de apresentação da obra em questão de Sid Sheldowt. Na ocasião, a banda de punk rock/bubblegum/power pop, Os Playmobils, formada pelos irmãos Henrique e Carol Magnani, juntamente com o escritor Albenizio Jr., fará o pocket show de encerramento do evento. Segundo os integrantes da banda, o repertório apresentado reunirá tanto os clássicos como as músicas novas do trio. Para quem curte poesia, quadrinhos e punk rock, o evento é uma boa pedida para o fim de semana. Sobre o livro 'Confrontos de Sentimentos em Fé Maior' O livro está sendo publicado pela editora Penalux, de Guaratinguetá (SP), e traz uma compilação de poemas escritos ainda na adolescência de Sheldowt, dividida em três partes: confrontos, sentimentos e fé maior, conforme o título da obra já denuncia. “Em cada parte, sentimos um clima diferente. A primeira parte assume um ar mais irônico, com críticas voltadas para a religião e o universo que a cerca, enquanto a segunda parte volta-se para o eu, para o interno do eu-lírico, despindo assim, seus medos e angústias. Já a terceira parte possui um ar mais agressivo, duro e crítico”, analisou a mineira Vitória Carolyne, que é pesquisadora e editora do blog literário A Teoria das Laranjas. Confrontos de Sentimentos em Fé Maior é a segunda obra literária do poeta, que também lançou, em 2014, o livro de poesias Apocalipse Tribal, publicado pela editora Planeta Azul (RJ), onde aborda as questões do desmatamento da Amazônia e a perda das tradições indígenas para os costumes do homem branco. Apocalipse Tribal não teve grande repercussão na época. Sobre o seu mais recente trabalho e a repercussão que o mesmo vem alcançando antes mesmo do lançamento, o poeta comentou: “É quase impossível se achar poeta e viver como um lobo solitário, numa cidade onde a valorização local é...

Leia Mais
Consciência negra e homenagem a Canserbero
nov19

Consciência negra e homenagem a Canserbero

A pele clara não esconde a consciência negra. O dia 20 de Novembro deve ser uma data de reflexão e mudança de comportamento sobre os seres humanos. O Mao Hostel abre suas portas e faz o convite para venezuelanos que estão em Manaus para uma noite de música latina e valorização da cultura. Nesta terça-feira (20), a partir das 23h haverá um evento em homenagem a Canserbero, um dos principais ícones do rap venezuelano. Canserbero foi um rapper e mobilizador social de Caracas que faleceu no ano de 2015. Márcio Cruz também conhecido como DJ e MC Fino é o anfitrião da noite. "O objetivo do evento é criar um ambiente permanente para nossos vizinhos latinos e dar a eles uma espaço vivo para manter a memória deles", explicou. A escolha da data não seria outra, aproveitar o Dia da Consciência Negra para a estreia do projeto foi intencional. "A data da consciência negra foi criada não apenas para negro, esse povo latino estão indiretamente escravo também precisa se conscientizar desta condição", acrescentou. Além de música latina a noite vai contar com apresentação de grupos de rap e outros convidados. O Mao Hostel fica na rua Barroso, 365, Centro (próximo ao Teatro...

Leia Mais