Angra no estilo jazz amazônico, que tal?
jul28

Angra no estilo jazz amazônico, que tal?

Grandes sucessos do Angra terão releitura jazzística em ritmos amazônicos Campanha de crowdfunding está sendo lançada nesta quarta-feira (29) para financiamento coletivo do projeto que terá participação de integrantes do Angra e outros músicos premiados. O CD Karine Aguiar sings Angra reúne dez sucessos da banda que este ano comemora 20 anos do primeiro disco e 20 de carreira de André Matos. O álbum, que contará com a participação do cantor André Matos e o guitarrista Rafael Bittencourt, do Angra, é o segundo dessa cantora amazônica que teve seu CD de estreia gravado nos EUA e premiado na Europa, onde se tornou conhecida como “Musa do Jungle Jazz”. Participam também dessa aventura musical a pianista clássica Juliana D’Agostini, o baixista norte-americano Matthew Parrish, o percursionista Ygor Saunier e o pianista Fábio Torres, vencedor do Grammy de 2014 na categoria de Melhor Jazz Latino, com álbum gravado com o Trio Corrente e Paquito d’Rivera. Para viabilizar o projeto, Karine lança nesta quarta-feira uma campanha de financiamento coletivo (crowdfunding) pela Kikante, com prêmios atraentes para fãs e colecionadores. A ousadia de mesclar o jazz norte-americano com gêneros musicais da Amazônia numa voz talentosa e com sólida formação lírica já rendeu à cantora amazonense Karine Aguiar um convite para gravar nos EUA, um prêmio na Europa e duas turnês internacionais apenas com seu CD de estreia, Arraial do Mundo.  Com seu segundo CD, em fase de produção, ela agora amplia a audácia e funde essas duas paixões – o jazz e os ritmos amazônicos -- com um uma terceira, materializando um velho sonho de adolescência: gravar músicas do Angra ao lado de integrantes da própria banda. Já em produção, o CD Karine Aguiar sings Angra trará uma releitura jazzística de dez hits da banda adaptados a diferentes gêneros musicais, sobretudo amazônicos. O projeto, agora em fase de produção, nasceu de uma conversa informal entre Karine, o músico e pesquisador Ygor Sauner e o produtor cultural Wagner Kaiowas. Foi em abril de 2015, quando Karine e Ygor passaram por São Paulo na volta de uma turnê de shows nos Estados Unidos. No carro, a caminho do aeroporto, Karine confessou que gravar músicas do Angra com André Matos era grande sonho que acalentava desde a adolescência. Wagner fez os contatos, Rafael Bittencourt, guitarrista e compositor do Angra, simpatizou imediatamente com a ideia e no que deveria ser um encontro preliminar, aproveitando a estada de Rafael para um show em Manaus, ele já se apresentou no saguão do hotel com instrumentos e câmera de vídeo, pronto para ouvir e gravar Karine cantando suas músicas. O nome do CD foi sugestão do próprio Rafael.   A...

Leia Mais