Amazônia Music Conspiração – Música com coração, música com inspiração!

De uma confraternização de músicos e amigos pós-Cauxi Eletrizado 2016 o projeto Amazônia Music Conspiração surgiu com o proposito de difundir a cena manauara na internet em conjunto. Audio, vídeo e a união de sons gerou o primeiro material que será lançado hoje, a partir das 20h. A primeira edição do “Amazônia Music Conspiração” também renderá conteúdo em áudio. As gravações aconteceram entre os dias 13 e 21 de março, assinadas pelo “La Xunga Produções” aos comandos de Orlando Júnior e Fernando Crispim.

O lançamento do projeto vai ser comemorado em uma festa linda com shows das bandas participantes será na Sede da Associação dos Servidores do INPA – ASSINPA (Av. da Lua, Aleixo). Os ingressos custam $20,00 e estarão à venda no dia do evento. Os 50 primeiros a chegarem ganham DVD promocional do Amazônia Music Conspiração.

“A performance musical é valorizada, pois não se pretende utilizar os truques e maquiagens de gravação em estúdio, presentes em programas tipo ‘SuperStar’, mas, pelo contrário, usar o estúdio apenas para registrar nossas expressões em sua realidade visceral”, explicou o baixista da Alaídenegão Agenor Vasconcelos.

AMC

Agenor revelou que a intenção é disponibilizar o material em plataformas como SoundCloud e o Spotify. Ao que tudo indica já se iniciou processo para gravação da segunda sessão. “Já está rolando diálogo com a Stone Ramos”, antecipa Agenor.

Com oito anos de estrada a banda Alaídenegão merece aplausos não só pelas irresistíveis performances ao vivo, mas também por, desde o início da jornada musical, buscarem alternativas para difundir e reverberar as produções musicais e a cultura da nossa região. Exemplo disso foi a criação do extinto Espaço Cultural Cauxi que, em 2012, movimentou os domingos de Manaus.

A vasta documentação musical e a visibilidade do projeto “A música das cachoeiras” (um compilado em vídeos e livro-CD de sons, timbres e cores da Amazônia ocidental, patrocinado pela Natura Musical e produzido pela Cauxi Produções) é uma contribuição de grande relevância social. O Festival de Música Cauxi e o Bloco de Carnaval Cauxi Eletrizado são outros belos exemplos.

O mais recente empreendimento de propagação da cultura local é o estúdio musical de gravação e mixagem Cauxi Produções – em funcionamento há 1 ano – onde foram captadas as imagens do projeto audiovisual “Amazônia Music Conspiração”.  Trata-se de uma conspiração musical da união dos melhores artistas da região para gravação de jams ao vivo em estúdio e publicá-las na internet. Além de divulgar o trabalho dos músicos, as gravações mostram, em tom mais intimista, um pouco de como acontece o processo de ensaios e gravações.

13040929_1116422251712121_5429168839522595637_o

FAIXA 01 – Música de Luz

Pela sessão de estreia do projeto percebe-se “que o negócio é sério”! Cabocrioulo e Neuber Uchôa chegam com uma versão arrebatadora de “Música da Luz” – clássico apaixonante do Neuber –  um dos maiores representantes da música de “Roraaaaaima”. A versão original já é aquele tipo de música irretocável e nesse dueto com a Cabocrioulo ganhou acordes despojados, trouxe uma linha de baixo poderosíssima e os arranjos certeiros do trombone do Balu. Genial!

FAIXA 02 – Até o Sol Sair

Os Tucumanus chegam com a inédita “Até o Sol Sair”. Som dos quentes! Música excitante que ganhou força com os baques marcantes do Maracatu Eco da Sapopema. “Já estávamos tocando nas apresentações, mas ainda não estava definida e finalizada como agora” diz o vocalista Clóvis Rodrigues à Carimbolista. Outro registro é o encontro de Márcia Novo e Alaídenegão interpretando “A Rabeta” música da banda. A versão escolhida é similar (só que bem mais roots) à lançada pela cantora amazonense no álbum “O novo som do Beiradão” (produzido no Cauxi Produções).

FAIXA 03 – Três

O protesto em forma de poesia musicada de “3”, música de Magaiver Santos, vem envolvido nos acordes do violoncelo de Gustavo Garcez. Também tem protesto popular e ele vem na “Caboquice” de Marcelo Nakamura e Tribo Zaggaia que conta com toda a atitude e “gastação” do rapper Jander Manauara, deixando o som ainda mais urbano e dançante. No “Amazônia Music Conspiração” tem tempo para amar e contemplar o “Largo São Sebastião” da Luneta Mágica com a participação de Zé Cardoso da banda Alderia.

Faixa 04 – Fiapo de Manga

“Depois de uma onda cheia de areia a água vem limpa” é trecho da reflexiva e dançante “Fiapo de Manga” do Milton Jorge, segunda música da Cabocrioulo nessa sessão.

Faixa0 05 – 120 Ponta Negra

Daí, seguimos para a segunda participação d’Os Tucumanus de “120 Ponta Negra”, divertidíssimo relato daqueles dias de passeio, cheios de aventura por Manaus. (quem nunca!).

Faixa 06 – Mão Santo

A tríade dançante dessa sessão é formada com a Alaídenegão “Tecendo o som” mais freneticamente do que nunca, com a força da Casa de Caba pelo direito de dizer que não em “Mão Santo”.

Faixa 07 – Tucumã com Queijo

Com água na boca com o Marcelo Nakamura & Tribo Zaggaia “botando fogo em tudo” com a deliciosa música de Beiradão “Tucumã com queijo”.

Faixa 08 – Não Acredito

E quem disse que o rock não tem espaço? Estourada em vários cantos do país e  sempre sucesso de público em Manaus, abanda Luneta Mágica encerra a primeira edição com “Não acredito” de Diego Souza.

Amazônia Music Conspiração é:

Bandas: Alaídenegão, Cabocrioulo, Casa de Caba, Luneta Mágica, Marcelo Nakamura e Tribo Zaggaia, OsTucumanos.

Convidados: Neuber Uchôa, Márcia Novo, Maracatu Eco da Sapopema, Gustavo Garcez,

Jander Manauara e Zé Cardoso

Direção de arte: Adroaldo Pereira  e Anália Barros

Áudio: Agenor Vasconcelos, Davi Escobar e Rafael Ângelo

Imagens: Fernando Crispim, Orlando Júnior, Robert Coelho e Rogger Diego

Edição: Fernando Crispim e Jayth Chaves Neto

Direção de Fotografia: Orlando Júnior

Arte gráfica: Thiago Pascarelli

Finalização: Cauxi Produtora Cultural e La Xunga Produções

13087031_1100589009979799_8212667248548283338_o

Author: Patrícia Borges

Share This Post On
468 ad