App informa valores da gasolina em Manaus

A escalada dos preços tem deixado o consumidor mais atento e cuidadoso na hora de escolher produtos e serviços. Pensando nisso, o Governo do Estado do Amazonas, por meio da Secretaria de Proteção e Orientação ao Consumidor do Estado do Amazonas (PROCON-AM) vai lançar amanhã (15),  às 10h, na sede do Governo, na Compensa, o aplicativo “Procon Amazonas”. Desenvolvido pela Empresa de Processamento de Dados Amazonas S.A (PRODAM), a solução tecnológica permitirá que os cidadãos acompanhem os preços praticados nos postos de gasolina da capital amazonense, a partir de uma pesquisa semanal realizada pelo órgão de defesa do consumidor.

O aplicativo “Procon Amazonas” poderá ser baixado para os dispositivos móveis, como celulares e tablets, que operam com o sistema operacional Android. O app também traz dicas gerais sobre os direitos de Defesa do Consumidor.combustível

“Além de ajudar os motoristas a encontrar combustíveis com melhor custo-benefício e preços mais acessíveis, a ideia da ferramenta é também ampliar ainda mais as opções de acesso do consumidor aos serviços do PROCON Amazonas”, afirma a secretária executiva do órgão, Rosely Fernandes.

O diretor presidente da PRODAM, Márcio Silva de Lira, explica que o objetivo é levar os direitos do cidadão para a palma da mão, por meio do celular. “As informações cadastradas são automaticamente sincronizadas com o aplicativo e disponibilizadas aos usuários”, informa. As pesquisas já vêm sendo realizadas semanalmente pelo PROCON, e agora serão mais facilmente consultadas pelos usuários.

Balanço PROCON 2015 – A Secretária Executiva Adjunta do Procon Amazonas, Rosely Fernandes, também irá apresentar durante o lançamento do aplicativo do órgão, o balanço das atividades realizadas pelo PROCON Amazonas em 2015. Foram atendidas 77.825 pessoas com resultado positivo no atendimento de 94,7%.

Sobre a PRODAM

A PRODAM é uma sociedade de economia mista, de capital fechado, com controle acionário do Governo do Estado. A empresa, criada pela Lei Nº 941, de 10 de julho de 1970, armazena e administra os dados dos órgãos estaduais. Atualmente, a empresa encontra-se vinculada, administrativamente, à Secretaria de Estado de Planejamento, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação (SEPLANCTI), de acordo com a Lei 2.783/2003.

Redação

Author: Redação

Share This Post On
468 ad