A formiga só trabalha porque não sabe cantar

Formiga tirando leite de pulga.

Formiga tirando leite de pulga.

Tudo funciona, tudo! É fantástico como elas conseguem se organizar. É lindo! Cada uma faz a sua parte e tudo dá certo. Pelo menos quase sempre. De vez enquando algum predador esperto e especialista acha a fonte. Mas cada uma sabe exatamente o que fazer.

Cientistas já descobriram até que espécies de formiga criam “gado”. Você já imaginou como isso é incrível? Elas criam pequenas pulgas pra extrair algo que elas usam como leite. As formigas são mesmo incríveis. E também usam agricultura. Um processo que até agora só sabemos que ocorre em mais dois animais – além de nós e as formigas: besouros e cupins. As formigas também têm um tratamento especial com os mortos, a exemplo dos elefantes, e do homem, claro.

Vejam bem, como elas são incríveis né? Deve ser boa a vida de uma formiga? Depende... Talvez se você for a rainha ou alguns de seus chegados mais próximos, quem sabe (sabe-se lá que tipo de limitações tem uma pessoa que pensaria nessa possibilidade já no nível zero ponto um de seriedade)? Mas ser um operário, definitivamente não é um bom negócio. Gastar a vida toda numa rotina repetitiva de escravidão ao serviço a que foi treinado não parece atraente.

Há cerca de 14 espécies de formiga que escravizam outras. A rainha solitária que veio preparada de um outro reino fórmico já dominado, invade um novo reino e observa se o reino é novo. Dessa maneira ela pode decidir se vai matar a rainha agora ou depois. O momento da morte da rainha hospedeira é determinado pelo nível de evolução de seu formigueiro. Se – ou quando - já houverem os trabalhadores para presenciar sua morte, é chegada a sua hora. É dessa maneira que se inicia uma nova colonização num reino que agora, sob nova direção, vai fazer toda a sorte de trabalhos em nome de novos guerreiros invasores, crescendo, se alimentando e se tornando novos escravocratas.

Pera aí, quando elas estavam copiando coisas boas e/ou interessantes, tava legal. E agora elas também escravizam? Estão copiando as coisas ruins dos homens? Que merda! Em um determinado momento, quando essas espécies evoluírem um pouco e não escravizarem mais ninguém, vão estar numa situação de já ter roubado e saqueado o bastante as outras espécies.

Haverá de haver uma reparação histórica.

Alexandre Villaverde

Author: Alexandre Villaverde

Filósofo, antropólogo, sociólogo, historiador, geógrafo, crítico de cinema, de música, de arte e de literatura, jornalista e livre. Só uma coisa me escraviza: minhas hemorróidas.

Share This Post On
468 ad