Aliança Metal é para amanhecer bangueando

Seja no trabalho, casamento e até na política, para um projeto andar para frente é necessário que haja união. Na música não é diferente, com a proposta de fortalecer o intercâmbio do cenário heavy metal na cidade, o Aliança Metal Festival vai trazer neste sábado (18), a banda paulista NervoChaos e mais oito bandas amazonenses, a partir das 19h na quadra de Samba Acadêmicos do Petrópolis. Quem estiver afim de banguear e quiser matar a sede de metal, não vai reclamar nenhum pouquinho da noite. Os convidados de honra para essa celebração são os paulistas da NervoChaos com quase vinte anos de carreira, mesclam estilos que vão de thrash metal, death metal, doom, black e um pouco de grindcore  (que ninguém é tão de ferro assim). E mais, vai poder conferir a turnê do mais novo álbum da banda: The Art of Vengeance, lançado este ano pelos selos Cogumelo, GreyHaze e Voice. É bom chegar cedo pra conferir o acervo diversificado de som componente na noite. No palco, a partir das 20h, quem garante a abertura do evento é a banda Caos Devasta, em seguida é a vez da Numbness, depois tem a Auto Destruição. Não há dúvidas que a noite será de muito peso, de acordo com o responsável pela FM Produções, Filipe Moreira o evento vai contemplar as bandas que estão fomentando um cenário autoral no Amazonas. “Muitas bandas estão produzindo CDs de grande qualidade, é a hora de o público conhecer, cantar junto e valorizar o metal em Manaus”, explica. NervoChaos Lá pelas 22h50 tem o show da Hawake, sem tempo pra descanso, às 23h50 quem assume é Hipnose Death e às 0h50 tem a Brutal Exuberancia. Ainda tem fôlego? A programação segue com a Evil Syndicate, depois tem Mystical Vision e a NervoChaos fecha a noite. O evento será na Quadra da Escola de Samba Acadêmicos do Petrópolis, localizada na rua Coronel Ferreira de Araújo, São Francisco, Zona Sul de Manaus. Os ingressos estão no terceiro lote no valor R$30 está disponível na bilheteria do local. Se você for de busão as linhas que passam próximo do local são: 610 (Terminal da Matriz), 519, 601, 608 e 609, todas elas passam no Terminal 2, da Cachoeirinha. Ah! Uma dica para quem vai: Não deixa de passar no stand da Underground Brasil Distro, uma das melhores representantes da cena metaleira da cidade. Além dos CDs das bandas de Manaus, os caras também tem um material muito bom de camisetas, patches, zines entre outros. De nada.
Renata Paula

Author: Renata Paula

Jornalista profissional, editora de conteúdo do Portal Xibé e repórter nas melhores horas.

Share This Post On
468 ad